Prefeitura realiza ações de saúde, cultura e lazer na Semana do Idoso

idosos fazem teste de glicemiaOs cuidados com a saúde, a necessidade de atividades de lazer e os direitos de quem chegou à melhor idade são os pontos principais da Semana do Idoso, que está sendo promovida pela Prefeitura de Bequimão, de hoje (25) a domingo (29). Na abertura, realizada na Associação da Melhor Idade, no Centro do município, foram feitos testes de glicemia capilar, aferição da pressão arterial e um café da manhã comunitário.

Depois de fazer os testes de saúde, dona Mercês, 93 anos, foi a primeira a receber o Estatuto do Idoso, distribuído para que as pessoas do município conheçam melhor os direitos daqueles que já passaram dos 60 anos. Emocionada com a homenagem, ela foi escolhida por ser a idosa com maior idade no evento.

O senhor Tomás de Aquino Rodrigues, 72 anos, ainda tem disposição para o trabalho diário na lavoura. Ele estava satisfeito porque sua pressão arterial e a glicemia estavam normais. “Tô me agradando de tudo. Chamaram os idosos aqui pra dar uma cuidada neles (s)”, disse o idoso.

Para a dona Roberta Araújo Costa, 82 anos, o momento mais aguardado da programação é a caminhada que vai acontecer no dia 28. “Estou aqui aprendendo muita coisa. No sábado, todo mundo vai pra praça pular, dançar. É mais uma diversão pra gente”, garantiu a idosa, que disse ocupar sempre o tempo dela indo à igreja ou saindo para conversar com uma amiga.

Programação

A Semana do Idoso, em Bequimão, será itinerante. Na quinta-feira (26), os profissionais da saúde estarão no povoado Jurareitá. Serão feitos, também, serviços de corte de cabelo, beleza facial, manicure e palestras sobre alimentação saudável e cidadania. A mesma programação vai se repetir no bairro Cidade Nova (Sede do CRAS), na sexta-feira (27), e no povoado Ariquipá, no domingo (29).

No sábado, o prefeito Zé Martins participa de uma caminhada, que sairá da praça Dois de Novembro, no Centro, até a Associação da Melhor idade, onde acontecerão outras atividades recreativas. “Antigamente, os idosos perdiam espaço na família e eram postos no fundo do quintal. Agora, queremos mostrar que eles podem estar na frente, fazendo parte do projeto familiar”, destacou a secretária de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Dinha Pinheiro, uma das coordenadoras do evento.

Estavam presentes na abertura da semana, a secretária de Assistência Social, Maria Neide dos Santos Rodrigues; o secretário de Segurança, Cassiano Abreu Ferreira, e o secretário de Esporte, Kell Pereira. Apoiam a Semana do Idoso a Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Administração, Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e Centro de Referência Especializada da Assistência Social (CREAS)

Melhor Idade

A Associação da Melhor Idade de Bequimão é coordenada por dona Lourdes Martins (dona Dilu). Lá, os idosos aprendem a fazer artesanato, organizam manifestações culturais durante o carnaval e o São João, participam de palestras, entre outras ações. O importante, no grupo, é viver o lema “Envelhecer é saber viver”. “Espero que esta semana desperte a vontade de mais pessoas participarem”, afirmou dona Dilu.

Anúncios
por A Tribuna de Bequimão

Prefeito Zé Martins dialoga com trabalhadoras rurais sobre políticas para as mulheres

mesaProdutoras rurais de Bequimão e o prefeito Zé Martins discutiram a elaboração de políticas voltadas às mulheres do município, nesta quinta-feira (19), na sede do Sindicato das Trabalhadoras e Trabalhadores Rurais (STTR). Elas pediram a implantação de uma secretaria ou delegacia da mulher; a realização de mutirão da saúde feminina e de documentação; e ajuda para que elas possam acessar crédito pelo Pronaf Mulher.

Segundo a coordenadora de Mulher do STTR, Maria da Paz Alves Reis, são muitos os casos de violência contra as mulheres no município, principalmente entre aquelas que vivem no campo. Por isso, as providências na área de segurança pública foram as mais enfatizadas pelas trabalhadoras. O presidente do sindicato, Aguinaldo Macedo, reforçou a importância da parceria entre a sociedade civil e o poder público na busca por soluções.

A secretária de Cultura e Igualdade Racial, Dinha Pinheiro, destacou algumas ações que têm sido feitas em relação às mulheres. Ela disse que esteve na Secretaria Estadual da Mulher e ficou prometida uma visita ao município, para melhor definição de parcerias com a Prefeitura de Bequimão. “Estamos correndo atrás de benefícios para as nossas comunidades, e, agora, vamos melhorar o apoio às mulheres agricultoras”, frisou a secretária.

Sobre as reivindicações, o prefeito Zé Martins explicou que a criação de uma secretaria passa por trâmites no Legislativo e requer orçamento próprio, infraestrutura, entre outros requisitos. O prefeito comprometeu-se, então, a estudar a criação de uma coordenação específica para tratar das questões da mulher, como solução mais imediata.

O prefeito afirmou que, nesse momento, está trabalhando para a construção de uma nova delegacia geral no município, que abrigará Polícia Civil e Polícia Militar. Está certo que a Prefeitura vai ceder o terreno ao Governo do Maranhão, já que a antiga delegacia está sendo investigada pela Corregedoria, pela forma irregular como foi iniciada a reforma na gestão passada.

Zé Martins garantiu a realização de um mutirão da saúde da mulher, semelhante ao que aconteceu no mês de agosto pela saúde do homem. “Passamos um período complicado na gestão da saúde nos seis primeiros meses, porque não houve uma transição democrática, mas agora estamos com melhores condições. Temos médicos todos os dias, remédio na Unidade Mista e o governo Roseana Sarney já recomeçou a construção do Hospital de Bequimão, atendendo a um pedido nosso”, elencou o prefeito.

Produção rural

O prefeito Zé Martins colocou a Secretaria Municipal de Agricultura à disposição das trabalhadoras e trabalhadores rurais, para orientação quanto à documentação necessária na contratação de crédito e também na assistência, com os três técnicos em Agropecuária da secretaria. Ele assegurou, ainda, a compra da produção local pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). “30% é o mínimo que devemos comprar, mas se houver oferta aqui em Bequimão, eu não compro um quilo de arroz de fora. Agricultura familiar, para mim, é trabalho e renda”, afirmou o prefeito.

As mulheres que se reuniram com o prefeito ficaram satisfeitas. “Gostei muito, porque tivemos a presença do prefeito e ele se dispôs a fazer essa parceria com as mulheres do sindicato”, avaliou Maria da Paz.

por A Tribuna de Bequimão

Pacientes de Bequimão participam de segunda etapa do mutirão da catarata. Jornal O Estado repercute a ação

cirurgiaO segundo grupo de idosos selecionados para fazer cirurgia no “Mutirão da Catarata e do Glaucoma” esteve ontem (17) no Cento de Olhos São Luís, em atendimento reservado apenas para pacientes de Bequimão. O prefeito Zé Martins e o secretário municipal de Saúde, Bastico Moraes, acompanharam o grupo.

Nesta etapa do mutirão, participaram 35 idosos vindos de várias comunidades bequimãoenses. O morador do povoado Quindíua, Antônio Pinheiro Vale, de 66 anos, perdeu um lado da visão quando um cipó o atingiu, aos 35 anos, enquanto trabalhava na roça. Agora, ele luta para preservar o outro lado. “Surgiu essa campanha do mutirão e eu vim ver o que o médico tem a me dizer. Tá sendo muito boa essa oportunidade”, disse.

Em conversa com a coordenadora do Mutirão da Catarata e Glaucoma, Ana Lourdes de Silva Lima, o secretário de Saúde, Bastico Moraes, apresentou a demanda que está surgindo no município, depois que outros idosos viram o sucesso das cirurgias. A proposta é que aconteça mais uma etapa de triagem em Bequimão. “A saúde dos olhos é fundamental para o bem estar das pessoas, por isso vamos continuar buscando parcerias para beneficiar o nosso povo com esse atendimento”, afirmou o secretário.

A intenção do prefeito Zé Martins é que as próximas cirurgias já sejam realizadas no Centro Cirúrgico da Unidade Mista de Bequimão, previsto para ser reaberto no mês de outubro, depois de quatro anos interditado.

“Continuo a reafirmar que a saúde é nossa prioridade, como foi prometido em campanha. Mas não dá para fazer tudo de uma só vez, por causa do estado em que encontramos o sistema de saúde do nosso município. Aos poucos, estamos avançando na reestruturação das equipes de profissionais e dando as condições para que possam trabalhar”, ressaltou Zé Martins.

Veja repercussão no jornal O Estado do Maranhão.

o estado

por A Tribuna de Bequimão

Começam as atividades da escolinha de futebol de Bequimão

escolinha de futebolO gramado do Estádio Vivaldão foi transformado em escolinha para 80 meninos que estão fazendo parte do projeto “Reconstruindo o futebol de Bequimão”, promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Esporte e Juventude. O ponta-pé inicial foi dado no momento da distribuição dos coletes aos jogadores-mirins, com participação dos secretários Kell Pereira (Esporte) e José Orlando Ferreira (Administração).

Mas a preparação começou bem antes. O coordenador do projeto, Raimundo Nonato Lopes Júnior, conhecido como Júnior Cabeçudo, passou nas escolas Aniceto Cantanhede, Domingos Bouéres, Minas Gerais, Maria Rosa e Pedro Silva, divulgando as inscrições para a escolinha de futebol. No início, eram 50 vagas, mas a procura foi tão grande que o coordenador precisou aumentar para 80 vagas – e ainda tem gente na fila de espera.

As aulas da escolinha de futebol acontecem sempre aos sábados. Além das crianças e adolescentes, os pais também são convidados a participar das atividades, inclusive como voluntários. “Nossa proposta é trabalhar o esporte como meio de interação e lazer entre pais e filhos, aumentando esse vínculo que ajuda a prevenir de tantos perigos que tem na sociedade de hoje, como as drogas”, explicou Júnior.

A prática do futebol será aliada a momentos educativos, com palestras sobre sexo, drogas, violência, entre outros assuntos. A cada três meses, a coordenação do projeto passará pelas escolas, levantando o desempenho dos estudantes que estão no projeto. “A permanência na escolinha depende de boas notas na escola, e vamos fazer esse monitoramento com ajuda dos pais e dos professores”, destacou o coordenador.

Os coletes e mais 15 bolas foram disponibilizados pela Prefeitura de Bequimão.

Com apoio da Prefeitura, pacientes de Bequimão fazem cirurgia de catarata em São Luís

Bequimãoenses participam de mutirãoOs 32 bequimãoenses que foram ontem (10) à capital maranhense para o “Mutirão da Catarata e Glaucoma” tiveram atendimento exclusivo no Centro de Olhos São Luís. A Prefeitura de Bequimão, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, conseguiu parceria com a clínica, dando mais comodidade aos pacientes que precisaram fazer cirurgia.

No dia 16 de julho, aconteceu a etapa do mutirão em Bequimão, quando foram identificadas as pessoas que deveriam passar pelo procedimento cirúrgico. Os 60 selecionados na triagem foram, inicialmente, a Pinheiro, onde não conseguiram atendimento, pela grande quantidade de pacientes na fila.

O prefeito, Zé Martins, e secretário de Saúde, Bastico Moraes, começaram a buscar a melhor solução. Foi então que a coordenadora do Mutirão da Catarata e Glaucoma, Ana Lourdes, concordou em deixar o Centro de Olhos à disposição dos pacientes bequimãoenses, como forma de se desculpar pelos transtornos ocorridos em Pinheiro. “Encontramos a melhor maneira de não deixar essas pessoas prejudicas. Elas vieram para são Luís ter o benefício de fazer a cirurgia”, explicou a coordenadora.

Outro grupo do município fará a cirurgia no dia 17. Para Bastico Moraes, é esse cuidado com as pessoas que está fazendo a diferença na saúde de Bequimão. “Estamos implantando as políticas de saúde que vêm do governo federal, mas dando o nosso toque. Nesse caso, por exemplo, disponibilizamos colírio, despesas com passagens e alimentação, dando condições para que o povo de Bequimão consiga ter acesso a essas políticas”, destacou o secretário, que acompanhou o grupo enquanto aconteciam as cirurgias.

Quem também esteve na clínica foi o prefeito Zé Martins. Após cumprimentar as pessoas que esperavam pelo atendimento, ele se reuniu com a coordenadora do mutirão e com o secretário de Saúde. O prefeito garantiu a continuidade dessa assistência e pediu apoio da clínica, que prontamente atendeu a solicitação.

“Nosso empenho é para que a população de Bequimão consiga sempre amparo na saúde. É por isso que melhoramos as condições da Unidade Mista, já iniciamos a ampliação do posto de saúde de Quindíua, vamos recuperar outros postos e estamos implantando o Núcleo de Apoio à Saúde na Família, entre outras ações”, comentou Zé Martins.

Vista Nova

A cirurgia de catarata é considerada um procedimento simples, feita em mais ou menos 10 minutos. Uma espécie de lente natural do olho, chamada de cristalino, é removida e substituída por uma lente artificial, tecnicamente conhecida como lente intraocular. Depois da cirurgia, as pessoas que estavam com dificuldades de enxergar por causa da catarata recuperam a visão.

Dona Rosa Almeida, de 70 anos
Dona Rosa Almeida, de 70 anos e moradora do Balandro, já estava com dificuldades de fazer suas atividades do dia a dia. “As coisas se misturam muito na minha vista. Tô contando de chegar melhor e enxergar bem, pra fazer minhas coisinhas, cozinhar”, disse. Seu Jorge José Pereira, de 80 anos, já fez a cirurgia em um olho e agora vai ter a oportunidade de recuperar a visão do outro lado. “Minha vista tá muito coberta e disseram que era melhor operar. Me trouxeram e eu tô vindo. É uma coisa muito importante que o prefeito está conseguindo. Isso nunca tinha acontecido”, reconheceu o morador do Santa Flor.

O grupo de idosos foi acompanhado pela enfermeira Ruth Milene Ferreira e pela agente de saúde Maria Lúcia, além de familiares.

 

Prefeitura de Bequimão cuida da saúde dos homens do município

foto (7)Em ação realizada pela Prefeitura, homens de Bequimão foram convocados a cuidar mais da saúde. Na última quarta-feira (28), a Secretaria de Saúde do município ofereceu consultas médicas e foi ministrada palestra sobre câncer de pênis e de próstata. A atividade aconteceu na sede do Sindicato das Trabalhadoras e Trabalhadores Rurais de Bequimão.

Os médicos Antônio Galvão, Ciro Kasson, Diogo Araújo e Antônio Fernando, que são contratados da Prefeitura, atenderam 170 homens de diferentes idades. Para alguns, foi solicitada ultrassonografia de próstata, como exame complementar, que poderá ser feita no Ambulatório Santo Antônio.

“Permaneceremos vigilantes com a saúde do homem do nosso município, estimulando, aos que moram nos povoados, para que se consultem com nossas equipes do PSF, destacou o secretário de Saúde, Bastico Moraes.

Cerca de 250 homens assistiram à palestra apresentada pelos médicos Diogo Araújo e Claudionete monteses. Eles ressaltaram, principalmente, a necessidade de atitudes preventivas contra o câncer de pênis e próstata. Cuidados simples com a higiene, usando água e sabão, já ajudam a prevenir essas doenças, que têm alta incidência no Maranhão.

Os médicos indicaram, ainda, que os homens façam mais exames de rotina. Normalmente, eles recorrem com menos frequência do que as mulheres aos serviços de atenção básica. Depois da palestra, os homens puderam aferir pressão arterial e fazer o controle de glicemia capilar.

O evento, que segue cronograma do Ministério da Saúde, criador da Política Nacional de Saúde do Homem, foi coordenado, em Bequimão, pela secretária adjunta de Saúde, Ramone Araújo, e pela enfermeira Ana Karinne, com todo apoio do prefeito Zé Martins.

 

por A Tribuna de Bequimão