Sebrae e Prefeitura retomam ações da piscicultura em Bequimão

DSC_7031Em reunião realizada no último sábado (16), na cidade de Bequimão, no Litoral Ocidental Maranhense, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae/MA) apresentou à Associação dos Piscicultores e Pescadores Artesanais do Município de Bequimão (APAB) as ações para o desenvolvimento da piscicultura na região, por meio  do Projeto de Fortalecimento do Agronegócio no município.

Participaram da reunião, além dos piscicultores locais, o diretor superintendente do Sebrae/MA, João Martins; o analista do Sebrae e gestor do projeto de Fortalecimento do Agronegócio, Raimundo Junior, representando a Gerência Regional do Sebrae (Unidade de Pinheiro); o consultor do Sebrae, Claudio Urbano; o presidente da APAB, Tonho Martins; o secretário municipal de Indústria e Comércio, Ademar Costa; a secretária adjunta de Agricultura, Cleonilde Pereira; o agente de desenvolvimento, Rodrigo Martins; e o presidente do Sindicato dos Pescadores de Bequimão (SINDPESCA), Odoriel do Paricatíua.

Durante a reunião, o superintendente do Sebrae/MA, João Martins, apresentou as propostas do Projeto de Fortalecimento do Agronegócio na região, para o exercício de 2016, que também atende a outros segmentos, como a ovinocaprinocultura, meliponicultura e apicultura. “É muito importante que os piscicultores envolvidos estejam comprometidos em aplicar os conhecimentos e orientações recebidos em cursos e consultorias oferecidos no âmbito do projeto que abordam temas de gestão, planejamento, inovação, tecnologia e acesso a mercado, para garantir o crescimento da produção e produtividade e consequentemente melhoria na renda e qualidade de vida dos piscicultores e suas famílias”, destacou o superintendente do Sebrae.

O analista do Sebrae e gestor do projeto de Fortalecimento do Agronegócio, Raimundo Junior, informou que haverá continuação das consultorias em piscicultura no município de Bequimão, além de capacitações voltadas para gestão da propriedade, associativismo e manejo na piscicultura.

Já o presidente da APAB, Tonho Martins, ressaltou a importância da parceria com o Sebrae e o alinhamento de ideias para a continuação do trabalho. “A nossa atividade tornou-se referência na produção de peixe em cativeiro no município. Saímos do nível básico e estamos nos aperfeiçoando cada vez mais na gestão do negócio. As parcerias são fundamentais nesse processo”, observou Tonho Martins.

O consultor do Sebrae, Claudio Urbano, abordou a necessidade de realizar um estudo de análise da viabilidade econômico-financeira de investimento do projeto de piscicultura em tanques escavados no município. O objetivo é um só: auxiliar na tomada de decisão de investir ou não no projeto. “É visível a necessidade de se fazer um bom planejamento e gerenciamento das despesas e receitas decorrentes da atividade, utilizando técnicas que permitam avaliar os custos e a rentabilidade dos empreendimentos”, destacou o consultor.

Para o agente de desenvolvimento Rodrigo Martins, o município possui um número razoável de piscicultores, o que sinaliza uma necessidade de maior atenção ao setor. “Com a presença do Sebrae, será possível auxiliar melhor os criadores e seus projetos, o que, consequentemente, contribuirá bastante para o crescimento da economia local”, disse.

FOTOS: Rodrigo Martins

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s