Sebrae e parceiros fomentam produção de abacaxi de Turiaçu

A instituição e outras entidades que atuam na região apresentaram resultados em encontro que reuniu mais de 200 produtores de abacaxi em Turiaçu

 

O diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, com os produtores de abacaxi de Turiaçu que participaram do encontro tecnológico sobre a fruta

O diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, com os produtores de abacaxi de Turiaçu que participaram do encontro tecnológico sobre a fruta

“Juntos, produtores e instituições de fomento, podem mudar a região da Baixada Maranhense”. Foi desta forma que o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, se referiu ao esforço que os agricultores que plantam abacaxi deTuriaçu, o Sebrae e outras entidades parceiras tem feito para transformar a fruta em um produto agrícola da região para uma plateia de 200 produtores rurais na abertura do Encontro Tecnológico dos Produtores e Produtoras de Abacaxi de Turiaçu, realizado no último final de semana.

“As parcerias institucionais, os projetos de desenvolvimento desta cultura e o esforço dos agricultores em desenvolver o plantio de abacaxi de Turiaçu estão promovendo desenvolvimento sustentável por meio das potencialidades que já existem na região. Acreditamos que juntos podemos ir mais longe”, completou Martins.

A declaração do diretor superintendente do Sebrae é baseada no trabalho que o Sebrae tem realizado junto aos produtores de abacaxi de Turiaçu, desde 2006, onde foram iniciadas consultorias, elaboração de diagnósticos e ações que trabalharam o associativismo, cooperativismo e beneficiamento de frutas.

Ele ressaltou ainda o esforço que outras instituições de fomento rural e de tecnologia agrícola, como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); Universidade Estadual do Maranhão (Uema); Secretaria de Agricultura Familiar (SAF) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Um bom exemplo do esforço articulado na região da Baixada Maranhense é o Acordo de Cooperação Técnica assinado entre o Sebrae e a Uema, para a criação do Núcleo de Empreendedorismo Rural a ser instalado em São Bento, na Fazenda Escola da Universidade naquele município, beneficiando toda a região da Baixada Maranhense.

“A criação desse espaço é fruto de uma articulação do Sebrae junto à Uema para que possamos ajudar no fortalecimento das potencialidades regionais, pautados principalmente no tripé gestão, inovação e tecnologia”, pontuou João Martins.

 

COOPERATIVISMO

Um dos resultados desse trabalho inicial desenvolvido pelo Sebrae no Maranhão foi a organização dos produtores e a criação da Cooperativa de Produtoras e Produtores de Abacaxi e Outras Frutas de Turiaçu (COOPPFRUT).

Atualmente, o grupo produtivo trabalhado pela regional do Sebrae em Pinheiro, por meio do Projeto Fortalecimento do Agronegócio, é composto pelos 27 cooperados da COOPPFRUT e hoje, além de capacitações voltadas para gerenciamento do negócio, o Sebrae tem trabalhado a gestão do negócio, no intuito de contribuir para que o produto seja reconhecido no mercado de forma diferenciada.

“Acompanhamos os primeiros passos desses produtores e hoje vemos que já existe um nível de organização. Queremos agora que eles continuem identificando essas oportunidades oferecidas por nós e pelos demais parceiros”, disse Rosa Amélia Borges, gerente regional do Sebrae em Pinheiro, que é responsável pelo atendimento dos agricultores que se especializaram no plantio de abacaxi de Turiaçu.

Dando continuidade às ações desenvolvidas junto a esses produtores que compõem a Cadeia Produtiva do Abacaxi, o Sebrae tem realizado ações que permitem maior acesso ao mercado e gerem maior identificação desses produtos por parte do consumidor. Exemplo disso é a criação da identidade visual dos produtos da cooperativa, para facilitar o acesso ao mercado.

Evento foi promovido peço Sebrae com instituições parceiras da região

Evento foi promovido peço Sebrae com instituições parceiras da região

 

Denominação de Origem para o Abacaxi de Turiaçu

Uma das ações para melhorar o acesso dos produtores de abacaxi de Turiaçu é a construção de um Selo de Classificação Geográfica e de Denominação de Origem, que identificará o abacaxi originalmente produzido em Turiaçu, fazendo com que os produtos possam ser reconhecidos pelo consumidor como advindos da região, agregando valor ao produto agrícola e garantindo preços diferenciados dos produtos.

O Núcleo de Empreendedorismo Rural, segundo Martins, deverá trabalhar nesse processo de criação do selo de denominação de origem para o Abacaxi de Turiaçu e de outros produtos tradicionais da Baixada.

“Queremos incrementar os produtos que já são tradicionais da Baixada Maranhense, como o queijo de São Bento; a farinha biriba de Pinheiro; o mel de abelha nativa (tiúba), produzida em sete municípios da região; o abacaxi de Turiaçu e um produto que poderá ser comercializado como o bacalhau da Baixada, que é a jabiraca seca ou traíra seca, desidratada sem uma técnica de manejo, manipulação e armazenamento adequados. Para isso serão criados os Selos de Classificação Geográfica e de Denominação de Origem”, disse.

 

Encontro reuniu 200 produtores de abacaxi de turiaçu

Como forma de trabalhar esse tripé de acesso ao mercado, foi realizado no último final de semana o Encontro Tecnológico dos Produtores de Abacaxi de Turiaçu, que reuniu cerca de 200 produtores de abacaxi em Turiaçu. O encontro é um resultado do envolvimento de várias entidades parcerias, que tem somado esforços para proporcionar maior desenvolvimento social e econômico para a região.

Como parceiro da ação e articulador do evento, o Sebrae apresentou os resultados da consultoria em design de marca e realizou duas palestras com foco na gestão do negócio. Uma sobre inovação tecnológica no cultivo do abacaxi e outra tratou o acesso a Mercados.

Na ocasião, os também parceiros do evento, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), o Serviço de Aprendizagem Rural (Senar) e Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) apresentaram os resultados obtidos de trabalhos realizados junto a esses produtores cooperados.

O Governo do Estado reafirmou o compromisso em desenvolver a cadeia produtiva do abacaxi de Turiaçu, contribuindo para o pleno funcionamento da unidade de processamento.

A Uema apresentou a cartilha de inovações tecnológicas, como resultado de uma pesquisa realizada especificamente com o abacaxi de Turiaçu, para mostrar a melhor forma de plantio.

Já o Senar trabalhou as formas de processamento e aproveitamento do fruto, realizando uma oficina para ensinar receitas para o aproveitamento integral do abacaxi, como forma inserir maior diversidade de produtos no mercado e consequentemente maior geração de renda aos produtores.

Também fez parte da programação uma visita técnica realizada na unidade experimental da Uema, que tem trabalhado o plantio consorciado do abacaxi com o feijão, como forma de diversificar a produção.

Além de conhecer os avanços já alcançados pelos cooperados, com o apoio de parceiros, durante o evento os produtores discutiram novas técnicas de melhorias a serem implementadas no processo produtivo e de beneficiamento do abacaxi, para que se garanta maior acesso do produto ao mercado.

Para o presidente da COOPPFRUT, Osvaldo Feitosa, o evento foi importante para reunir maior número de produtores e não apenas os cooperados, para que eles conhecessem as tecnologias que a cooperativa já tem trabalhado e as oportunidades sinalizadas pelas instituições parceiras.

“Foi importante para mostrar os resultados obtidos, mas o principal foi mostrar a força do associativismo e cooperativismo, porque sozinho é quase impossível crescer e para que eles vissem as oportunidades que temos em mãos agora para conquistar o mercado”, enfatizou Feitosa.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s