Prefeitura de Bequimão vai iniciar pagamento de servidores a partir desta quinta-feira (02) de forma escalonada

A Prefeitura de Bequimão vai iniciar o pagamento dos servidores municipais  a partir desta quinta-feira, dia 2 de julho, referente ao mês de junho. O pagamento dos servidores será realizado dias, 02, 03, 06 e 10 de julho, conforme calendário divulgado pela Prefeitura.

A imagem pode conter: texto que diz "Calendário de Pagamento Servidores Municipais 02/07 03/07 Secretaria de Saúde, Vigilância e Hospital Assistência, programas sociais, administrativos e comissionados 06/07 Secretaria de Educação (Fundeb) 10/07 Médicos PREFEITURA MUNICIPAL DE Bequinão continua Trabalho"

Assim como nos meses anteriores, o pagamento será feito de forma escalonada, para evitar aglomerações no entorno do serviço de autoatendimento do município. Dessa forma, evita a proliferação da Covid-19 no município.

O prefeito Zé Martins recomenda ao servidores que antes de sair de casa para sacar o seu dinheiro, será necessário colocar a máscara, além de ficar atendo para o limite de distanciamento de pelo menos dois metros na fila do caixa eletrônico.

por A Tribuna de Bequimão

Prefeitura de Bequimão vai oferecer suporte aos MEI’s que ainda não entregaram Declaração de Faturamento; prazo termina nesta terça-feira (30)

A Prefeitura de Bequimão vai oferecer suporte aos microempreendedores individuais (MEI’s) que ainda não preencheram a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN – SIMEI). Os MEI’s do município que estão enfrentando dificuldade no envio das informações sobre faturamento de suas empresas devem procurar a Sala do Empreendedor, localizada na Avenida Antônio Dino, no Centro de Bequimão. O atendimento vai acontecer entre 8h e 12h. Prazo para entrega da declaração termina nesta terça-feira, dia 30 junho.

Segundo o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), deve constar na declaração o valor bruto do faturamento do MEI referente ao ano passado. Ou seja, o total das vendas de mercadoria e prestação de serviço em 2019, sem que nenhuma despesa seja deduzida.

Para preencher a declaração, o MEI deve acessar o programa DASN -SIMEI, exclusivamente, por meio do portal do Simples Nacional, na internet. O contribuinte deve acessar o menu ‘Simei – Serviços”. Em seguida, ir até a seção “Cálculo e Declaração” e clicar na opção “DASN- SIMEI – Declaração Anual para o MEI”.

O microempreendedor que não estiver em dia com as declarações anuais (DAS-SIMEI) e contribuições mensais (DAS-MEI) terá o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) suspenso por 95 dias. Caso a situação não seja regularizada dentro deste período, o MEI pode ter o CNPJ definitivamente cancelado.

Em um mês, equipe de monitoramento domiciliar em Bequimão visitou 322 pacientes

Após o prefeito Zé Martins, montar uma equipe exclusiva para fazer monitoramento presencial das pessoas que apresentam sintomas da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, os resultados são absolutamente positivos.

Em um mês os profissionais de saúde já visitaram 322 pacientes em 49 comunidades do município de Bequimão. Após identificar a necessidade de tratamento, a equipe entrega, gratuitamente, o kit de medicamentos compatíveis ao protocolo usado contra a pandemia.

Essa estratégia criada pela Prefeitura de Bequimão iniciou-se dia 18 de maio e após 30 dias, os resultados refletem no Hospital Municipal Lídia Martins, que está com os leitos reservados para o tratamento do novo coronavírus totalmente vazios.

Essa medida junta-se às ações já realizadas pela Prefeitura de Bequimão, com as 10 equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF), no monitoramento dos casos suspeitos por telefone e o trabalho feito no Hospital Lídia Martins.

por A Tribuna de Bequimão

Prefeitura de Bequimão intensifica Campanha de Vacinação contra a Influenza; município já ultrapassa meta nacional de vacinação

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), está intensificando a Campanha de Vacinação contra o H1N1 e seus subtipos. A mobilização para livrar a população bequimãoense da influenza vai até terça-feira (30). A vacina contra a gripe é segura e está sendo oferecida na sede e na zona rural do município.

Serão vacinados, nesta reta final da campanha, doentes crônicos, crianças de até cinco anos, gestantes, puérperas e professores. Para se imunizarem, essas pessoas devem se dirigir ao Centro de Saúde Santo Antônio ou às Unidades Básicas de Saúde (UBS’s). O atendimento é feito de segunda a sexta, das 7h30 às 12h e das 14h às 17h.

Somando todas as fases, a Campanha de Vacinação contra a Influenza já imunizou 97,31% do público alvo em Bequimão. O percentual alcançado pelo município já ultrapassa a meta nacional, fixada em 90% pelo Ministério da Saúde (MS). Segundo a coordenação local de imunização, Bequimão recebeu 6.750 doses da vacina desde que a campanha foi iniciada. Até o momento, 5.685 pessoas já foram imunizadas no município.

por A Tribuna de Bequimão

Prefeitura de Bequimão recebe doação de kits para recém nascidos de comunidades quilombolas

Nesta terça-feira (23), a Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, recebeu 10 kits para doação a recém nascidos de comunidades quilombolas certificadas e em processo de certificação pela Fundação Palmares.

Os kits foram doados pela enfermeira Rayane França, do Centro de  Saúde Santo Antônio. O secretário de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Rodrigo Martins, foi quem recebeu o material.

Os kits de recém nascido contêm cobertor, toalha de banho, toalhas de boca, pote de lenço umedecido, camisetinha, calça enxuta e 3 camisetas.

Os agentes comunitários de saúde ficaram responsáveis pela indicação das gestantes, que vão receber os frutos desse gesto de solidariedade.

Em novo decreto, prefeito Zé Martins oficializa reabertura de igrejas e templos religiosos em Bequimão

O prefeito Zé Martins publicou novo decreto, permitindo que igrejas e templos religiosos de Bequimão possam retomar suas atividades. A decisão, assim como vem acontecendo no plano de reabertura gradual, está condicionada ao atendimento das normas de segurança e é passível de revogação. A taxa de ocupação dos leitos exclusivos para Covid-19, no Hospital Lídia Martins, é o que deve definir o futuro dessa e de outras atividades no município, conforme já sinalizou o comitê local de gerenciamento da crise sanitária.

O decreto n° 012/2020 estabelece condições para a retomada dos encontros religiosos. A princípio, cultos e missas devem ser realizados no prazo de uma hora, com intervalos de pelo menos duas horas entre si, para que templos e igrejas sejam higienizados. Estes espaços só podem funcionar das 6h às 22h, com 50% da capacidade total, fazendo a demarcação com fitas, para que a distância de dois metros entre as pessoas seja respeitada e não haja aglomeração. Além disso, frequentadores devem usar obrigatoriamente máscara e higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel 70%, na entrada e na saída.

Pessoas que fazem parte do grupo de risco devem permanecer em distanciamento social. São elas: pessoas com 60 anos ou mais; com pneumopatias graves ou descompensados (em uso de oxigênio domiciliar, asma moderada/grave, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC); com cardiopatias graves ou descompensadas (insuficiência cardíaca, cardiopata isquêmica, arritmias); imunodepressão; doenças renais crônicas em estágio avançado (3,4 e 5); diabetes mellitus; obesidade mórbida (IMC maior ou igual a 40); doenças cromossômicas com estado de fragilidade imunológica (Síndrome de Down); gestantes; e outras, conforme definição da Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão (SES-MA). Pessoas nessas condições de saúde só podem acompanhar as cerimônias religiosas virtualmente. A mesma recomendação é dada a frequentadores que apresentarem sintomas gripais (sensação febril ou febre; tosse; falta de ar; dor muscular; sintomas respiratórios superiores; fadiga; ausência de olfato e paladar; e sintomas gastrointestinais).

Por enquanto, o decreto n° 012/2020 mantém todas as outras restrições já estabelecidas anteriormente, especialmente as que fazem parte do decreto n° 010/2020. Logo, continuam suspensas as aulas e a realização de eventos em Bequimão. Também está mantido o rodízio de veículos particulares e daqueles que fazem linha para a sede, onde estão concentrados os estabelecimentos com maior atividade comercial do município. Aliada às barreiras sanitárias, essa tem sido uma estratégia eficaz no disciplinamento da circulação de pessoas na cidade. Essas medidas impactaram na diminuição da taxa de internação por Covid-19, no Hospital Lídia Martins. Na última terça-feira (16), por exemplo, os leitos exclusivos da unidade de saúde estavam vazios.

Mas a retomada da rotina deve ser precedida de muita cautela, alerta Zé Martins. “A retomada da rotina em Bequimão está acontecendo de forma gradual. Não vamos flexibilizar todas as restrições da noite para o dia. Estamos avaliando todos os cenários para só então dimensionar a real situação do nosso município em meio à pandemia. Como o vírus é altamente contagioso, essa retomada depende do nosso compromisso diário com cuidados primários de higiene e proteção. O município tem sim liberdade para avançar ou recuar, mas precisamos fazer isso de maneira responsável, preservando vidas”, concluiu o prefeito de Bequimão.

Bequimão celebra aniversário com homenagem às vítimas da Covid-19

O dia 19 de junho de 2020 vai ficar, literalmente, na história de Bequimão. A data em que o município comemora 85 anos foi também marcada pelo isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus. Nos últimos sete anos, o aniversário da cidade contou com a abertura da festa junina, competições esportivas, gincanas, desfile cívico e inauguração de obras e entrega de veículos. Mas, este ano, tudo mudou. No lugar da multidão que ocupava a Praça da Matriz, o vazio deixado pelas vítimas da Covid-19. A programação festiva deu lugar as homenagens aos bequimãoenses que não resistiram à doença, com a celebração de cerimônia religiosa, em frente à Prefeitura Municipal.

Assim como em todos os anos, o prefeito Zé Martins, acompanhado de secretários municipais, fez o tradicional hasteamento das bandeiras. Desta vez, de forma parcial, em sinal de respeito às famílias enlutadas pela perda de seus entes queridos em meio a pandemia do coronavírus, em Bequimão.

O guarda municipal, Jaildo França, perdeu o pai, Cipriano Boaes, conhecido em Bequimão por Ariado. Durante a cerimônia, ele fez um testemunho emocionado e pediu cautela à população na retomada gradual da rotina. “Eu jamais imaginei que essa pandemia pudesse levar meu pai a óbito. Peço à população do nosso município que se conscientize dessa nova realidade na qual estamos inseridos. Não espere perder um familiar para entender a importância da prevenção. A retomada gradual das atividades, no nosso município, não significa que devemos baixar a guarda, e sim que precisamos estar cada vez mais atentos às normas e condutas para vencer esta guerra contra o coronavírus”, destacou o servidor público.

A diretora do Hospital Municipal Lídia Martins, Jannyslea Matos, falou sobre os desafios da luta contra o coronavírus, nos últimos três meses. “Mesmo com os avanços, o sentimento ainda é de perda, porque, pra nós, todas as vidas importam e já tivemos nove óbitos em nosso município. Acompanhamos cada um deles nesse processo de luta pela vida, bem como continuamos prestando assistência a toda a nossa população. Sentimos muito pelas perdas e nos solidarizamos com cada família. Mas hoje, dia do aniversário de Bequimão, precisamos trazer um pouco de esperança para nossa população. O Hospital Lídia Martins está há uma semana sem internação de pacientes com Covid-19. Esse dado animador é fruto de muito trabalho das nossas equipes de saúde, através da colaboração entre os profissionais, visitas em domicílio e conscientização da população. Recomendamos às pessoas o cumprimento do isolamento social, caso não precisem sair de casa. E, se saírem, que sigam o protocolo de prevenção, amplamente divulgado nos principais canais de comunicação da Prefeitura de Bequimão. Trabalhamos em regime de colaboração e o resultado depende também da ajuda de cada bequimãoense”, afirmou a diretora.

Sidney Bouéres também destacou a luta contra o coronavírus e parabenizou Bequimão pelos seus 85 anos. “Comemorar a emancipação política de Bequimão é sempre uma alegria. Temos o privilégio de sermos filhos de uma cidade hospitaleira, alegre e de um povo muito feliz. Mas, infelizmente, estamos passando por um momento difícil, que é esta pandemia causada pelo novo coronavírus. Todas as medidas que competem ao Executivo Municipal estão sendo tomadas. A gestão do prefeito Zé Martins é extremamente comprometida com a saúde dos bequimãoenses e isso mostra que estamos no caminho certo”, disse o secretário.

Para o vice-prefeito de Bequimão, Sidney Magal, o município realiza mais um aniversário celebrando avanços, mesmo com o advento da pandemia. “ É um ano atípico, com uma pandemia que está assolando o planeta. Mas Deus tem nos dado sabedoria para elaborar estratégias e conduzir essa situação da melhor forma possível, cuidando das pessoas com responsabilidade. Não podemos retroceder no combate à pandemia. Todos devem continuar respeitando as medidas sanitárias disponíveis no protocolo da OMS [Organização Mundial da Saúde], para que tenhamos condições de voltar à normalidade com segurança”, enfatizou Magal.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

O prefeito Zé Martins detalhou as ações de prevenção e combate ao coronavírus. E, na oportunidade, também fez agradecimentos aos profissionais de saúde, que estão na linha de frente do combate ao coronavírus. Por fim, o prefeito de Bequimão garantiu que o município vai continuar envidando todos os esforços necessários para salvar vidas. “As ações de prevenção e combate ao coronavírus estão sendo intensificadas em todo o município para garantir resultados satisfatórios na batalha contra a Covid-19. Investimos em melhorias na infraestrutura do Hospital Lídia Martins e fizemos ampliação da oferta de leitos exclusivos para a Covid-19; adquirimos testes, medicamentos e também equipamentos de proteção individual; implantamos o serviço de telemonitoramento e monitoramento domiciliar de pacientes; editamos decretos para regular a circulação de pessoas e veículos no município; implantamos barreiras sanitárias nos principais acessos à cidade; intensificamos as campanhas de conscientização da população na internet, nas ruas e na rádio; entre tantas outras ações. Não vamos parar. O trabalho vai continuar para proteger e garantir a saúde da nossa população”, finalizou o prefeito.

Também estiveram presentes na cerimônia religiosa em memória das vítimas da Covid-19 os secretários Zé Orlando Ferreira (Administração e Transporte), Kell Pereira (Esporte e Juventude), Josmael Castro (Assistência Social), Rodrigo Martins (Cultura e Promoção da Igualdade Racial), Otoniel Gusmão (Segurança), Creuber Pereira (Agricultura e Pesca), Ademar Costa (Industria e Comércio), além de servidores públicos do município.

Imagens: Rodiney Luciano

Prefeitura de Bequimão promove noite de louvor para comemorar 85 anos do município

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Rogério Paixão, Ivone Gusmão e Adeildo Alves AlvesO dia 18 de junho tem sido reservado, todos os anos, para dar início às comemorações do aniversário de Bequimão com uma celebração evangélica. Neste ano, para garantir o distanciamento social, o Culto em Louvor a Deus pelos 85 anos de emancipação política do município foi sem plateia e transmitido ao vivo pelo Youtube. A medida foi tomada pelo prefeito Zé Martins, para evitar aglomerações.

A programação organizada pela Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria de Cultura e Igualdade Racial, contemplou representantes das diversas igrejas do município.

O culto teve as participações do apóstolo Adeildo Alves (pregador da IBC), pastor Agemiro (pregador da Igreja Universal) e Rogério Paixão (diácono da Igreja Assembleia de Deus). O louvor foi conduzido por Ivoney Jesper, Vaninha Tavares, Karine Melo, Ivone Gusmão, Ana Elvira, e Adeilson Reis. O locutor da Rádio 92 FM, Ramony Lira, também participou.

O apóstolo Adeildo Alves destacou a união de todos para vencer os obstáculos e fazer o município crescer. Segundo o representante da Igreja IBC de Bequimão, o objetivo da população precisa ser um só: fazer Bequimão se desenvolver.

“Sem partidarismo, precisamos sonhar com o gestor após ele ser eleito. Quando eu cheguei aqui de volta à cidade, eu vim para somar, porque eu não vim para a cidade; eu voltei para minha casa após 17 anos. Precisamos sonhar um sonho, um sonho de uma cidade melhor. Vamos sonhar uma cidade só. Eu construí uma frase para mim e vou compartilhar com os bequimãoenses: Eu não quero um prefeito perfeito, eu quero minha cidade melhor. O poder não emana do povo, o poder emana de Deus. E nós somos os atores principais escolhidos por Deus para proporcionar essa mudança”, defendeu o apóstolo.

O secretário de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Rodrigo Martins, que esteve presente no evento, finalizou a Live agradecendo aos pastores e aos membros das Igrejas, que se uniram para que o culto fosse realizado mesmo on-line, em comemoração aos 85 anos de Bequimão. O secretário frisou, ainda, o acordo entre a gestão municipal e as lideranças religiosas no que tange ao funcionamento dos templos, mas respeitando todas as medidas sanitárias.

DATA COMEMORATIVA

18 de junho tornou-se o “Dia Municipal da Marcha para Jesus”, após projeto de lei Nº 02/2017, de autoria do vereador Professor Zeca, sancionado pelo prefeito Zé Martins. A data é especial para as Igrejas Evangélicas de Bequimão, reunindo seus membros para agradecer a Deus pelas conquistas e para orar pelo povo do município de Bequimão. O evento religioso sempre é realizado na Praça 2 de Novembro e reúne cantores e pastores.

por A Tribuna de Bequimão

Prefeitura de Bequimão discute reabertura de templos e igrejas com lideranças religiosas

Normas e condutas indispensáveis à reabertura de templos e igrejas foram discutidas pela Prefeitura de Bequimão, com representantes de diferentes denominações religiosas do município, em reunião realizada nesta quarta-feira (17), no Antigo Convento. Em nível estadual, uma portaria publicada pelo Governo do Maranhão, no último dia 10, permitiu a reabertura das instituições religiosas, desde que elas obedeçam regras de prevenção ao coronavírus.

A princípio, cultos e missas devem ser realizados dentro do prazo de uma hora, com intervalos de pelo menos duas horas entre si, para que templos e igrejas sejam higienizados. Estes espaços só podem funcionar das 6h às 22h, com 50% da capacidade total, fazendo a demarcação com fitas, para que a distância de dois metros entre as pessoas seja respeitada e não haja aglomeração. Além disso, frequentadores devem usar máscara e higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel 70%, na entrada e saída.

Pessoas que fazem parte do grupo de risco devem permanecer em isolamento social. São elas: pessoas com 60 anos ou mais; com pneumopatias graves ou descompensados (em uso de oxigênio domiciliar, asma moderada/grave, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC); com cardiopatias graves ou descompensadas (insuficiência cardíaca, cardiopata isquêmica, arritmias); imunodepressão; doenças renais crônicas em estágio avançado (3,4 e 5); diabetes mellitus; obesidade mórbida (IMC maior ou igual a 40); doenças cromossômicas com estado de fragilidade imunológica (Síndrome de Down); gestantes; e outras, conforme definição da Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão (SES-MA). Elas só podem acompanhar as cerimônias religiosas virtualmente.

A mesma recomendação é dada a frequentadores que apresentarem sintomas gripais (sensação febril ou febre; tosse; falta de ar; dor muscular; sintomas respiratórios superiores; fadiga; ausência de olfato e paladar; e sintomas gastrointestinais). Os municípios podem editar decretos flexibilizando ou endurecendo essas medidas, de acordo com a evolução local da doença.

por A Tribuna de Bequimão

Prefeitura de Bequimão apoia produção rural de mulheres quilombolas e distribui alimentos a famílias mais carentes

O polo de produção de hortaliças do Quilombo Marajá, na zona rural de Bequimão, está com a área preparada para o plantio de couve, alface,cheiro verde, pimenta doce, quiabo, beringela, milho, feijão, melancia e banana, entre outros. O trabalho está sedo realizado com apoio da Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura.

O projeto beneficia dez famílias da comunidade, tendo como protagonistas as mulheres quilombolas do povoado Marajá. Esses produtos serão adquiridos pelo Programa Aquisição de Alimentos (PAA/Conab) e destinados a centenas de famílias bequimãoenses, por intermédio do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) de Bequimão. É todo um ciclo de movimentação de recursos, que beneficia os produtores e as famílias mais carentes.

O acompanhamento técnico do grupo de mulheres quilombolas é realizado pelos profissionais da Secretaria Municipal de Agricultura e da Agerp/Pinheiro, que desenvolvem também toda a logística de apoio, desde a concepção do projeto até seu destino final, que é a mesa das famílias bequimãoenses.

A administração do prefeito Zé Martins vem trabalhando para garantir a boa produção aos agricultores familiares, gerando renda e segurança alimentar aos mais vulneráveis. Os beneficiários são selecionados a partir de levantamentos da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Conselho Municipal de Segurança Alimentar.

 

Texto: Edmilson Pinheiro
Imagens: Divulgação

por A Tribuna de Bequimão