João Martins visita moradores do Juraraitá e Carrapicho

O candidato a prefeito de Bequimão, João Martins (MDB), acompanhado do candidato a vice, Magal (PT), visitou, nesta segunda-feira (28), moradores dos povoados Juraraitá e Carrapicho, em Bequimão. No encontro, que também contou com a participação do representante e candidato a vereador pela região, Professor Ivaldo (PT), João Martins falou de suas propostas para as comunidades.

Juraraitá é uma das 11 comunidades quilombolas já certificadas pela Fundação Palmares, em Bequimão. João Martins já garantiu que pretende desenvolver uma série de ações voltadas para os povoados remanescentes de quilombos, a fim de ampliar o protagonismo dessas comunidades e assegurar que seus moradores tenham cada vez mais acesso a políticas públicas de qualidade.

Após o encontro com as famílias do Juraraitá, João Martins e Magal seguiram para o povoado vizinho Carrapicho, onde se reuniram com moradores, lideranças comunitárias e candidatos a vereador da coligação “Juntos por Bequimão”.

Veja como foi a visita aos povoados:

João Martins participa de café da manhã com bequimãoenses

O candidato a prefeito de Bequimão, João Martins (MDB), esteve em São Luís neste domingo (27), para participar de um café da manhã com bequimãoenses que residem na capital. O encontro com os conterrâneos aconteceu na Associação de Moradores da Vila São Luís e foi articulado pelo candidato a vereador, Antônio Enfermeiro (PV).

“Domingo de diálogo com bequimãoenses que buscaram oportunidades em São Luís, assim como eu. Em comum, temos o coração apaixonado pela nossa terra e a vontade de ajudar nosso município a se desenvolver ainda mais. Muitos dos nossos familiares e amigos permaneceram lá e merecem toda a nossa dedicação”, destacou o candidato.

João Martins agradeceu a acolhida dos bequimãoenses em São Luís. “Muito obrigado a cada conterrâneo que se dispôs a participar dessa conversa. Os bequimãoenses que vivem em São Luís também querem o melhor pra Bequimão”, enfatizou o candidato, que já foi apontado como favorito na disputa pela Prefeitura de Bequimão.

A reunião, que teve o apoio de Luís Forró, do Mojó, também contou com a presença do atual prefeito de Bequimão, Zé Martins (MDB).

João Martins e Magal lançam campanha na internet

Desde as primeiras horas deste domingo (27), candidatos das Eleições Municipais 2020 estão autorizados a fazer propaganda eleitoral, conforme estipula a Resolução nº 23.610/2019, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em Bequimão, o candidato a prefeito, João Martins (MDB), iniciou sua campanha pela internet, com o slogan “O melhor para Bequimão”. O candidato, que já mostrou sua força em eventos de pré-campanha, também tem forte presença no ambiente digital.

Exatamente às 00:01, João Martins publicou nas redes sociais uma imagem ao lado do candidato a vice, Sidney Nogueira (Magal), do PT. Logo em seguida, o emedebista divulgou um vídeo com um de seus jingles de campanha. Além do candidato, protagonizam o material publicitário os bequimãoenses que acreditam na experiência de João Martins para administrar o município ao longo dos próximos quatro anos. “Começa hoje a nossa campanha rumo à vitória, no próximo dia 15 de novembro. Conto com vocês nesta batalha! Vote 15 – O melhor pra Bequimão”, disse o candidato a prefeito. 

Bastou o convite para que logo a população do município manifestasse apoio, com mensagens de incentivo ao candidato, nos comentários. “Não tenho dúvida que será o melhor prefeito de Bequimão e de toda Baixada , será o prefeito empreendedor”, declarou David Cutrim. “Vamos juntos rumo à Vitória”, comentou Deydiane Rodrigues. “Tamo junto, guerreiro. Se Deus permitir, vamos sair com a vitória”, enfatizou Diego Ferrreira”. “Vamos à luta, companheiro. Já deu tudo certo”, afirmou Simone Pinheiro.

João Martins e Magal solicitam registro de candidatura

A coligação “Juntos por Bequimão” apresentou à Justiça Eleitoral, nesta semana, os requerimentos de registros de candidaturas nas eleições municipais de 2020. A ampla aliança para garantir a continuidade do trabalho e o desenvolvimento do município é composta pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Partido dos Trabalhadores (PT) e Partido Verde (PV).

João Martins (MDB) e Magal (PT), candidatos a prefeito e vice-prefeito, respectivamente, encabeçam a chapa que representa uma coalizão entre partidos políticos em busca do melhor para Bequimão. Os postulantes ao Executivo Municipal apresentaram o pedido coletivo por meio do Requerimento de Registro de Candidatura, o RCC, na última terça-feira (22). 

No requerimento, constam todas as informações de identificação dos candidatos. Foram anexados ao RCC documentos pessoais (RG e CPF), certidões criminais negativas emitidas pela justiça, nas esferas estadual e federal (1º e 2º grau); proposta; comprovante de escolaridade; e a declaração de bens, nos termos da Resolução nº. 23.609/2019, do Tribunal Superior Eleitoral. 

Magal, candidato a vice de João Martins, apresentou ainda o comprovante de desincompatibilização, documento que atesta o seu afastamento da função pública de vice-prefeito de Bequimão, para concorrer às eleições do dia 15 de novembro, no município.

“Juntos por Bequimão” tem 43 candidatos a vereador

Nesta semana, MDB, PT e PV, partidos da Coligação “Juntos por Bequimão” cujos filiados manifestaram interesse em concorrer às 11 vagas do Legislativo Municipal, ingressaram com pedidos coletivos de registros de candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O MDB conta 14 candidatos a vereador, o PT tem 13 postulantes e o PV 16 aspirantes à Câmara Municipal de Bequimão. Conheça os nomes abaixo!

Movimento Democrático Brasileiro (MDB)

Vetinho

Mário do Quindiua

Júnior Cabeçudo

Cadé

Mago Velho

Jorge Filho

Nilcilene 

Jane de Zé Orlando 

Irani

Rosa Portugal

Dulce

Galego

Barbosa

Deninho de Tonho

Partido dos Trabalhadores (PT)

Wanderson Psicólogo

Nonato Number On

Sandra de Rogério

Anderson

Canuto do Quindiua

Dimael do Marajá 

Dinaleia

Biteco 

Fabinho MOQBEQ

Pinininho 

Geisa

Professor Ivaldo

Rosa

Partido Verde (PV)

Tonilson da Buritirana 

Antônio do Coelho

Pedro Acará

Amarildo

Valmir

Carlinhos Guarda

Edilson da Vila do Meio

Jacó do Areal

Hélio Abrantes

Jobó

Socorrinho

Lucia do Santa Rita

Janete Santa Flor

Josenilde

Abilene

Zeca Professor

Prefeitura de Bequimão realizará Campanha de Doação de Sangue

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), em parceria com a unidade regional do Centro de Hematologia do Maranhão — em Pinheiro, realiza, no próximo dia 15 de outubro, uma nova edição da Campanha de Doação de Sangue, no município. A coleta será feita das 8h às 17h, no Centro de Saúde Santo Antônio, na sede de Bequimão.

Para doar sangue é preciso estar em boas condições de saúde; ter entre 16 e 69 anos (pessoas acima de 60 anos só podem doar sangue se já tiverem doado antes dessa idade); pesar no mínimo 50kg; estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas); evitar alimentos gordurosos e estar alimentado. Se a doação for após o almoço, aguardar até 2 horas para a realização da coleta.

Foto: Arquivo / Prefeitura de Bequimão

Também é exigida a apresentação de um documento original com foto (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social). O documento a ser apresentado no local da doação precisa ser emitido por órgão oficial. Pessoas com menos de 18 anos precisam estar acompanhadas dos responsáveis ou em posse de um formulário de autorização para conseguir realizar a doação de sangue.

São impedimentos para a doação: ter idade inferior a 16 anos ou superior a 69 anos; ter peso inferior a 50kg; estar com anemia; estar com hipertensão ou hipotensão arterial; estar com aumento ou diminuição dos batimentos cardíacos; estar com febre; e levar um menor de 13 anos para a doação, sem a presença de um adulto que possa acompanhá-lo após a coleta de sangue.

Triagem

Ao chegarem ao Centro de Saúde Santo Antônio, os voluntários vão ser acolhidos por uma recepcionista e por uma assistente social, responsáveis pelo cadastro de doação. Nessa etapa, os candidatos precisam apresentar um documento oficial de identificação com foto, além de informações de contato, como forma de garantir a comunicação com o Hemonúcleo.

Finalizado o cadastro, os voluntários vão ser encaminhados para a sala de pré-triagem, onde vão passar por exames de verificação da pressão arterial, temperatura, dosagem de hemoglobina e verificação de peso. Já na etapa da triagem clínica, os candidatos vão passar por uma entrevista minuciosa sobre o estado de saúde, para comprovar se, de fato, estão aptos à doação.

Foto: Arquivo / Prefeitura de Bequimão

Caso a doação possa ser feita, só então os doadores vão ser levados até a sala de coleta, onde as técnicas de enfermagem vão realizar a limpeza do braço na região da punção. O material utilizado em cada processo será esterilizado e, depois do uso, descartado, não apresentando nenhum risco para o doador. Além de segura, a coleta é rápida, com duração estimada em 15 minutos.  

Última coleta

Na última edição da campanha realizada em Bequimão, setenta pessoas se dispuseram a doar sangue. Esta é a quinta vez que a equipe do Hemonúcleo de Pinheiro virá ao município. Na primeira campanha, 30 pessoas passaram pela triagem e 23 bolsas foram coletadas; na segunda, 40 pessoas se voluntariaram e 26 bolsas foram coletadas; a terceira contou com a sensibilidade de 40 pessoas e disponibilizou 28 bolsas ao banco de sangue; já a quarta edição garantiu 36 bolsas ao Hemonúcleo.

A previsão é que a equipe do banco de sangue regional se divida em pelo menos quatro setores: recepção, pré-triagem, triagem e sala de doação. Entre os profissionais deslocados pelo Hemonúcleo de Pinheiro para Bequimão devem estar motorista, recepcionista, assistente social, enfermeira, técnicas de enfermagem e um técnico laboratorial, totalizando 12 pessoas na equipe de coleta.

Foto: Arquivo / Prefeitura de Bequimão

Bequimão participa de oficinas sobre Busca Ativa Escolar em tempos de crise

A Prefeitura de Bequimão segue trabalhando, junto ao Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), no fomento das ações emergenciais de assistência à população do município, em tempos de pandemia. A partir desta semana, gestores da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Articuladores(as) Municipais do Selo UNICEF, Coordenadores(as) Operacionais da Busca Ativa Escolar (BAE) e demais membros da equipe da BAE participam de oficinas virtuais com orientações sobre as ações de Busca Ativa Escolar em crises e emergências.

As oficinas ocorrem nos dias 22 e 25 de setembro, para os estados do Maranhão, Pará, Amapá e Tocantins. Já as equipes dos estados do Amazonas, Acre, Roraima, Mato Grosso e Rondônia, participam dos encontros nos dias 29 de setembro e 1º de outubro. As transmissões serão ao vivo, sempre às 10h (horário de Brasília), no canal do UNICEF no Youtube: https://www.youtube.com/UNICEFBrasil 

De acordo com Sidney Vasconcelos, Oficial de Educação do UNICEF, o órgão das Nações Unidas realiza as oficinas com o intuito de mostrar às equipes municipais as possibilidades de implementação e manutenção da Busca Ativa Escolar, respeitando as orientações sanitárias e de saúde. Para além do trabalho de busca ativa em campo que, neste momento, não tem sido realizado integralmente devido às normas de distanciamento social, a realização de ações remotas, via telefone, internet e outros meios, contribuem para a implementação da estratégia. Como parte deste esforço, tem sido ofertado também curso a distância “Busca Ativa Escolar na prática” que contribui para uma melhor compreensão da metodologia e orienta ações tais quais aquelas voltadas para o diálogo intersetorial e o manuseio da plataforma. Essas ações, portanto, contribuem para que mais crianças e adolescentes tenham seu direito à educação garantido e mantenham o seu vínculo com a escola. 

“O período de pandemia traz, e até impõe, alguns outros desafios à realidade desses meninos e meninas. Como consequência, verificamos o aumento das taxas de abandono e evasão escolar, aumentando, assim, a exclusão escolar”, destaca Sidney Vasconcelos. “Diante disso, o UNICEF pensou, juntamente com os seus parceiros, em como fazer com que essa exclusão seja mitigada, mesmo durante o período de pandemia. Nesse período de crise e de emergência de saúde pública, a Busca Ativa Escolar pode acontecer mesmo de forma remota e, junto a mais de 3 mil municípios brasileiros, queremos chamar a atenção às formas disso acontecer”. 

Até então, 105 municípios da região já cumpriram a meta de rematrículas e devem continuar implementando a estratégia da Busca Ativa Escolar, mesmo ao longo da pandemia de Covid-19. Devido ao impacto no funcionamento presencial das escolas, o UNICEF, junto a Undime Nacional, vai apresentar as principais orientações para implementação da BAE em crises e emergências, como esta que vivenciamos hoje. O aumento das taxas de abandono, evasão e consequente exclusão escolar também preocupa os parceiros do UNICEF na iniciativa. 

“Entendemos que as oficinas, com orientações sobre como lidar com esse processo, sejam fundamentais”, declara Kennedy Leite da Silva, Articulador Social do Selo UNICEF, pelo Instituto Peabiru, e secretário-executivo da UndimeRR. “Os municípios têm dificuldades em fazer o trabalho de busca ativa com eficiência no processo, no acompanhamento dos casos e na atualização da plataforma. Assim, a compreensão da estratégia, como um todo, é importante para que tenhamos mais crianças e adolescentes nas escolas e possamos evitar um alto índice de evasões”. 

Tendo em conta o papel também das áreas de saúde, assistência e proteção, a estratégia de busca ativa envolve, especialmente, professores e a equipe diretiva. Nesse contexto, as escolas passam a ser centrais no fluxo da estratégia, a partir do acompanhamento da frequência escolar de crianças e adolescentes. 

Sobre a Busca Ativa Escolar 

A Busca Ativa Escolar é uma metodologia social e uma plataforma gratuitas para ajudar os municípios e os estados a enfrentar a exclusão escolar, desenvolvida pelo UNICEF em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). 

Essa iniciativa é uma das ações de validação obrigatórias para o alcance dos resultados sistêmicos, sem a qual o município não estará apto à certificação com o Selo UNICEF. Para o cumprimento do Resultado Sistêmico 2, que faz referência às estratégias de combate à exclusão escolar, foram definidas duas tarefas: a adesão à Busca Ativa Escolar e a implementação da estratégia, garantindo a (re)matrícula de, pelo menos, 20% do total de estudantes não localizados segundo a planilha do Educacenso (INEP/MEC). O prazo para comprovação desta ação, no Selo UNICEF, é o dia 31 de outubro. 

Guia ajuda a desenvolver a Busca Ativa Escolar na pandemia 

A condição de vulnerabilidade socioeconômica de muitas famílias pode ser agravada em situações de crises e emergências, como esta da pandemia, podendo levar a um aumento dos índices de abandono e evasão escolares. Por isso, é necessário que, nesses momentos de crise, a rede de proteção social esteja mais do que nunca alerta, fortalecida e atuante para que todas as meninas e todos os meninos sejam atendidos pelos serviços públicos e tenham seus direitos integralmente garantidos, sobretudo, o direito à educação.

João Martins reúne com moradores de Conceição

Nesta terça-feira (22), João Martins (MDB) e Magal (PT) visitaram o povoado Conceição, na zona rural de Bequimão. Os respectivos candidatos a prefeito e vice-prefeito do município foram recebidos com festa pelos moradores da comunidade quilombola. Também participaram deste encontro o professor Thito Fábio e o candidato a vereador Francisco Macedo (PT), carinhosamente chamado de “Pinininho” e conhecido por sua luta em defesa das comunidades rurais negras de Bequimão.

Nas redes sociais, João Martins repercutiu o carinho com o qual foi recebido pelos moradores da comunidade e afirmou que o sentimento é o combustível que o mantém firme na disputa eleitoral, com o objetivo de fazer o melhor pelo povo de Bequimão.

“A cada comunidade por onde passo, aumenta a minha energia para seguir caminhando firme. A recepção calorosa que tenho recebido está sendo meu combustível nessa jornada. Nesta terça-feira, na comunidade quilombola Conceição, foi desse mesmo jeito. Acompanhado do pré-candidato a vereador Pinininho e do professor Thito Fábio, fui recebido pelos moradores para uma conversa democrática e cheia de excelentes propostas para a nossa cidade”, descreveu o candidato a prefeito.

O encontro na comunidade quilombola Conceição, segundo ele, foi inspirador. “Foi uma noite muito gratificante, tanto pela recepção calorosa, pelo ambiente todo especial que prepararam, quanto pelo nível das discussões e proposições. Podem ter certeza de que saí da comunidade Conceição com a cabeça cheia de ideias e planos que pretendo colocar em execução”, finalizou João Martins.

Prefeitura de Bequimão conclui revitalização da Praça da Bíblia

Para quem entra em Bequimão, em direção ao Centro, o caminho ficou mais bonito – e também poderíamos dizer mais abençoado. A Praça da Bíblia foi reformada pela administração do prefeito Zé Martins e entregue à população, nesta terça-feira (21). O equipamento público guarda um valor simbólico inestimável e, até hoje, continua vivo na memória afetiva daqueles que cresceram ou estiveram de passagem pela cidade. 

“Concluímos a reforma estrutural e a substituição das luminárias da Praça da Bíblia, no Centro de Bequimão. A partir de agora, a nossa população passa a contar com mais esse espaço público completamente revitalizado e habilitado para o convívio social”, informou o prefeito Zé Martins, em publicação nas suas redes sociais.

O espaço é um daqueles pedacinhos da cidade que mantêm vivo o sentimento de pertencimento no coração de quem ainda vive ou já viveu por aqui.

Foto: Reprodução / Instagram / @prefeitozemartins

Talvez isso seja capaz de explicar a razão pela qual a conclusão da obra tenha sido tão festejada pela população, que não economizou elogios à administração municipal. “Valeu, prefeito! Belo Trabalho!”, parabenizou Claudionor Costa. “Tudo lindo! Amei a praça”, enfatizou Dos Anjos Moraes. “Parabéns! Valorizou bastante a cidade”, acrescentou Junior Lima.

Foto: Reprodução / Instagram / @prefeitozemartins

João Martins defende protagonismo quilombola

Após ter a candidatura rumo à Prefeitura de Bequimão oficializada na maior convenção da história do município, João Martins retomou sua agenda de visitas na pré-campanha. Neste fim de semana, o candidato aclamado pelo grupo do prefeito Zé Martins esteve na comunidade quilombola Santa Rita, dialogando com os moradores e construindo propostas para fazer o melhor para Bequimão. 

“Para administrar bem a cidade de Bequimão, é essencial conhecer a fundo as comunidades quilombolas do nosso território. A influência dos quilombos na história política e cultural de Bequimão foi resgatada, nos últimos anos, e fica mais forte a cada dia que passa”, afirmou o candidato a prefeito.

João Martins percorreu o Quilombo Santa Rita acompanhado do pré-candidato a vereador Fabinho MOQBEQ (PT), representantes do Movimento Quilombola de Bequimão (MOQBEQ), além de lideranças locais. E, como de costume, foi bem recebido por onde passou, como demonstram os registros fotográficos feitos ao lado dos moradores da comunidade.

“Nossa proposta é que essas comunidades exerçam, ainda mais, o protagonismo que lhes cabe. Por isso, vamos propor políticas públicas que beneficiem todos os quilombos de Bequimão, com ações que abrangem a cultura, melhorias para as comunidades e principalmente a geração de emprego e renda”, contou o candidato a prefeito de Bequimão.