Parceria de 45 anos com o empreendedor

Por: João Martins*

Nesta segunda-feira, 9 de outubro, o Sistema Sebrae comemora mais um grande marco em sua trajetória ao completar 45 anos como instituição que valoriza o empreendedorismo, apoia os pequenos negócios e assume-se cada vez mais como agente de desenvolvimento no país ao fomentar e fortalecer setores econômicos e produtivos, articulando, ainda, políticas públicas favoráveis às microempresas, empresas de pequeno porte, microempreendedores individuais e produtores de pequenas propriedades rurais.

O trabalho dessas quatro décadas e meia teve como essência o sonho de milhões de empreendedores, brasileiros que um dia pensaram em ter o seu próprio negócio, fazê-lo prosperar e ter longevidade no mercado. Brasileiros que chegaram lá e juntos somam hoje 12,4 milhões de pequenos negócios no país!

Desse total, muitos caminham conosco desde os nossos primeiros passos aqui no Maranhão, quando ainda éramos Núcleo de Assistência Empresarial (NAE), vinculado ao Banco de Desenvolvimento do Estado (BDM); outros chegaram quando passamos a ser Ceag (Centro de Assistência Gerencial do Maranhão), seguido de Cebrae (Centro Brasileiro de Assistência Gerencial à Pequena e Média Empresa). No entanto, foi como Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa, já na década de 90, que a instituição se tornou um serviço social autônomo, desvinculado do Governo Federal e integrado ao Sistema S, possibilitando prestar um apoio mais significativo às nossas MPEs e ajudando-as a escrever suas estórias de sucesso.

Ao longo de todos esses 45 anos, o Sebrae consolidou uma forte marca, amadurecendo como empresa e especializando-se no fomento, desenvolvimento e apoio aos pequenos negócios. Estamos no campo, nas cidades, no mundo digital oportunizando conhecimento a empreendedores de todos os segmentos e atividades econômicas para que mantenham o alto índice de empregabilidade – 52% de trabalhadores com carteira assinada no país estão nas MPEs – e a contribuição crescente de 27% no Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

A robustez atual dos pequenos negócios se dá em parte pelo papel de instituições como o Sebrae que levam conhecimento e expertise, assim como por marcos regulatórios e legislações que estimulam o fortalecimento do segmento, a exemplo da Lei Geral da MPE –  Lei Complementar 123/2006, uma legislação que nasceu junto às entidades de classe, tendo desde a sua concepção o apoio irrestrito do Sebrae. Uma legislação viva, constantemente atualizada, que trouxe benefícios como o Simples Nacional, a figura jurídica do Microempreendedor Individual (MEI), o incentivo à inovação e tecnologia, o favorecimento das MPEs nas compras públicas, dentre outros.

O Sebrae orgulha-se de ter participado de conquistas significativas para os pequenos negócios ao longo desses 45 anos, seja como protagonista, seja em parceria com outras entidades empresariais, independente de circunstâncias econômicas. Entre 2015 e 2016, anos de maior intensidade da crise que ainda vive a economia do país, o Sebrae no Maranhão manteve-se como baluarte das MPEs, atendendo 122.962 clientes em mais de 140 mil orientações técnicas, 197 mil horas de consultorias, 1.734 oficinas, palestras e seminários, 1.486 cursos, 140 missões e caravanas (próprias e de terceiros), 27 Rodadas e Encontros de Negócios e seis feiras.

   Diretor Superintendente do Sebrae Maranhão,                                        João Martins.

Os desafios para além dos 45 anos são muitos! A expectativa é acompanharmos as novas relações de consumo e de trabalho que começam a ser vivenciadas, mantendo nossa presença física em todos os municípios maranhenses, mas também demarcando território intensamente no campo digital – as plataformas virtuais de atendimento, inclusive, já estão sendo desenhadas para estarmos cada vez mais próximos dos pequenos negócios, sejam estes do comércio, serviços, indústria ou do meio virtual, nas zonas urbanas ou rurais. É para isso que somos o Sebrae, especialistas em pequenos negócios e em transformar sonhos em histórias de sucesso!!!

 

João Martins

Diretor superintendente

Sebrae no Maranhão

Anúncios
por A Tribuna de Bequimão

Deputado Zé Inácio homenageia micro e pequenos empresários do Estado

      Diretor Superintendente do Sebrae-MA em conversa com o Deputado Estadual Zé Inácio                                            durante visita do parlamentar a sede do Sebrae Maranhão

O deputado Zé Inácio subiu à tribuna da Assembleia Legislativa , na última quinta-feira (05), para prestar homenagem pelo dia da Micro e Pequena Empresa, que tem esta data em razão da criação do Estatuto da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, de 05 de outubro de 1999.

Zé Inácio aproveitou o momento para parabenizar o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Maranhão (Sebrae), que irá comemorar 45 anos na próxima semana.

“Estendo as minhas homenagens ao Sebrae, na pessoa do seu Diretor Superintendente João Batistas Martins. O Sebrae tem um papel de extrema importância, é responsável pelo atendimento de micro e pequenas empresas instaladas em todos os municípios maranhenses e que atende aos micro e pequenos empresários, potenciais empreendedores e potenciais empresários com cursos, consultoria e ações de fomento da cultura empreendedora. ”.

O deputado finalizou parabenizando os micro e pequenos empresários do Estado. “Quero expressar todo o meu respeito aos Micro e Pequenos Empresários maranhenses que muito contribui para o desenvolvimento dos nossos municípios e do Estado. Nosso mandato estará à disposição de vocês. ”, disse.

A legislação define como microempresa aquela com faturamento anual de até R$360 mil. Já pequenas empresas são as que faturam entre R$360 mil e R$ 4,8 milhões. As micro e pequenas empresas afetam diretamente a economia nacional, pois, entre outras consequências, são fontes de criação de postos de trabalho.

De acordo com informações do Senado Federal, as pequenas empresas são responsáveis pela geração de 52% dos empregos com carteira assinada em todo país.

Aproveitando a data o deputado reuniu-se com o Superintendente do Sebrae João Batista Martins, no fim da tarde desta quinta-feira e discutiram estratégias para contribuir, de forma conjunta, em atividades que beneficiem os micro e pequenos empresários, e agricultores familiares do Estado.

 

Confira o pronunciamento do deputado na íntegra:

 

por A Tribuna de Bequimão

Mutirão do glaucoma atende 133 pacientes em Bequimão

A 3ª edição do Mutirão de Combate ao Glaucoma realizada neste ano em Bequimão aconteceu na última sexta-feira, dia 29 de setembro, no Centro Saúde. A ação foi promovida pela Prefeitura de Bequimão e Governo do Estado, em parceria com o Hospital da Visão. A equipe do oftalmologista Heron Simões atendeu 133 pacientes.

O secretário municipal de Saúde, Sidney Bouéres, acompanhou os atendimentos. Os pacientes puderam fazer suas fichas desde cedo, o que facilitou os atendimentos, evitando tumultos e filas grandes. Profissionais da Secretaria de Saúde deram todo suporte aos auxiliares do médico oftalmologista.

CONSULTA

Durante a consulta, os pacientes passam por avaliação médica e exames capazes de detectar o glaucoma ou outra patologia ocular. Os procedimentos verificam falhas no campo de visão central e periférica, além da pressão interna do globo ocular. Também são avaliadas as estruturas do fundo do olho.

Após o diagnóstico, o paciente é encaminhado para o tratamento adequado, que pode ser uma cirurgia ou o uso de colírio oferecido gratuitamente pelo programa, com uso por 90 dias.

GLAUCOMA
O glaucoma é uma lesão do nervo óptico que pode provocar a cegueira. A doença, muitas vezes assintomática, causa um aumento rápido na pressão intraocular. Pacientes com idade acima dos 40 anos e portadores de doenças como diabetes, problemas cardíacos, hipertensão e hipertireoidismo devem estar atentos e participar das atividades do mutirão.

Fotos: Rodrigo Martins

Escola Agrícola de Bequimão realiza formatura da primeira turma

Foi realizada, no último sábado (23), a formatura da primeira turma do curso de Técnico em Agropecuária da Escola Familiar Rural Albemirim (EFRA), que recebe alunos dos municípios de Bequimão, Alcântara e Peri-Mirim.

A construção da EFR Albemirim teve início em 2010 e os recursos foram executados por meio da Secretaria de Educação do Estado do Maranhão. A construção do prédio aconteceu no assentamento do INCRA, denominado de Padre Paulo, no povoado Floresta, tendo sua conclusão em 2012.

O processo de implementação da escola, iniciou-se em 2005, após audiências envolvendo os municípios de Alcântara, Bequimão, Peri- Mirim e representantes do INCRA, que contou com os recursos do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), que tinha como delegado, na época, Zé Inácio, atualmente deputado estadual pelo PT. O presidente do Consórcio de Segurança Alimentar e Desenvolvimento Sustentável do Litoral Ocidental Maranhense (CONSAD), João Carlos de Oliveira Lima, também atuou na mobilização de representantes do poder público, associações e a sociedade civil dos municípios beneficiados.

Em 2013, a CFR Albemirim entrou em funcionamento, atendendo 60 jovens filhos de agricultores, oferecendo o ensino médio integrado à educação técnica.

A Casa Familiar Rural Albemirim deveria ser mantida pelas prefeituras dos municípios de Alcântara, Bequimão e Peri-Mirim, mas, por 4 anos, somente o prefeito Zé Martins manteve a casa, já que os outros prefeitos simplesmente abandonaram os jovens estudantes de seus municípios.

Foram 54 alunos formados.
Compareceram ao ato solene o prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), a secretária Municipal de Educação de Peri-Mirim, Alda Regina Ribeiro Corrêa, a secretaria de Cultura e Igualdade Racial, Dinha Pinheiro, representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bequimão, comunidade em geral, professores, gestores e coordenadores e pais de alunos.

Fotos: Rodrigo Martins

Prefeito Zé Martins autoriza pagamento de servidores para esta quarta-feira (4)

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), autorizou nesta terça-feira (03) o pagamento dos servidores da Prefeitura Municipal, referente ao mês de setembro. Nas primeiras horas desta quarta-feira, dia 04 de outubro, os vencimentos já estarão nas respectivas contas bancárias.

Mais uma vez os salários dos funcionários municipais serão pagos dentro da data base, como já se tornou marca desde a primeira administração de Zé Martins.

Mesmo diante da crise que afeta o país e dos cortes nos repasses do Fundo de Participação do Município (FPM), o prefeito mantém o pagamento dos servidores em dia; a economia local ganha novos ares, em que o comércio aumenta seu faturamento.

Programa ID Jovem vai gerar oportunidades para juventude de Bequimão

O pátio da Escola Municipal Domingos Bouéres, no bairro Estiva, ficou lotado de estudantes, professores e autoridades municipais, estaduais e federais no lançamento do Programa Identidade Jovem (ID Jovem), numa parceria entre Prefeitura Municipal de Bequimão e Secretaria Nacional de Juventude.

O prefeito Zé Martins e o secretário Nacional de Juventude, da Presidência da República, Assis Filho, fizeram o lançamento do programa. A estudante Ludimila Martins destacou a importância dessa iniciativa para a juventude bequimãoense. “Espero que através desse projeto sejam implantadas novas oportunidades para os jovens daqui”, disse.

De acordo com Assis Filho, muitas portas podem se abrir para a juventude por meio da ID Jovem. “O documento vai possibilitar aos jovens bequimãoense o acesso à meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos, além de vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte interestadual”, explicou.

Para o secretário municipal de Assistência Social, Josmael Castro, o ID Jovem veio para complementar os demais programas já implementados pela Prefeitura. “O ID Jovem vai ampliar os programas já existentes e mantidos pelo prefeito Zé Martins. Esse programa vai ser muito benéfico aos jovens, que vão poder fazer o Enem sem pagar a taxa de inscrição, além de outros benefícios”, destacou.

O prefeito Zé Martins enfatizou as perspectivas abertas pelo programa aos jovens bequimãoenses. “Ser contemplado com o programa é maravilhoso e, principalmente, por Bequimão estar como a primeira entre as seis cidades do Maranhão escolhidas para seu lançamento. Esse programa, além de social, é um programa de cidadania para os jovens em várias vertentes, como passagem, meia entrada em eventos, além de inscrições para o Enem. Essa é mais uma parceria de sucesso com o governo federal”, disse.

Em Bequimão, serão beneficiados 3.323 jovens entre 15 e 29 anos, que atendem os pré-requisitos de cadastro ao programa, como o Cadastro Único (CadÚnico), renda familiar de até 2 salários mínimos e o Número de Identificação Social (NIS). Também participaram do evento vereadores, secretários, o deputado estadual Zé Inácio, o vice-prefeito Magal, além de lideranças comunitárias.

Secretaria de Assistência Social promove curso com índice elevado de satisfação

Por César Paixão – Com um alto índice de satisfação expressa pelos participantes, Prefeitura de Bequimão e Secretaria de Assistência promoveram, no último sábado, dia 30 de setembro, o curso de “Dicção e Oratória – Comunicação de alto impacto” realizado pela Fundação Ulysses Guimarães.

Essa foi mais uma bela iniciativa da parceria Prefeitura e Assistência em atendimento ao público que há muito ansiava por um curso desse formato, que viesse contemplar informações técnicas às pessoas que encontram dificuldades em enfrentar plateias, em atos como pronunciamento de discursos, palestras e outras atividades afins. O curso além de contemplar funcionários da administração pública atendeu outros segmentos, como professores, alunos de nível médio, pastores, membros de comunidades evangélicas e radialistas. Portanto, um público diversificado.

O curso valeu a pena, na opinião geral dos cursistas, pelo fato de contar com um planejamento bem elaborado, com informações específicas para o orador, que foi desde a evolução da comunicação, conceito da oratória, seu surgimento, estratégias para impactar, habilidades persuasivas e como superar o medo. Tudo isso como matéria de numa primeira etapa. Num segundo momento, o curso é dedicado, exclusivamente, ao bom planejamento de um discurso, bem como a utilização de outros recursos. O curso contou com ministradores de alto nível, com experiência de muitos anos, cujos passaram o conteúdo do curso de forma simples e inteligível, com o auxílio de slides e vídeos. Socializaram seus conhecimentos da área com os alunos de Bequimão, a professora Mocinha e técnico Déric da fundação Ulysses.

Abre-se, aqui, um “parêntese” para salientar a presença no curso, do estimado professor Valter Pestana Pinheiro, ou Valter Penha, como muitos o conhecem; que no auge dos seus 79 anos ainda encontra disposição para sempre estar presente em grandes eventos como este, em busca de mais conhecimento e qualificação profissional que, segundo ele, “são uma exigência do mundo moderno”. Em dados momentos do curso, sempre que pedia a palavra para alguma intervenção, levava as mais de 60 pessoas presentes ao curso à comoção.

Porém, o ponto alto do curso foi o momento das oficinas, na parte da tarde, momento em que a parte teórica foi posta do lado e os alunos tiveram que praticar o aprendizado. A turma foi distribuída em equipes que, desta forma, tiveram que enfrentar a plateia. Temas foram distribuídos para serem trabalhados pelos alunos. Cada equipe teve que preparar sua apresentação, com temas que variaram entre política, teatro, júri popular, vendas e outros. Depois de sorteada a ordem de apresentação os alunos entraram em ação. De acordo com os ministradores do curso as apresentações foram exitosas.

Entendemos como louvável iniciativa como esta do prefeito Zé Martins e do secretário Josmael Júnior, que não têm medido esforços no sentido de gerar oportunidades para levar formação como essa aos bequimãoenses, que tanto necessitam de conhecimento. Sobretudo numa era em que a comunicação é tida a chave do sucesso pessoal coletivo de qualquer comunidade. Portanto, estão de parabéns! Segundo o secretário Josmael outras formações virão através da fundação Ulysses Guimarães. Vamos aguardar.

Turismo tecnológico: Sebrae leva pequenos produtores rurais maranhenses para conhecer experiência de ovinocaprinocultura no Ceará

                     Integrantes da missão em frente ao prédio da Embrapa em Sobral (CE)

Participaram da Missão Técnica Expocapril no Sertão 30 pequenos empreendedores do campo, técnicos agropecuários e prefeitos municipais da região da Baixada e do Litoral Ocidental maranhense.

 

Foram três dias de completa imersão no universo do conhecimento e das pesquisas ligadas a criação e o manejo de caprinos e ovinos. Um grupo formado por 30 pequenos empreendedores do campo, técnicos agropecuários e prefeitos municipais da região da Baixada e do Litoral Ocidental maranhense, tiveram uma oportunidade ímpar e inédita proporcionada pelo Sebrae Maranhão, através da sua unidade regional em Pinheiro, de conhecer a fundo todas as tecnologias aplicadas pela Embrapa Caprinos e Ovinos em Sobral (CE), maior referência do segmento no Brasil, em uma ação inédita de turismo tecnológico.

Além do apoio da Embrapa, uma cooperação entre os Sebraes Maranhão e Ceará, e a Prefeitura de Sobral, tornou viável aos integrantes da missão visitas técnicas a propriedades atendidas por eles e a participação em uma palestra, onde os participantes conheceram melhor todo o trabalho que vem sendo desenvolvido com a finalidade de valorizar os produtos ligados ao segmento da caprinovinocultura.

           Missão visita a unidade regional do Sebrae em Sobral onde participaram de palestra.

Coordenador da missão técnica “Expocapril no Sertão”, o Diretor Superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, informou que essa é apenas uma de muitas ações que já estão sendo planejadas para contemplar o segmento que está em evidente crescimento no estado.

“Essa é mais uma das muitas ações que já desenvolvemos em todo o Maranhão no apoio aos empreendedores rurais. Sabemos que os criadores que atuam no segmento de caprinos e ovinos são responsáveis por uma fatia significativa do crescimento do agronegócio no nosso estado; por isso eles já são e continuarão sendo vistos pelo Sebrae como prioridade estratégica na nossa atuação”, garantiu Martins.

O objetivo da missão foi promover o acesso à informação e a tecnologia na criação, manejo, aproveitamento e comercialização de caprinos e ovinos, onde os participantes tivessem a oportunidade de compartilhar os conhecimentos e técnicas adquiridas com outros criadores. A comitiva visitou os campos experimentais da Embrapa e propriedades com as quais a empresa desenvolve parcerias em projetos de pesquisa.

“Essa missão foi a ferramenta que encontramos para contemplar um público que sempre nos procura em busca de capacitação e aperfeiçoamento, que são os produtores de caprinos e ovinos. Temos certeza que os resultados dessa missão serão percebidos em breve e sem dúvida serão positivos”, projetou Graça Fernandes, gerente regional do Sebrae em Pinheiro, responsável por atender a região.

A missão abrangeu um público que representou oito municípios das regiões da Baixada e Litoral Ocidental maranhense. Pinheiro, Bequimão, Alcântara, São João Batista, Cajapió, Mirinzal, Central do Maranhão e São Bento foram as cidades representadas. A missão contou com o apoio das Associações de Criadores de Caprinos e Ovinos de Bequimão e São João Batista e da Prefeitura Municipal de Bequimão. Destaque ainda para a participação dos criadores envolvidos na realização da 10ª edição da Expocapril, exposição que acontecerá entre os dias 15 e 19 de novembro na cidade de Bequimão e que já faz parte do calendário de eventos do agronegócio no estado do Maranhão.

“Mais uma vez o Sebrae nos ajuda a buscar o conhecimento, o melhor aprendizado, então o nosso aprendizado já pode ser percebido graças a esse apoio do Sebrae e dessa vez não foi diferente. Tudo que aprendemos aqui estará sem dúvida nenhuma servindo para o nosso dia a dia quanto associação e também como produtor, melhorando nosso rebanho e nossa exposição, a Expocapril”, garantiu Leônidas Viegas Almeida, presidente da Associação dos Criadores e Criadoras de Ovinos e Caprinos de Bequimão (ACCOCBEQ).

                          Integrantes da missão em visita técnica a uma das propriedades.

A comitiva da missão técnica Expocapril no Sertão também incluiu gestores públicos, como o prefeito de São Bento, Luizinho Barros. Segundo ele, essa missão foi um passo fundamental para o crescimento da região.

“O nosso objetivo agora será entrar em contato com outros prefeitos da região e faze-los ver a necessidade do apoio do poder público para esse povo que tem força de vontade e está buscando mecanismos para melhorar suas vidas e de outros membros da sociedade. Agora, mais do que nunca eu serei um parceiro de primeira hora do Sebrae para que possamos melhorar a qualidade de vida do povo da nossa região”, disse Barros.

A MISSÃO

No primeiro dia da missão (25), o destino foi a Fazenda Miramar, localizada no povoado Taperuaba, zona rural de Sobral. A fazenda de 1.150 hectares, possui um rebanho com 500 cabeças de ovinos, criados no sistema semi-extensivo. A fazenda é acompanhada pela unidade regional do Sebrae em Sobral e é um caso de sucesso do projeto de produção e comercialização. Lá os participantes entenderam que a aplicação de tecnologia e o manejo adequado tornam o plantel rentável mesmo em condições climáticas adversas, como é o caso no estado do Ceará, onde há cerca de três anos o nível de chuvas não alcança o padrão satisfatório.

“Essa integração, não só entre o Sebrae, mas com outros parceiros da região, é muito valiosa para que possamos aprimorar a nossa atuação no agronegócio especialmente nessa área de ovinos e caprinos e assim poder melhorar essas técnicas de manejo e de estratégia mercadológica em nosso estado e no Maranhão”, afirmou Suilany Teixeira, gerente regional do Sebrae em Sobral (CE).

Na terça-feira (26), já como parte da programação junto a Embrapa, a comitiva visitou a Fazenda Lagoa Seca, localizada no município de Cariré (CE) e a comunidade Sítio Areias, em Sobral. Na fazenda, que possui 420 hectares e um rebanho de aproximadamente 480 animais, os integrantes da missão puderam observar como é feito o manejo na propriedade que é uma das unidades de referência da Embrapa Caprinos e Ovinos.

                                          Visita técnica a fazenda de pesquisas da Embrapa.

A fazenda Lagoa Seca é acompanhada por cinco gerações da mesma família, é também uma empresa, a “Produtos do Campo”, fornecendo carne de ovinos e caprinos, galinhas e capotes abatidos para diversos restaurantes da região. A atividade já gera aos proprietários uma receita mensal em torno de R$ 7.000,00 (sete mil reais).

No povoado de Boqueirão, onde fica localizado o Sítio Areias, comunidade rural com aproximadamente 70 famílias, os caravaneiros observaram o resultado do redesenho de sistemas locais de agricultores familiares, com foco na agroecologia e nos sistemas cooperativos, como a experiência da casa de sementes, que fornece insumos para que os associados possam plantar e colher com qualidade e rentabilidade.

A missão foi concluída na quarta-feira (27), em uma visita a Fazenda Três Lagoas, campo experimental da Embrapa Caprinos e Ovinos. Uma atenção especial foi dada para a importância dos registros para fins de escrituração zootécnica, análise de escore corporal, controle de verminose e linfadenite caseosa, além de informações sobre o período apropriado para a monta e seus procedimentos.

Os participantes da missão receberam ainda capacitação sobre manejo de rebanhos, ministradas pelo médico veterinário e analista da Embrapa, Alexandre Monteiro com o apoio do técnico Gilberto Schleich.

“O Sebrae foi bastante feliz em reunir o grupo para que viessem nos visitar, porque essa missão congrega o meio produtivo com a pesquisa, o que nos permite apresentar todo o nosso portfólio a um número cada vez maior de criadores de ovinos e caprinos do nordeste e do Brasil”, disse Monteiro.

por A Tribuna de Bequimão

Sebrae apoia Festejo de São Benedito em Cururupu

 

 

Turma formada por potenciais empreendedoras da gastronomia participam de capacitação de                                        comidas típicas e doces regionais, realizada pelo Sebrae.

 

O festejo em homenagem ao santo inicia hoje (29) e segue até 08 de outubro, com vasta programação religiosa e cultural. Em apoio ao evento, o Sebrae capacitou 25 potenciais empreendedoras do segmento da gastronomia que irão comercializar seus produtos durante o festejo. 

 

O maranhense carrega em sua essência e formação cultural características evidentes da religiosidade, indo além da espiritualidade, a fé enraizada faz com que as diversas manifestações religiosas espalhadas por todo o estado sejam consideradas fatores importantes para a economia local, gerando emprego, renda e novos negócios.
A exemplo disso, todos os anos, a comunidade católica do município de Cururupu, localizado na região do Litoral Ocidental Maranhense, se organiza para celebrar o festejo do glorioso São Benedito.
Com o tema “Como São Benedito acolhamos o sim de Maria para uma igreja em saída”, este ano a comissão organizadora do festejo ganhou um reforço importante, uma equipe de consultores e de analistas do Sebrae está no município auxiliando nos preparativos da festa religiosa.
O trabalho desenvolvido em Cururupu faz parte de uma cadeia de ações que vem sendo executada pelo Sebrae no Maranhão, com o objetivo de mapear, roteirizar, estruturar e fortalecer o turismo na região da Baixada e Litoral Ocidental Maranhense em todos os seus segmentos.
O turismo religioso e a economia criativa são vistos como áreas de potencial econômico e produtivo que podem ser explorados na região, tornando-se fontes de recursos importantes para impulsionar a economia local. Por conta disso, a diretoria executiva do Sebrae no Maranhão, tem articulado ações para o desenvolvimento deste segmento.
“O turismo religioso tem um potencial inegável na região do Litoral Ocidental Maranhense e o nosso trabalho é para que seja criado um ambiente favorável a este segmento, fazendo com que ele deixe de ser apenas um potencial e passe a ser uma realidade. O Sebrae já trabalha para isso e esse trabalho não irá parar até que vejamos a região aproveitar de maneira sustentável todo o potencial que existente”, afirmou João Martins, diretor superintendente do Sebrae no Maranhão.
Além do reforço na organização do festejo, a unidade regional do Sebrae em Pinheiro, por meio do projeto Desenvolvimento Econômico e Territorial do Litoral Ocidental (DET- Litoral Ocidental), firmou parceria com a prefeitura de Cururupu e a paróquia local, garantindo capacitação para um grupo de 25 potenciais empreendedoras do segmento da gastronomia que atuam no município.
O curso teve duração de uma semana e foram repassadas orientações de boas práticas no manuseio, comercialização e higiene dos alimentos. Os participantes puderam aprimorar técnicas já utilizadas por eles e conhecer novas formas de preparo de pratos típicos e doces regionais. Quinze dos vinte e cinco participantes do curso estarão diretamente envolvidos na realização do festejo de São Benedito, produzindo e comercializando alimentos para turistas e visitantes locais.
Para a presidente da comissão organizadora do festejo de São Benedito, Rafisa Goulart, a parceria estabelecida com o Sebrae foi importante para melhorar a qualidade dos serviços e a organização da festividade.
“Esse ano podemos oferecer produtos e um atendimento com maior qualidade, graças à parceria com o Sebrae que está qualificando os nossos empreendedores. Garanto que todos os visitantes que vierem até Cururupu esse ano para participar do festejo de São Benedito não irão se arrepender”, frisou Goulart.
Uma turma formada só por artesãos, que irão comercializar suas peças durante o festejo de São Benedito, também foram capacitados. Os artistas participaram de um capacitação com um design e consultor do Sebrae que irá ensinou técnicas de comercialização e produção, como forma de valorizar ainda mais as ricas peças do artesanato local.
“Nosso objetivo com essas parcerias é fortalecer o turismo na região e a capacitação dos empreendedores que integram a cadeia faz parte do planejamento. O segmento do turismo religioso tem o seu público e acreditamos que a qualidade dos produtos oferecidos e o bom atendimento são fundamentais para que os turistas decidam visitar a região, incluindo-a de vez no roteiro do turismo do Maranhão, não apenas religioso, mas também dos outros segmentos”, afirmou a gerente regional do Sebrae em Pinheiro, Graça Fernandes.

OS NÚMEROS DO TURISMO RELIGIOSO NO BRASIL

Segundo o Ministério do Turismo, no Brasil, cerca de 18 milhões de pessoas viajam motivadas pela fé todo ano e o segmento do turismo religioso movimenta cifras que representam mais de 3% de toda a econômica do turismo nacional, que gira em torno de 492 bilhões de reais por ano, provando assim a importância deste modelo de turismo para a economia do país.
De acordo com levantamento feito pelo Sebrae, o turismo religioso tem impulsionado economias locais e incentivado a criação de pequenos negócios, além de movimentar setores do comércio, serviços e artesanato, o que consequentemente gera emprego e renda no país.

     A arquitetura icônica da igreja de São Benedito em Cururupu chama a atenção como ponto                                                                                  turístico da cidade.

PROGRAMAÇÃO DO FESTEJO DE SÃO BENEDITO EM CURURUPU

Em 2017 o festejo em homenagem a São Benedito acontece entre os dias 29 de setembro e 08 de outubro e tem uma vasta programação religiosa e cultural. Na abertura, hoje, dia 29, os turistas e fiéis poderão participar de uma caminhada que percorrerá diversas ruas da cidade e uma Santa Missa que celebra o início das festividades.
No dia 05 de outubro, dia de São Benedito, uma carreata seguida por uma missa campal marcam a data de celebração ao santo padroeiro dos cozinheiros, das donas de casa e protetor dos negros.
No sábado, dia 07 de outubro, uma belíssima procissão ilumina as ruas e os casarões da cidade histórica de Cururupu.
O domingo dia 08, último dia das festividades, é marcado pela grande carreata com devotos e a tradicional distribuição dos pães de São Benedito. A tarde, uma procissão conduz todos para a missa de encerramento do festejo.

por A Tribuna de Bequimão

Prefeitura de Bequimão lança nesta sexta-feira (29) o Programa ID Jovem no município

A Identidade Jovem, ou simplesmente ID Jovem, é o documento que possibilita acesso aos benefícios de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e também a vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual, conforme disposto no Decreto 8.537/2015. São milhões de brasileiros entre 15 e 29 anos que terão maior acesso aos direitos garantidos pelo Estatuto da Juventude – Lei nº 12.852/2013.

A Secretaria Municipal de Assistência Social será responsável pela organização e logística do programa no município em parceria com a Secretaria de Educação, de Cultura e Igualdade Racial, e Esporte e Lazer. Para o Secretário de Assistência Social Josmael Júnior este programa terá uma grande adesão e irá beneficiar mais de 3 mil jovens entre 15 a 29 anos, que atendem os pré-requisitos de cadastro ao programa, como o Cadastro Único (CadÚnico), renda familiar de até 2 salários mínimos e o Número de Identificação Social (NIS). No entanto, se o jovem bequimãoense, nessa faixa de idade, não for estudante e não possuir o NIS, ainda assim ele pode ter acesso ao programa e usufruir desses benefícios. Basta dirigir-se ao CRAS – Centro de Referência de Assistência Social de Bequimão, localizado próximo ao estádio Vivaldão, comprovar via documento, que sua família tem como renda mensal até 2 salários mínimos, lá será gerado seu NIS, em até 3 dias úteis e, dessa forma o jovem obter acesso ao programa. A partir daí o beneficiário poderá baixar o aplicativo ID JOVEM na internet, informando seu NIS, seu nome, data de nascimento e nome da genitora. E pronto! O jovem já tem sua identidade virtual.

O lançamento do programa ID JOVEM em Bequimão acontecerá no dia 29 de setembro, a partir das 08h, na Escola Domingos Bouéres, no bairro da Estiva, e contará com a presença do Secretário Nacional de Juventude e autoridades locais. O evento contará também com uma vasta programação: projeção de vídeos que apresentarão o funcionamento do programa, pronunciamento das autoridades e outras atrações presentes durante o cerimonial de abertura do evento.