Sebrae lança Prêmio Prefeito Empreendedor e Fórum de Secretários Municipais de Desenvolvimento


As duas ações fazem parte da estratégia para ampliar as políticas públicas voltadas para a criação de um ambiente saudável para as micro e pequenas empresas no Maranhão

 

São Luís – Na última terça-feira, 21 de novembro, o Sebrae no Maranhão lançou o Fórum Estadual de Secretários Municipais de Desenvolvimento e o X Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor ciclo 2018/2019. Os dois eventos aconteceram no Auditório Armando Gaspar, no Sebrae Jaracaty.

Ambos são estratégias que tem por objetivo a implantação de ações dos governos municipais para criação de um ambiente favorável ao desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas (MPE). “Hoje, mais de 95% das empresas maranhenses são MPEs e geram quase metade dos empregos formais do estado. Portanto, faz sentido que os municípios tenham políticas públicas para este tipo de empreendimento e temos trabalhado para apoiar as prefeituras neste sentido”, disse o diretor superintendente do Sebrae, João Martins.

O lançamento do X Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor ciclo 2018/2019 (X PSPE) apresentou as novidades no regulamento da nova edição, como a inclusão de novas categorias. O objetivo do prêmio é reconhecer e valorizar os gestores municipais que colocam o empreendedorismo na pauta de seu programa de governo, como forma de promover o desenvolvimento socioeconômico de seus municípios.

Para o ciclo 2018/2019, o PSPE terá oito categorias, duas delas inseridas nesta edição: Cooperação Intermunicipal para Desenvolvimento Econômico, que premiará os projetos que envolverem a integração e a parceria entre vários municípios, da mesma região ou não, beneficiando os pequenos negócios, e Empreendedorismo na Escola, que premia projetos que promovam a divulgação e implementação da educação empreendedora nas instituições de ensino municipais.

No Maranhão, as inscrições para o X PSPE estão abertas desde 6 de novembro e vão até 20 de maio de 2018. As prefeituras que se inscreverem terão até 13 de julho de 2018 para se habilitar e entre 25 de julho e 24 de agosto de 2018, sairá a primeira pré-seleção.

As visitas técnicas dos julgadores acontecerão entre 27 de agosto e 21 de setembro de 2018 e o julgamento da etapa estadual acontecerá até 19 de outubro, com a premiação marcada para acontecer entre 1 e 30 de novembro de 2018.

FÓRUM

Por definição, o Fórum é um espaço de articulação, capacitação e troca de experiência entre gestores municipais da área de desenvolvimento econômico, cujos propósitos são inserir o desenvolvimento econômico dentre as prioridades da gestão municipal, estabelecer diretrizes para a implantação de uma política pública voltada ao desenvolvimento econômico local e articular os atores locais de desenvolvimento. O Maranhão é um dos 18 estados brasileiros que terá o Fórum em funcionamento.

O Fórum terá como missão principal consolidar uma rede voltada à promoção do desenvolvimento local e subsidiar a gestão municipal na formulação e implantação de políticas públicas em defesa do desenvolvimento econômico local.

Concebido e implementado a partir de 2010 em nível nacional, os Fóruns Estaduais de Secretários Municipais de Desenvolvimento já são uma realidade em 13 estados – onde articulam cerca de 1150 secretários municipais de 1150 municípios brasileiros – e está em articulação em outros cinco estados, entre eles o Maranhão.

No Maranhão, a ideia ganhou força quando da realização do Encontro Estadual de Atores de Desenvolvimento do Maranhão, em agosto, cuja programação contemplava uma oficina específica a secretários e dirigentes, para apresentação do tema e criação de uma agenda.

“Desse primeiro encontro, constatou-se a importância de realizarmos oficinas regionais e preparatórias em municípios polos do estado para aprofundar as discussões e mobilizar grupos de secretários e dirigentes para participação da etapa estadual. Para isso fizemos encontros regionais em Imperatriz, em Pinheiro e em Bacabal. Ao oficializar a criação do Fórum, o Sebrae o promove como instância permanente e estruturada para a disseminação de boas práticas e informação, meio do compartilhamento de experiência, visando à promoção integralizada do desenvolvimento local”, afirmou o João Martins.

MARANHÃO É DESTAQUE NACIONAL EM POLÍTICAS PÚBLICAS PARA MPES

O X Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor ciclo 2018/2019 e o Fórum Estadual de Secretários Municipais de Desenvolvimento são duas ferramentas dentro da estratégia do Sebrae de apoio à implementação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas e políticas públicas paras as MPEs nos municípios maranhenses como uma forma de criar um ambiente favorável ao desenvolvimento de pequenos negócios.

Hoje o Maranhão está em terceiro lugar no ranking nacional entre os estados com mais municípios com políticas de desenvolvimento implantadas, com mais de 10% já nessa situação. Segundo os dados do Sebrae, este número pode aumentar no curto prazo, uma vez que o primeiro passo é a regulamentação da Lei Geral Municipal das Micro e Pequenas Empresas e 155 deles já a regulamentaram e desses, 102 implementaram a lei com o apoio da instituição, até novembro de 2016.

“O Sebrae, como entidade de apoio às MPE, ocupa posição de destaque no apoio ao processo de promoção do desenvolvimento do estado, coordenando e liderando iniciativas que incentivam as pequenas empresas à consolidação e modernização. Esses municípios carecem agora de acompanhamento para ampliar suas políticas públicas de desenvolvimento com foco nos pequenos negócios”, disse João Martins.

AÇÕES

Como parte da estratégia do Sebrae no Maranhão para criar um ambiente propício para ampliar o número de municípios que aprovaram e implementaram a Lei Geral das MPE’s e criaram outras políticas públicas de apoio e fomento às MPEs, a instituição tem organizado uma série de cursos de formação de Agente de Desenvolvimento Básico, Agente de Desenvolvimento Avançado, de Compras Governamentais Comprador e Compras Governamentais Fornecedor.

Nos últimos três anos, foram realizados 46 cursos com a formação de 399 agentes de desenvolvimento e a capacitação de 275 compradores e 227 fornecedores em compras governamentais.

Deste total, 19 cursos foram realizados em 2015, 15 em 2016 e 12 em 2017 e para este ano ainda estão previstos mais sete cursos de compras governamentais comprador, com 140 vagas disponíveis.

Anúncios
por A Tribuna de Bequimão

Sebrae MA organiza caravana de gestores e empresários para VIII Fomenta Nacional

Do Maranhão, participam do evento 36 prefeitos, agentes públicos e empresários de diversas regiões do estado.

O evento acontece em Brasília até esta quarta-feira, 29, com objetivo de compartilhar informações sobre compras públicas governamentais e os benefícios aos pequenos negócios.

 

Uma caravana de 36 gestores e agentes públicos, bem como empresários maranhenses integram a caravana organizada pelo Sebrae estadual para o VIII Fomenta Nacional. O evento, que visa aproximar os pequenos negócios de compradores públicos, acontece hoje (28) e amanhã (29), no Centro Internacional de Convenções do Brasil, na capital federal.

Realizado a cada dois anos, o Fomenta Nacional traz em sua programação uma série de palestras, painéis, oficinas, seminários temáticos e internacionais, apresentações de casos de sucesso, além do encontro de oportunidades realizado entre pequenos negócios fornecedores e gestores públicos.

“O evento é um espaço de disseminação de conhecimento, boas práticas públicas e exposição de cases de sucesso. O principal eixo são as compras governamentais e o quanto podem ser instrumentos indutores do desenvolvimento municipal quando beneficiam os pequenos negócios locais, o que, inclusive, é uma prerrogativa da Lei Geral da Microempresa e Empresa de Pequeno Porte e as legislações complementares”, informa o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, que está em Brasília acompanhando a caravana maranhense, juntamente com o diretor técnico, José Morais.

Em sua oitava edição, o Fomenta Nacional – promovido pelo Sebrae Nacional e parceiros institucionais, conta com a participação de representantes de 18 estados brasileiros por meio das caravanas. A ideia é que os participantes – gestores públicos, lideranças empresariais, donos de pequenos negócios, presidentes de comissões de licitações criem um efeito multiplicador quando retornarem aos seus respectivos municípios.

“Dessa maneira, o Sebrae busca ajudar as micro e pequenas empresas na identificação de novas oportunidades de negócios. Antes da Lei Geral, os pequenos negócios viam esse mercado como território apenas das médias e grandes empresas. Com a vigência da legislação e sua regulamentação nos municípios, os empresários das MPEs, o pequeno produtor rural e os Microempreendedores Individuais (MEIs) se viram incluídos legalmente no processo e passaram a buscar conhecimento e informações sobre licitações no intuito de participar dos editais”, coloca o diretor técnico da instituição no Maranhão, José Morais.

 

Fomenta Nacional

Idealizado em 2008, o evento tem como objetivo aproximar os pequenos negócios de compradores públicos, criando condições para ampliar a participação das MPEs no volume de compras dos Governo Federal, Estadual e Municipal, assim como suas estatais.

“É um evento de grande relevância à medida que também promove a capacitação dos gestores públicos e dos pequenos negócios sobre os instrumentos legais e operacionais que visam a inserção das MPEs no mercado das compras governamentais. Por isso, nós do Sebrae Maranhão fizemos questão de estimular a vinda de prefeitos, Agentes de Desenvolvimento Local (ADLs) e empresários para que eles possam ressoar em seus municípios e regiões as informações e todo o conhecimento que tiveram a oportunidade de absorver desses dois dias de evento. Dessa forma, torna-se mais viável encontrarmos uma ambiência legal propícia nos nossos municípios para a aplicação de políticas públicas que beneficiem os pequenos negócios maranhenses e esses possam favorecer o desenvolvimento local”, defende o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins.

O VIII Fomenta Nacional é uma realização do Sebrae com correalização do Governo de Brasília e Governo Federal, por meio do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, com apoio da UNOPS (Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos), Atricon (Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil), Ministério do Desenvolvimento Social e Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

por A Tribuna de Bequimão

Feira do Empreendedor movimenta R$ 500 mil em Timon

Somente na Rodada de Negócios, a organização contabilizou R$ 400 mil em negociações futuras já sinalizadas.

Os números resultam da soma dos negócios efetivados durante o evento e dos recursos injetados diretamente na economia local.

 

Com vocação para o comércio, a cidade de Timon recebeu de 22 a 25 de novembro, no Centro de Convenções Maranhense, a nona edição da Feira do Empreendedor, com inúmeras oportunidades de negócio e fomento ao empreendedorismo resultou em 1.200 capacitações nas 48 atividades de conhecimento ofertadas. Em consequência do evento, R$ 500 mil foram movimentados no município, sendo mais de R$ 100 mil injetados diretamente na economia local e R$ 400 mil em negociações fechadas na Rodada de Negócios.

Com participação de cinco empresas âncoras e 18 ofertantes do segmento de alimentos e bebidas – integrantes do Programa Comércio Brasil, executado no estado pelo Sebrae, a Rodada de Negócios foi uma das atividades ofertadas na Feira do Empreendedor em Timon. “As empresas participantes foram de médio e grande porte com atuação local, regional e nacional que já atendem fornecedores e clientes do Maranhão, o que ajudou a potencializar o volume de negócios e a abertura de novos mercados, mostrando o potencial da região e identificando oportunidades que incrementam a economia regional”, destacou o coordenador de Soluções Empresariais do Sebrae e coordenador da nona edição da Feira do Empreendedor, Mauro Borralho.

Jorge Fortes, proprietário da cachaça Capotira, participou da Rodada de Negócios e destacou que a estratégia favorece quem deseja ampliar a sua participação no mercado. “A ação aproximou os fornecedores, fabricantes e distribuidores de uma forma mais institucionalizada e isso foi bastante positivo para que mais portas se abrissem e pudéssemos realizar mais negócios”, reforçou o empresário.

No espaço de expositores, os negócios também foram favoráveis. A empresária de Caxias, Clênia Amâncio, distribuidora de joias e semijoias pelo Grupo Narcle, fez o pré-lançamento de uma marca no segmento de beleza, NNova Cosméticos. “Para mim, a Feira foi um sucesso, porque fechei vários negócios, inclusive com empresas da capital São Luís e realizei cadastro de revendedores de vários municípios do Maranhão, tanto para a minha empresa de joias e semijoias quanto para a de cosméticos”, revelou a empreendedora que atua nos mercados do Maranhão, Piauí, Tocantins e Ceará.

Economia local

Além dos ganhos com contratação de mão de obra local, de maneira temporária nas fases de montagem e desmontagem da estrutura, a Feira contabilizou contratações de equipes de limpeza, segurança, fornecimento de lanches e outros serviços especializados na área de Comunicação. O evento contribuiu, ainda, com o aquecimento do turismo de negócios no município de Timon, com a participação de caravanas de empreendedores de outras cidades e da própria Região dos Cocais.

Do município de Presidente Dutra, por exemplo, foram para o evento 11 empresários determinados a realizar negócios e participar das capacitações ofertadas. “Os empresários aproveitam a estadia para fazerem pesquisas de preço com o propósito de abastecer seus empreendimentos com compras do comércio local”, indicou o gerente regional do Sebrae em Presidente Dutra, José Noleto Oliveira.

“Somente na rede hoteleira foram R$ 67.200 em diárias nos três principais hotéis de Timon, que concentram 120 leitos e uma média de R$ 70,00 a diária.  Somam-se a essa conta, também, o que foi movimentado no segmento de alimentação, transporte e postos de combustíveis, resultando em mais de R$ 100 mil, dinheiro que foi injetado diretamente na economia de Timon, marcando novamente outra característica das nossas Feiras do Empreendedor: a de favorecer a economia das localidades que sediam o evento”, explanou o diretor superintendente do Sebrae estadual, João Martins.

A empresária Clênia Amâncio (Grupo Narcle e NNova Cosméticos) destaca que o evento foi bastante positivo, resultando em muitos negócios com empresas de diferentes localidades do estado.

Atendimento e conhecimento

Durante a Feira do Empreendedor, o Sebrae ofereceu serviços de orientação empresarial para a obtenção de crédito e microcrédito e 48 atividades de conhecimento que resultaram em mais de 1.200 atendimentos e capacitações.

“Estivemos em Timon com o nosso corpo técnico e de consultores à disposição do público interessado em informação, conhecimento e ideias de negócios para serem colocadas em prática. Destaco que o Sebrae vem cumprido a sua missão de apoiar os pequenos negócios maranhenses, oferecendo orientação e todo o seu portfólio de soluções empresariais, projetos e programas que irão conduzir ao sucesso quem deseja empreender ou quem já é empresário”, apontou o diretor técnico da instituição, José Morais.

Na Trilha de Atendimento Especializado, os visitantes tiraram dúvidas e encontraram soluções para abertura, crescimento e fortalecimento de seus negócios, com orientações sobre Administração, Finanças, Setor Jurídico, Gestão de Negócios e Marketing. O Acesso a Serviços Financeiros também foi tratado nos guichês de atendimento da Feira – tema para o qual o Sebrae reuniu várias instituições financeiras que trabalham com crédito e microcrédito voltado aos pequenos negócios e de quem os interessados puderam obter informações e dicas para uma educação financeira mais enxuta e saudável para a sua empresa.

A Feira do Empreendedor em Timon foi promovida pelo Sebrae, por meio de sua Unidade Regional em Caxias e Núcleo de Atendimento Empresarial no município, com correalização da Prefeitura Municipal e do Grupo Franly; patrocínio de Águas de Timon, Senac, Banco do Brasil e Sicoob e apoio da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), Sistema Faema/Senar e Governo do Estado, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação.

por A Tribuna de Bequimão

Prefeitura de Bequimão realiza a 5ª Semana do Bebê Quilombola

Até a próxima quinta-feira, dia 30, o município de Bequimão realiza a 5ª Semana do Bebê Quilombola. A abertura do evento aconteceu no sábado (25), reunindo as 11 comunidades remanescentes de quilombolas e autoridades locais e estaduais. Criada por lei municipal de autoria do prefeito Zé Martins, o projeto tem como estratégia a mobilização social com vistas a contribuir com a proteção, cuidado e desenvolvimento de crianças de 0 a 6 anos.Na abertura, que aconteceu na Escola Municipal Domingos Bouéres, no bairro Estiva, foi destacado o tema “O direito, a sobrevivência e o desenvolvimento das crianças quilombolas”.

O evento é organizado pela Secretaria Municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, com apoio da Fundação Josué Montello, Governo do Estado (Secretaria de Estado da Igualdade Racial – SEIR) e Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA).

Para o prefeito Zé Martins, o município de Bequimão mostra que a valorização das comunidades quilombolas é importante não só para o estado, mas principalmente para o Brasil. “O que nos motiva a realizar esta quinta semana do bebê quilombola é que temos avanços significativos quanto à educação e saúde, o que nos coloca bem nos 13 indicadores que estão sendo acompanhados”, destacou o prefeito.

Participaram também o vice-prefeito Sidney Nogueira (Magal); o superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins; representantes da Fundação Josué Montello, Gisele Padilha, e Governo do Estado, Iracema de Jesus (SEIR); os secretários municipais Kell Pereira (Esporte e Juventude), Josmael Castro (Assistência Social), Dinha Pinheiro (Igualdade Racial), Aristides França (Educação), vereadores, lideranças quilombolas, estudantes da rede municipal e professores da UFMA de Pinheiro.

Fotos: Rodrigo Martins

Sebrea realiza curso de Culinária Regional na cidade Bequimão

Foi encerrado na última sexta-feira (24), o curso de Gastronomia “Culinária Regional”, promovido pelo Sebrae/Ma, através da Unidade Regional de Pinheiro, em parceria com a Prefeitura Municipal de Bequimão, por meio da Sala do Empreendedor e com apoio da Secretaria de Agricultura e do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Bequimão (STTR). Foram 4 dias de curso e muito aprendizado sobre culinária, mercado e empreendedorismo.

Foram capacitados 26 empreendedores e potenciais empreendedores do setor de alimentos da cidade de Bequimão. O curso abordou uma gama diversificada de possibilidades para o preparo de pratos típicos, doces, bolos, tortas e salgados, além de temas voltados à orientação alimentar e ensinamentos que visam garantir aos participantes novas habilidades no ramo da alimentação, para que consigam auferir um ganho extra para complementar a renda de suas famílias.

Ao final do curso, foi realizada a entrega dos certificados e seguida a degustação dos produtos elaborados pelos alunos. Esse curso mostra a parceria bem sucedida entre a Prefeitura de Bequimão e o Sebrae Maranhão.

 

Fotos: Rodrigo Martins

 

por A Tribuna de Bequimão

1ª Marcha das Comunidades Quilombolas supera expectativas dos organizadores em Bequimão

A 1ª Marcha das Comunidades Quilombolas, realizada nesta segunda-feira (20), dia da Consciência Negra, na cidade de Bequimão, reuniu centenas de pessoas e superou as expectativas dos organizadores. A concentração aconteceu em frente à Rodoviária Municipal e percorreu as principais ruas da cidade até chegar à Praça da Matriz.

A coordenação do Movimento Quilombola de Bequimão (Moqbeq) com o apoio do Moquibom e de lideranças das comunidades quilombolas, se dedicaram durante todo o processo de preparação para o evento fosse marcado pelo sucesso de público. A Praça da Matriz recebeu manifestações culturais que representaram suas comunidades e fizeram a alegria do público presente.

Com o apoio da Prefeitura de Bequimão, a 1ª Marcha teve a colaboração e parceria dos empresários locais, vereadores, Colônia de Pescadores Z38, Sindicato dos Servidores Municipais de Bequimão (SISMUNBEQ), Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STTR) e Sebrae-MA, além da participação do MST, representado por Reinaldo do setor de comunicação da entidade; do grupo de estudos LIDA/UEMA; do Dr. Márcio Rabelo, e dos coordenadores do MOQUIBOM, Naildo e João da Cruz.

PRIMEIRA MARCHA DOS QUILOMBOLAS

O objetivo da 1ª Marcha é ajudar na reflexão sobre as injustiças e promover a luta pela igualdade de direitos. Todo o percurso foi marcado por paradas com falas e denúncias sobre a realidade das comunidades quilombolas no Maranhão. No início da marcha foi feita uma mística de abertura que falava sobre as lutas do povo negro, em seguida, Fábio fez memória da história MOQUIBOM.

CAMINHADA PELAS RUAS

A segunda parada aconteceu na sede do MOQBEQ, local onde o tema discutido foi sobre a caminhada do movimento em Bequimão. A terceira parada foi realizada próximo ao Fórum, e foram expostas várias ameaças de invasão de território quilombolas. A quarta parada aconteceu na Praça do Cemitério, onde foram colocadas cruzes para representar os mártires da caminhada. Esse momento foi bastante emocionante, em que todos deram as mãos e entoaram o pai nosso dos mártires. A quinta parada aconteceu exatamente no STTR para falar sobre a luta em defesa do território quilombola. A sexta parada foi em frente a Prefeitura, onde aconteceu o discurso do Vereador Vadico do Areal, autor do projeto de Lei, homologado pelo prefeito Zé Martins (PMDB), que tornou o dia 20 de novembro, feriado municipal em Bequimão.

ENCERRAMENTO DA MARCHA

O encerramento da 1ª Marcha dos Quilombolas aconteceu na Praça da Matriz, e contou com o desfile da beleza negra, da escola Manuel Beckman e a peça Navio Negreiro da comunidade quilombola Ramal do Quindiua. Após as apresentações, o público presente fez a festa ao som do tambor de crioula e forró de caixa, que celebrou não só o passado, mas também o presente das comunidades, com suas dores e angústias, alegrias e esperanças, ao som dos tambores e do toque das caixas do Divino Espírito Santo.

Estiveram presentes no evento o prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), o Superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, Secretários Municipais, Vereadores, lideranças comunitárias, sindicais e quilombolas, estudantes, professores e comunidade em geral.

por A Tribuna de Bequimão

CÂMARA MUNICIPAL RECEBE JUÍZA DE DIREITO DA COMARCA DE BEQUIMÃO, NESTA SEXTA (24).

Nesta sexta-feira, dia 24 de novembro, os parlamentares que compõem a Câmara de Vereadores receberão a visita da Juíza da Comarca de Bequimão, Michelle Amorim Sancho Souza. A magistrada colocou-se à disposição para fazer um colocou à disposição para fazer um balanço de sua gestão à frente da Comarca.

O presidente da Câmara, vereador Amarildo Paixão, parabenizou a iniciativa e aproveitou para convidar a população, diretores de escolas, autoridades, sindicatos e associações, para conhecer melhor o trabalho do judiciário em Bequimão. “Parabenizo a Dra. Michele por tamanha grandeza em apresentar aos representantes do povo, os vereadores, à sociedade civil, autoridades e associações seu desempenho à frente do Poder Judiciário deste municipio”, destacou.

Prefeitura de Bequimão realiza 5ª Semana do Bebê Quilombola

A 5ª Semana do bebê Quilombola será aberta neste sábado, dia 25, e encerrará no dia 30 de novembro, no municipio de Bequimão, localizado na Baixada Ocidental Maranhense. O evento contará com uma programação bastante diversificada, envolvendo as 11 comunidades quilombolas bequimãoenses.

A abertura acontecerá na Escola Municipal Domingos Bouéres, no bairro Estiva, a partir das 8, com o tema “O direito, a sobrevivência e o desenvolvimento das crianças quilombolas”. Depois, a programação se estenderá para as comunidades já certificadas pela Fundação Palmares: Jurairaitá, Mafra, Ramal de Quindiua, Sassuí, Santa Rita, Ariquipá, Rio Grande, Sibéria, Pericumã, Conceição e Marajá.

Criada por lei municipal, a Semana do Bebê Quilombola foi motivada pelo Projeto de Lei nº 09/2013, de autoria do prefeito Zé Martins (PMDB), que tem como estratégia a mobilização social com vistas a contribuir com a proteção, cuidado e desenvolvimento de crianças de 0 a 6 anos. O enfoque é, então, voltado à chamada primeira infância das crianças que vivem nas comunidades remanescentes de quilombo do município.

O evento é organizado pela Secretaria Municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, com apoio da Fundação Josué Montello, Governo do Estado (Secretaria de Estado da Igualdade Racial – SEIR), Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA), Rádio Bequimão FM 106,3 MHZ e Unicef.

ABERTURA OFICIAL (25/11 – Sábado)
8h – Cerimônia de abertura (execução dos hinos nacional, municipal e a canção NINAR)
8h30 – Apresentação do vídeo: Desenvolvimento do bebê
9h30 – pronunciamento das autoridades
10h – Diálogo com a temática: gravidez na adolescência, importância do pré-natal, as fases do bebê, os cuidados com a higiene do bebê
PALESTRANTES:
• Professor Dr. Bruno Luciano Carneiro Alves de Oliveira (UFMA – Pinheiro)
• Yasmim Priscila Portes Meira (acadêmica de medicina da UFMA – Pinheiro)
10h30 – Coffee Break
DOMINGO (26/11/2017)
CULTURA E PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL, EDUCAÇÃO E SEIR
• ATIVIDADES SOBRE AS TEMÁTICAS – Criança que veio da África, Identidade das crianças quilombolas, remédio caseiro e suas religiosidades
• PÚBLICO ALVO – Comunidade em geral
• CASA ABERTA – A convivência traz alegria, roda de conversa com educadores e famílias com contação de história
• PÚBLICO ALVO – Comunidade em geral
• FESTIVAL DE CAPOEIRA – Crianças, adolescentes e jovens;
• CURSO DE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
• PÚBLICO ALVO – Comunidade em geral
ESPORTE E FUNDAÇÃO JOSUÉ MONTELLO – Temática
• Competições de Damas e desenvolvimento lógico das crianças
• PÚBLICO ALVO – Crianças e adolescentes
• Histórias contadas pelos pais e brincadeiras de suas infâncias
• PÚBLICO ALVO – Comunidade em geral
SEGUNDA-FEIRA (27/11/2017)
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO – Temática
• Escola em movimento, oficina de pequenos leitores, público nas escolas e oficina de brinquedos;
• PÚBLICO ALVO – Estudantes
ASSITÊNCIA SOCIAL E CRAS – Temática (CADÚNICO)
• Programa criança feliz e busca ativa
• PÚBLICO ALVO – Comunidade em geral
• Segurança alimentar (alimentação saudável, aprimoramento de novos sabores e reaproveitamento de alimentos)
• PÚBLICO ALVO – Pais
ESPORTE E JUVENTUDE – Temática
• Competições de Damas e desenvolvimento lógico das crianças
• PÚBLICO ALVO – Crianças e adolescentes
SECRETARIA DE SAÚDE/PSF e EDUCAÇÃO – Temática
• Gravidez na adolescência e doenças sexualmente transmissíveis
• PÚBLICO ALVO – Adolescentes e jovens (12 a 18 anos);
• Importância da amamentação com transição do leite materno para o alimento pastoso
• PÚBLICO ALVO – Mães
CREAS, EDUCAÇÃO E FUNDAÇÃO JOSUÉ MONTELLO – Temática
• Cineminha
• PÚBLICO ALVO – Comunidade em geral
• Brincando de aprender a amar (cantinho do bebê)
• PÚBLICO ALVO – Mães, pais e avós
TERÇA-FEIRA (28/11/2017)
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO – Temática
• Oficinas com construção de fantoche sobre o tema família
• PÚBLICO ALVO – Crianças, pais e professores;
ASSISTÊNCIA SOCIAL, CREAS E SEGURANÇA ALIMENTAR – Temática
• Nascer com amor e o fortalecimento dos vínculos familiares
• PÚBLICO ALVO – Comunidade em geral
• Limites na primeira infância
• PÚBLICO ALVO – Pais, mães e avós;
• Oficina de Alimentação e Nutrição Infantil
• PÚBLICO ALVO – Grávidas, mães e pais
ESPORTE E LAZER – Temática
• Competição de Dama e desenvolvimento das crianças;
• Recreação e brincadeiras de crianças
• PÚBLICO ALVO – Crianças e Adolescentes
SECRETARIA DE SAÚDE/PSF – Temática
• Campanha de vacinação, roda de conversas sobre aleitamento materno e sua importância;
• PÚBLICO ALVO – Mães e comunidade em geral
• Higiene bucal e aplicação de flúor
• PÚBLICO ALVO – Crianças e adolescentes
• Palestra sobre a importância do pré-natal
• PÚBLICO ALVO – Mães e pais
QUARTA-FEIRA (29/11/2017)
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO – Temática
• Oficina de teatro com a identificação de nossos artistas e apresentação
• PÚBLICO ALVO – Estudantes
ASSISTÊNCIA SOCIAL, CREAS, CRAS E CULTURA – Temática
• Drogas, alcoolismo e violência na família;
• PÚBLICO ALVO – Comunidade em geral
• Manifestações culturais
• PÚBLICO ALVO – Comunidade em geral
SECRETARIA DE ESPORTE E LAZER – Temática
• Competições de Damas, Recreação e desenvolvimento lágico
• Recreação com brincadeiras (corrida de saco e pega-pega)
• PÚBLICO ALVO – Crianças e adolescentes
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE – Temáticas
• Desnutrição na primeira infância e causas
• Saúde mental da mãe e gestação pós-parto
• Desenvolvimento psicológico na primeira infância
• PÚBLICO ALVO – Pais e Mães
• Saúde bucal do bebê e os cuidados com a dentição na primeira infância;
• PÚBLICO ALVO – Mães, pais e crianças;
• Saúde da população negra
• PÚBLICO ALVO – Comunidade em geral
QUINTA-FEIRA (30/11/2017)
ENCERRAMENTO NA PRAÇA DO CEMITÉRIO
16H – Caminhada de apoio à mãe
• Exercícios (como manter a autoestima)
• Passeio (caminhada com a banda de música)
• Exposição (produções das crianças)
• Encerramento da competição de dama
• Manifestações culturais

Expocapril movimenta economia de Bequimão e promove incentivos aos criadores locais

A décima edição da Expocapril em Bequimão reuniu criadores locais, regionais e de outros estados colocando em exposição aproximadamente 500 animais de raças variadas, que fizeram um verdadeiro sucesso. Mais de 3 mil pessoas, de diversos lugares do Maranhão, visitaram o Parque de Exposições de Ovinos e Caprinos nos cinco dias de feira.

Na programação, além de exposições de animais e atrações culturais, a Expocapril contou com seis palestras aos empreendedores do campo, dois cursos e dezenas de consultorias especializadas nas áreas de manejo, sanidade, nutrição animal, gestão e mercado. Os criadores também tiveram acesso a exames, laudos técnicos e veterinários emitidos por uma equipe de consultores.

A exposição recebeu visita de estudantes das Escolas Sonho de Criança e Batutinhas, que passearam pelo parque acompanhados dos pais e professores. No domingo, último dia da Expocapril, integrantes do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense e alunos dos cursos de Ciências Agrárias e Zootecnia, do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), passaram pelo parque de exposições.

O Superintendente do Sebrae-MA, João Martins, fez questão de recepcionar o grupo, fazendo um resgate histórico das outras edições da Expocapril, ao lado da gerente regional do Sebrae em Pinheiro, Graça Fernandes.

O prefeito de Bequimão, Zé Martins, destacou que a Expocapril completa um conjunto de ações focadas no aporte a agricultores e criadores do município. “Temos ajudado na realização da Expocapril há cinco anos, porque acreditamos no projeto e temos dado nossa contribuição. Apesar das dificuldades, temos trabalhado para ajudar os criadores de ovinos e caprinos em Bequimão, além dos agricultores e piscicultores que têm movimentado a nossa economia. Além de ser uma feira que gera renda, também serve como lazer e traz conhecimento para quem é ou pensa em se tornar empreendedor”, disse.

A 10ª Expocapril em Bequimão foi resultado da parceria entre a Associação dos Criadores e Criadoras de Ovinos e Caprinos de Bequimão (ACCOCBEQ), Sebrae/MA e a Prefeitura de Bequimão, com o apoio do Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar, AGED, SENAR e empresas parceiras locais. Segundo os organizadores, a feira movimentou mais de R$ 150 mil entre negociações de animais e comercialização de produtos.

Fotos: Rodrigo Martins

Bequimãoenses iniciam curso de Culinária Regional realizado pelo Sebrae-MA

Foi iniciado nesta terça-feira (21), o curso de “Culinária Regional”, promovido pelo Sebrae-Ma, através da Unidade Regional de Pinheiro em parceria com a Prefeitura Municipal de Bequimão, por meio da Sala do Empreendedor com apoio da Secretaria de Agricultura e do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Bequimão (STTR).

O curso tem por objetivo desenvolver as habilidades necessárias para o conhecimento e elaboração dos principais pratos típicos da culinária maranhense, e se estenderá até a próxima sexta-feira (24). A capacitação está sendo ministrada pela culinarista, chefe de cozinha e consultora do Sebrae, Raimunda Nonata, conhecida por “Tia Noca”.

O curso é uma oportunidade de qualificação profissional que abre caminhos para o mercado de trabalho local e regional, além de ser uma grande chance para se tornar empreendedor do ramo. A parceria entre Sebrae e Prefeitura de Bequimão tem dado bons resultados e acrescentado conhecimento aos empresários e colaboradores locais.

Texto & Fotos: Rodrigo Martins