Prefeitura de Bequimão realiza mais um mutirão do Glaucoma

glaucomaA Prefeitura Municipal de Bequimão, em parceria com o Governo do Estado, realizou neste domingo (15) mais um mutirão do Glaucoma. Desde o início da gestão do prefeito Zé Martins, a Secretaria Municipal de Saúde intensificou ações de cuidado com os olhos. Centenas de bequimãoenses já foram beneficiados com consultas, exames, colírios e cirurgias oftalmológicas.

Desta vez, 115 pessoas foram beneficiadas com consultas para diagnóstico e tratamento do glaucoma, uma doença perigosa, porque pode provocar a cegueira. No Brasil, são detectados mais de 150 mil casos todos os anos. O glaucoma não tem cura, mas o tratamento pode ajudar muito. Em todos os tipos de glaucoma, o nervo que liga o olho ao cérebro é danificado, geralmente devido à alta pressão do olho.

O tipo mais comum de glaucoma (glaucoma de ângulo aberto), normalmente, não apresenta sintomas além da lenta perda de visão. O glaucoma de ângulo fechado, apesar de raro, é uma emergência médica e seus sintomas incluem dores nos olhos, com náusea e distúrbios visuais repentinos. O tratamento inclui colírios, medicamentos e cirurgia.

Mutirão da Catarata

Nesta terça feira (17), a Prefeitura de Bequimão dará início a mais um mutirão de Catarata e Pterígio. O objetivo da Secretaria de Saúde do município é levar o mutirão para as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) de Quindíua, Paricatíua, Areal, Mojó, Jacioca, Pontal e Santana.

O empresário Vicenilson França foi um dos pacientes beneficiados com o mutirão do glaucoma e achou a iniciativa muito importante. “Trabalho o dia inteiro e à noite ainda vou estudar na UFMA de Pinheiro. Por isso, não tenho tempo para fazer uma consulta dessa natureza. Mas, com um mutirão deste aos domingos, qualquer pessoa pode aproveitar a oportunidade. Muito boa à iniciativa da prefeitura”, destacou o empresário.

No planejamento do secretário Bastico Moraes, o médico oftalmológico irá até as comunidades, para facilitar a locomoção dos moradores. “Vamos trabalhar para facilitar a vida desse povo, que muita das vezes tem dificuldades para se deslocar até a sede do município. Nossa meta é atender aproximadamente 50 pacientes em cada UBS”, afirmou o secretário.

 

Anúncios

Gestantes recebem orientações e cuidados da equipe de saúde da Prefeitura de Bequimão

_DSC5287A manhã da quarta-feira, dia 13 de abril, foi de cuidados com as futuras mamães bequimãoenses. A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu o II Encontro das Gestantes de Bequimão, reunindo mulheres vindas de diversas partes do município. O evento foi realizado na sede do Sindicato das Trabalhadoras e Trabalhadores Rurais (STTR), no Centro.

Em palestras e vídeos, gestantes receberam orientações sobre o pré-natal, com atenção especial à prevenção do zyka vírus, que está relacionado a casos de microcefalia no Brasil. As equipes de saúde do município também apresentaram recomendações para a higiene do recém-nascido, aleitamento materno e vacinação.

Às gestantes foi distribuído um kit maternidade. Na sacola, havia fraudas, sabonetes, absorventes pós-parto e repelente contra o aedes aegypti. “Até pouco tempo atrás, a população de Bequimão tinha medo de adoecer e de não ter um lugar para ser cuidado. As mulheres tinham medo de engravidar e ficar sem um hospital para ter o bebê. Essa realidade mudou. O prefeito Zé Martins está cumprindo o compromisso feito em praça pública de que daria toda atenção à saúde”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Bastico Moraes.

IMG-20160413-WA0031Na segunda edição do Encontro das Gestantes de Bequimão, participaram 128 mulheres grávidas. “Estou muito satisfeito, porque as gestantes de Bequimão atenderam ao nosso chamado para este evento. Isso significa que elas dão atenção ao pré-natal e estão em busca de mais cuidados e informações. Nós estamos a disposição para prestar essa assistência e com qualidade”, garantiu o prefeito Zé Martins.

Prevenção da microcefalia

Ainda não foi registrado caso de microcefalia em bebê nascido em Bequimão, mas, por causa do surto da doença em todo o país, foram adotadas algumas medidas de prevenção. Estão sendo feitas quatro ultrassonografias obstétricas a gestação, com o intuito de identificar fatores de risco no pré-natal. Esse acompanhamento de rotina acontece em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, no Hospital Lídia Martins e no Centro de Saúde.

IMG-20160413-WA0029“O cuidado com as gestantes é mais uma de nossas preocupações diárias de cuidar da nossa gente. O prefeito nos orienta no sentido de assistir bem ao nosso povo. Mais ainda preocupado com a dengue, zyka, chikungunya, para que a gente não venha a ter nenhum problema de microcefalia em Bequimão”, destacou o secretário municipal de Saúde, Bastico Moraes.

Também como forma de combate ao mosquito aedes aegypti, causador dessas doenças, foi feita a pulverização de toda a sede de Bequimão com um carro fumacê. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, foram solicitados mais dois carros, desta vez para pulverização da zona rural do município.

Colaboraram no II Encontro das Gestantes as equipes da Estratégia Saúde da Família, do Hospital Lídia Martins, do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e agentes comunitários de saúde.

Bequimão recebe Prêmio como um dos cinco melhores municípios do Maranhão em gestão de Saúde

Prefeito

Zé Martins ao lado do secretário Bastico Moraes momentos antes da premiação do COSEMS-MA

O município de Bequimão, na baixada ocidental maranhense, recebeu no último sábado (28), do COSEMS-MA, o Prêmio Maranhão Saúde, como um dos melhores municípios do Estado em gestão de saúde. Dentre os 217 municípios do Maranhão, Bequimão está entre os cinco melhores no aspecto saúde, baseado nos indicadores através do relatório do SUS (Sistema Único de Saúde). O COSEMS-MA (Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Maranhão) responsável pela premiação, escolhe os melhores municípios em saúde pública, baseado nos melhores indicadores durante os últimos 12 meses.

Durante o evento, realizado no Hotel Luzeiro, em São Luís, o município de Bequimão esteve representado pelo prefeito Zé Martins (PMDB) e pelo Secretário Municipal de Saúde, Bastico Moraes, homenageado da noite, já que sua pasta foi quem recebeu a premiação. Vale ressaltar, que o município de Bequimão é referência em saúde pública, não só na baixada, mas em todo estado, haja vista o reconhecimento e a premiação pelo Conselho.

BEQ1

Para o prefeito Zé Martins, a premiação é fruto de um grande trabalho voltado para o bem estar de uma população que sofria sem médico e medicamentos no hospital. “Graças a Deus hoje temos um hospital de 20 leitos equipado funcionando plenamente com médico 24h e um atendimento humanizado. É prioridade em nossa gestão dar qualidade de vida ao nosso povo. Mesmo com muita dificuldade, estamos mantendo um atendimento de qualidade e isso reflete bem para todos. Tai a resposta, o município sendo reconhecido e premiado como um dos cinco melhores em saúde do Maranhão” – destacou.

Já o secretário Bastico Moraes, foi categórico em mostrar sua felicidade pelo reconhecimento do prêmio, mas frisou que os méritos são de toda equipe que faz a saúde do município de Bequimão.

“Primeiro quero agradecer a Deus pela oportunidade, e não posso deixar de agradecer o prefeito Zé Martins pela confiança depositada em mim, e a toda equipe que vem desenvolvendo um trabalho com seriedade, compromisso e determinação. É com satisfação que recebo o prêmio, mas entrego a toda população de Bequimão. Nossa gestão a frente da secretaria, sempre foi pautada pelos princípios da universalidade, acessibilidade, humanização, equidade, integralidade e participação social como preconiza o SUS. O grande esforço do prefeito Zé Martins, faz com que a gente realize um grande trabalho à frente da pasta” – pontuou.

CONHEÇA O COSEMS-MA

Unidade Básica de Saúde do Quindíua é inaugurada no mês de aniversário de Bequimão

DSC_8050No mês do aniversário de Bequimão, outro presente entregue à população foi a Unidade Básica (UBS) do Quindíua, inaugurada pelo prefeito Zé Martins, no dia 15 de junho. Os moradores do maior povoado do município e das comunidades vizinhas têm, agora, assistência à saúde em um ambiente mais adequado.

Na UBS do Quindíua, há salas de curativo, vacina, consultório médico, consultório de enfermagem e preventivo, consultório de saúde bucal e farmácia. Quem se consultar já poderá sair com os remédios da atenção básica. Uma equipe da Estratégia Saúde da Família (ESF), o antigo PSF, com um médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e mais os agentes de saúde, atenderá durante três dias da semana. Mas o atendimento por um técnico em enfermagem será feito de segunda a sexta.

O prefeito Zé Martins e o secretário municipal de Saúde, Bastico Moraes, descerraram a fita de inauguração e convidaram as autoridades e a população de Bequimão para conhecer a estrutura, que impressiona pela qualidade da obra. “Nossa comunidade está de parabéns, porque estamos recebendo uma coisa que em muitos governos não teve e ele [Zé Martins] já fez. Para o povo, é uma resposta que o prefeito está dando e tá todo mundo satisfeito”, afirmou o morador do Quindíua, José Ribamar Gusmão.

Ao entregar a terceira Unidade Básica de Saúde em apenas um mês, o prefeito Zé Martins anunciou os novos benefícios previstos para a população bequimãoense. Mais cinco UBS’s já estão licitadas, para serem construídas nos povoados Mojó, Macajubal, Deserto, Bebedouro e Santana. O hospital de 20 leitos construído pelo Governo do Maranhão está pronto e com os equipamentos instalados. Nas próximas semanas, a governadora Roseana Sarney deve ir a Bequimão para inaugurá-lo.

Zé Martins destacou, também, a aquisição de uma ambulância; a ampliação da equipe médica, que hoje conta com 14 profissionais; e a conquista de mais seis equipes de saúde bucal. Nos postos de saúde, serão implantados telefones rurais, facilitando o contato quando for necessário acionar a ambulância.

Bicicletas

Na ida ao Quindíua, o prefeito Zé Martins aproveitou para entregar sete bicicletas a estudantes da rede municipal, que foram selecionados porque suas casas ficam em regiões onde o transporte escolar tem dificuldades para chegar. Agora, as crianças terão mais mobilidade parar ir à escola e estudar. A doação das bicicletas ocorreu por meio da Secretaria Municipal de Educação.

Prefeito Zé Martins reinaugura Unidade Básica de Saúde do Jacioca

DSC_0210Neste domingo (08), o prefeito de Bequimão, Zé Martins, deu início às comemorações do aniversário do município, com a conclusão e reinauguração da Unidade de Saúde Básica (UBS) do povoado Jacioca. No espaço amplo e mais confortável, os usuários terão acesso a consultas médicas, consultas de enfermagem, triagem, vacinas de rotinas, curativos e a medicamentos da Farmácia Básica. Os atendimentos serão feitos de segunda a sexta, das 7h30 às 17h30.

A UBS do Jacioca, entregue às pressas pelo então prefeito Antonio Diniz, no final do mandato, em 2012, não entrou logo em funcionamento pelos diversos problemas apresentados em sua estrutura, meses depois de a obra ter sido entregue. “Não éramos irresponsáveis de colocar esta unidade de saúde para funcionar nas condições que encontramos. Em maio do ano passado, muitos foram os que viram como estava esta obra, depredada, abandonada e vocês estão vendo a beleza que está hoje”, frisou o secretário municipal de Saúde, Bastico Moraes. (Veja como estava a UBS)

De acordo com o secretário, foram muitas as dificuldade para finalizar a obra da UBS, quem nem ao menos estava registrada junto ao Ministério da Saúde. “Tivemos que reformar a parte interna toda. O forro dessa parte da recepção caiu e tivemos que fazer tudo novo. Foram feitos quatro banheiros novos, porque encontramos só o buraco. Pior ainda foi que cortaram a água que vinha de uma associação aqui ao lado e eles não deixaram a água que já estava instalada. Mas, por determinação do prefeito Zé Martins, cavamos um poço de 42 metros de profundidade para suprir essa unidade. Essas dificuldades a comunidade não sabe e agora vai ficar sabendo”, desabafou Bastico Moraes.

Com o folheto de campanha em mãos, distribuído quando concorreu pela primeira vez a prefeito de Bequimão, em 2008, Zé Martins demonstrou que a UBS do Jacioca foi um projeto deixado na administração do então prefeito Juca Martins. “Não concluíram tal como eu conclui aqui. Outro posto de saúde, à época em 2008, íamos fazer na Cidade Nova, mas esse foi pior. Lá levaram o dinheiro todo. E eu estou buscando via judicial para que a gente conclua a Unidade Básica da Cidade Nova”, garantiu o prefeito, que nesta semana inaugura mais duas unidades básicas de saúde, em Areal e no Quindíua.

Zé Martins demonstrou sua felicidade ao entregar mais uma obra e aproveitou para anunciar mais cinco UBS’s que já estão licitadas. Elas serão construídas nos povoados Mojó, Macajubal, Deserto, Bebedouro e Santana. “Bequimão já avançou bastante. Vamos avançar muito mais. Estamos trabalhando com a governadora para escolher a data em que vamos inaugurar um grande hospital para toda a comunidade de Bequimão”, afirmou o prefeito, referindo-se ao hospital que está sendo construído pelo Governo do Maranhão. O prédio está pronto e os equipamentos já estão sendo entregues.

Ainda como avanços no sistema de Saúde, Zé Martins elencou a aquisição de uma ambulância; a ampliação da equipe, que hoje conta com 14 médicos; e a conquista de mais seis equipes de saúde bucal. “Estamos mudando a saúde que encontramos lá em baixo, as comunidades reclamando, não tinha remédio no hospital. Então, estamos cumprindo as promessas de quando fomos na casa de vocês e falei que Bequimão mudaria com a nossa administração”, enfatizou Zé Martins.

O prefeito comprometeu-se, também, a implantar telefones rurais nos postos de todo o município, facilitando o contato quando for necessário acionar a ambulância, por exemplo. Segundo o prefeito, a aquisição de outra ambulância está em fase adiantada e ele está negociando para levar uma unidade descentralizada da Samu.


Atendimento perto de casa

A equipe da UBS do Jacioca é formada por uma médica, enfermeira, técnica, recepcionista e agentes comunitários de saúde. A médica Odalis de Cardena Mejias atenderá de segunda a quinta-feira, pela manhã e tarde. Na sexta-feira, os demais profissionais ficarão à disposição da comunidade. É por isso que Emiliana Maria Rodrigues, 70 anos, disse estar muito feliz. “A felicidade é demais, porque está perto da gente”.

Nascido e criado no Jacioca, Alexandre Brasil Rodrigues, 61 anos, relembrou que até uns anos atrás era preciso transportar pessoas doentes em redes e a Unidade Mista estava em condições difíceis. “Começou a melhorar. O negócio aqui era precário. Mas agora não, desde o mandato do Zé, tem ambulância e agora tem um posto perto de casa. Para que tava, tá bem melhor”, disse.

Participaram da reinauguração, o vice-prefeito, Pedro Acará; o ex-prefeito Juca Martins; a presidente da Câmara Municipal de Bequimão, Francinete Pereira Costa; os secretários municipais de Agricultura, Creuber Pereira, Educação, Aristides Amorim, Extrema Pobreza, Sinara Almeida, Indústria e Comércio, Ademir Costa, Segurança, Cassiano Abreu e Esporte, Kell Pereira; os vereadores Vetinho, Robson Cheira e Doutor, além da secretária adjunta de Saúde, Ramone Araújo, e a coordenadora de Atenção Primária, Karine Moraes Macedo.

Prefeitura amplia equipe de saúde com fisioterapeutas, Terapeutas ocupacionais, nutricionista e assistente social

nasf8Já entraram em atividade, desde ontem (02), dois fisioterapeutas, dois terapeutas ocupacionais, uma nutricionista e uma assistente social contratados pela Prefeitura de Bequimão para o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). A equipe, que contará ainda com pediatra, foi apresentada na última quarta-feira (28), durante a capacitação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), no Sindicato das Trabalhadoras e Trabalhadores Rurais de Bequimão.

O prefeito Zé Martins dá um salto na prestação de assistência à saúde, disponibilizando uma equipe multidisciplinar para atender a população de Bequimão. O NASF está funcionando na Unidade Mista de Saúde, no Centro, mas os profissionais darão suporte a todas as equipes da Estratégia Saúde da Família.

Segundo a secretária-adjunta de Saúde, Ramone Araújo, quando o atendimento da Unidade Mista for transferido para o novo hospital que está sendo construído pelo Governo do Maranhão, o prédio vai dar lugar à Assistência Médica Ambulatorial (AMA), o que vai proporcionar mais espaço para a equipe do NASF.

“Além disso, vamos garantir atendimento a quem estiver com dificuldade de locomoção. Disponibilizamos um carro ao núcleo, que vai poder levar os profissionais até a comunidade onde mora o paciente”, ressaltou o secretário Municipal de Saúde, Bastico Moraes.

Capacitação dos ACS

A Prefeitura de Bequimão capacitou os Agentes Comunitários de Saúde para a adoção do novo modelo de plataforma do Sistema Único de Saúde (SUS), cumprindo o que recomenda o Ministério da Saúde. Foram apresentadas as novas fichas de “atendimento individual”, “cadastro individual” e “visitas domiciliares”.

“Estamos trabalhando para implantar em Bequimão uma equipe de educação continuada, oferecendo treinamentos permanentes para os profissionais da Unidade Mista de Saúde, Vigilância em Saúde, equipes de PSF e NASF”, afirmou Bastico Moraes.

Prefeito Zé Martins entrega nova ambulância

Foi bastante festejada a chegada de uma nova ambulância em Bequimão, adquirida pelo prefeito Zé Martins. O veículo vai proporcionar mais qualidade e dignidade ao deslocamento de pacientes do município. O prefeito está cumprindo uma das principais promessas de campanha, que é reestruturar o sistema de saúde de Bequimão.

entrega da ambulância.6“Esta ambulância é fruto de muita luta e trabalho que temos travado diariamente”, frisou Zé Martins. Ele destacou ainda a ampliação da atenção básica no município, que atualmente conta com 14 médicos, possibilitando que haja sempre atendimento na Unidade Mista de Saúde.

Esse atendimento deve melhorar ainda mais com a entrega do hospital que está sendo construído pelo Governo do Maranhão. “A governadora Roseana Sarney vai nos entregar um hospital amplo, equipado e pronto para uso ainda neste ano”, afirmou o prefeito.

O secretário municipal de Saúde, Bastico Moraes, disse que tem encontrado amplo apoio de Zé Martins nas ações da secretaria. “Dia após dia, estamos avançando. Por isso, hoje é um dia de alegria e festa para toda a população, pois a ambulância é de grande serventia e importância”, garantiu.

Participaram da entrega da ambulância o vice-prefeito Pedro Acará, os vereadores Robson Cheira, Jorge, Doutor, França, Amarildo e Vetinho e o secretário de Educação, Aristides Amorim.

 

Bequimão realiza IV Conferência Municipal de Saúde

conferência.02

Para a elaboração de propostas que favoreçam a reorganização da atenção básica na saúde do município, foi promovida, nesta segunda-feira (16), a IV Conferência Municipal de Saúde de Bequimão. O evento aconteceu na Colônia de Pescadores, reunindo gestores municipais, profissionais da saúde, representantes de classe e usuários dos serviços de saúde.

Na abertura, o secretário Municipal de Saúde, Bastico Moraes, que representou o prefeito Zé Martins, apresentou um balanço dos trabalhos realizados desde sua posse no cargo, em maio deste ano. Ele destacou a limpeza e restauração da Unidade Mista de Saúde, ressaltando os esforços que têm sido empreendidos para a reabertura do centro cirúrgico. “Encontramos uma situação muito difícil. É um dos maiores desafios vividos por mim, mas estamos conseguindo trabalhar com o apoio dos colaboradores que fazem a saúde de Bequimão”, pontuou o secretário.

Bastico Moraes elencou, ainda, o credenciamento de Bequimão no programa Mais Médicos, que já destinou duas médicas cubanas ao município (até marco devem chegar mais quatro); a reforma e ampliação dos postos de saúde do Quindíua e Areal; a construção da Academia de Saúde; a realização de 206 cirurgias pelo mutirão da catarata; a reativação do Programa Saúde na Escola e ampliação da Saúde Bucal, que terá mais seis equipes, além das duas existentes.

Sobre as próximas ações, o secretário afirmou que o posto de saúde do Jacioca entrará em funcionamento no próximo mês e anunciou a implantação de um Centro de Antitóxicos, Prevenção e Educação (Cape), para combate e prevenção ao uso de drogas. “Esse programa vamos desenvolver em parceria com a Secretaria de Segurança e de Esporte, porque os mais afetados com esse problema são os jovens”, frisou Bastico.

Colaboraram na organização do evento a secretária adjunta de Saúde, Ramone Araújo, e a coordenadora da Estratégia Saúde na Família, Karine Macêdo. Prestigiaram a conferência o vereador Jorge Filho; os secretários de Pesca, Nhô da Colônia; Educação, Aristides Amorim; Esporte, Kell Pereira; Segurança, Cassiano Abreu Ferreira.

Preparação

Antes de os grupos se reunirem para elaboração de propostas, foram apresentadas duas palestras. Na primeira exposição, o vice-presidente do Conselho Estadual de Saúde, Américo de Jesus Soares Araújo, falou sobre a Lei Complementar nº 141/2012, que trata dos valores mínimos a serem aplicados anualmente pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios em ações e serviços públicos de saúde.

Em seguida, o palestrante abordou a temática “Participação da Sociedade nos Direitos Humanos na Saúde”. “O direito à saúde inclui o completo bem-estar físico, social e mental”, destacou Américo. Ele se baseou, principalmente, no artigo 196 da Constituição, que estabelece saúde como direito de todos e dever do Estado.

Bequimão tem Mais Médicos

foto 3Duas médicas cubanas, que chegaram a Bequimão pelo Programa Mais Médicos, foram recepcionadas pela população e por autoridades locais, nesta segunda-feira (04). Em articulação com o governo federal, o prefeito Zé Martins (PMDB) e o secretário de Saúde, Bastico Moraes, conseguiram incluir Bequimão entre os primeiros municípios maranhenses a receber o programa. Agora, contando com os já contratados pela Prefeitura, são 14 médicos atendendo no município.

As médicas Odalys Baro Sanchez e Odalis de Cardena Mejias são experientes em programas de assistência básica à saúde na América do Sul. Sanchez participou da missão Bairro a Dentro, realizada na Venezuela, e de outra missão na Bolívia. Mejias também atuou entre os bolivianos e na Guatemala.

Nessas experiências, segundo as médicas, o trabalho dos cubanos teve bons resultados, com diminuição da mortalidade infantil, dos índices de morte materna e de doenças do coração. “Nosso trabalho é, fundamentalmente, de prevenção, conhecendo e acompanhando nossos pacientes. Isso que viemos fazer aqui”, destacou Odalys Sanchez.

Antes de chegar a Bequimão, elas passaram por treinamento durante um mês, em Fortaleza, quando puderam conhecer melhor as doenças que mais afligem os moradores da região onde vão atuar e o funcionamento do Sistema Único de Saúde (SUS). Elas assistiram, também, aulas de português. “É bastante parecido com o Espanhol, por isso, acredito que em mais um mês vamos nos comunicar ainda melhor com os brasileiros”, disse Odalis Mejias, em “portunhol”.

Além das barreiras da língua, elas se dizem prontas para enfrentar os desafios da saúde em Bequimão. Para isso, apostam no atendimento humanizado. “Eu penso que o médico tem que ser muito humanista e sentir muito amor e dedicação por sua profissão. Queremos compartilhar isso com nossos colegas brasileiros e ajudar a população”, frisou Mejias.

Recepção

As médicas foram acolhidas com o calor humano característico dos bequimãoenses. Na frente da prefeitura, populares e autoridades as saudaram com palmas. Elas chegaram acompanhadas do secretário de Saúde, Bastico Moraes, que lembrou os intensos esforços para que o município conseguisse participar logo do Mais Médicos. “Em curto tempo, esse trabalho diuturno já apresenta resultados. O intercâmbio com os cubanos deve ser maior ainda. Até março de 2014, vamos receber mais quatro médicos e ampliar nossa equipe para 18 profissionais”, ressaltou o secretário.

O prefeito Zé Martins, em seu pronunciamento de acolhida, enfatizou que o Mais Médicos é um amplo pacto para a melhoria do atendimento aos usuários do SUS. “Um programa desses não leva só médicos e saúde; leva, também, cidadania, dignidade e justiça social aos brasileiros necessitados e, de uma forma especial, aos bequimãoenses”, afirmou o prefeito.

Zé Martins elogiou a atitude do Governo Dilma e do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, por darem prioridade aos postos de saúde e à atenção básica de saúde. Às cubanas que já estão no município, o prefeito garantiu que cumprirá sua parte. Pelo Mais Médicos, o profissional receberá do governo federal um salário de R$ 10 mil e mais ajuda de custo. Os municípios ficam responsáveis de arcar despesas de alimentação e moradia.

A movimentação foi acompanhada pelo vice-prefeito Pedro Acará e pelo ex-prefeito Juca Martins. Participaram, também, os secretários de Administração, José Orlando Martins; de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Dinha Pinheiro; de Assistência Social, Neide Rodrigues; de Esportes, Kell Pereira; de Segurança, Cassiano Abreu; de Pesca, Nhô da Colônia; de Indústria e Comércio, Ademar Costa; da Extrema Pobreza, Sinara Almeida; e pela secretária adjunta de Saúde, Ramone Araújo. Estiveram na recepção os vereadores França (presidente da Câmara Municipal), Jorge Filho, Vetinho, Amarildo e Robson Cheira.

 

Com apoio da Prefeitura, pacientes de Bequimão fazem cirurgia de catarata em São Luís

Bequimãoenses participam de mutirãoOs 32 bequimãoenses que foram ontem (10) à capital maranhense para o “Mutirão da Catarata e Glaucoma” tiveram atendimento exclusivo no Centro de Olhos São Luís. A Prefeitura de Bequimão, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, conseguiu parceria com a clínica, dando mais comodidade aos pacientes que precisaram fazer cirurgia.

No dia 16 de julho, aconteceu a etapa do mutirão em Bequimão, quando foram identificadas as pessoas que deveriam passar pelo procedimento cirúrgico. Os 60 selecionados na triagem foram, inicialmente, a Pinheiro, onde não conseguiram atendimento, pela grande quantidade de pacientes na fila.

O prefeito, Zé Martins, e secretário de Saúde, Bastico Moraes, começaram a buscar a melhor solução. Foi então que a coordenadora do Mutirão da Catarata e Glaucoma, Ana Lourdes, concordou em deixar o Centro de Olhos à disposição dos pacientes bequimãoenses, como forma de se desculpar pelos transtornos ocorridos em Pinheiro. “Encontramos a melhor maneira de não deixar essas pessoas prejudicas. Elas vieram para são Luís ter o benefício de fazer a cirurgia”, explicou a coordenadora.

Outro grupo do município fará a cirurgia no dia 17. Para Bastico Moraes, é esse cuidado com as pessoas que está fazendo a diferença na saúde de Bequimão. “Estamos implantando as políticas de saúde que vêm do governo federal, mas dando o nosso toque. Nesse caso, por exemplo, disponibilizamos colírio, despesas com passagens e alimentação, dando condições para que o povo de Bequimão consiga ter acesso a essas políticas”, destacou o secretário, que acompanhou o grupo enquanto aconteciam as cirurgias.

Quem também esteve na clínica foi o prefeito Zé Martins. Após cumprimentar as pessoas que esperavam pelo atendimento, ele se reuniu com a coordenadora do mutirão e com o secretário de Saúde. O prefeito garantiu a continuidade dessa assistência e pediu apoio da clínica, que prontamente atendeu a solicitação.

“Nosso empenho é para que a população de Bequimão consiga sempre amparo na saúde. É por isso que melhoramos as condições da Unidade Mista, já iniciamos a ampliação do posto de saúde de Quindíua, vamos recuperar outros postos e estamos implantando o Núcleo de Apoio à Saúde na Família, entre outras ações”, comentou Zé Martins.

Vista Nova

A cirurgia de catarata é considerada um procedimento simples, feita em mais ou menos 10 minutos. Uma espécie de lente natural do olho, chamada de cristalino, é removida e substituída por uma lente artificial, tecnicamente conhecida como lente intraocular. Depois da cirurgia, as pessoas que estavam com dificuldades de enxergar por causa da catarata recuperam a visão.

Dona Rosa Almeida, de 70 anos
Dona Rosa Almeida, de 70 anos e moradora do Balandro, já estava com dificuldades de fazer suas atividades do dia a dia. “As coisas se misturam muito na minha vista. Tô contando de chegar melhor e enxergar bem, pra fazer minhas coisinhas, cozinhar”, disse. Seu Jorge José Pereira, de 80 anos, já fez a cirurgia em um olho e agora vai ter a oportunidade de recuperar a visão do outro lado. “Minha vista tá muito coberta e disseram que era melhor operar. Me trouxeram e eu tô vindo. É uma coisa muito importante que o prefeito está conseguindo. Isso nunca tinha acontecido”, reconheceu o morador do Santa Flor.

O grupo de idosos foi acompanhado pela enfermeira Ruth Milene Ferreira e pela agente de saúde Maria Lúcia, além de familiares.