Prefeito Zé Martins inaugura nova Praça Santo Antônio

Ainda como parte das comemorações do aniversário de 82 anos do município de Bequimão, o prefeito Zé Martins inaugurou a nova Praça Santo Antônio, no Centro. Uma missa foi celebrada em ação de graças pela conquista, que representa a realização de um sonho para os bequimãoenses. Depois da celebração presidida pelo padre Domingos, as autoridades dirigiram-se para a praça, em frente a cruz, onde foi descerrada a fita de inauguração.

Durante a solenidade, o deputado Adriano Sarney falou da importância de uma obra dessa magnitude para Bequimão, lembrando que uma praça no Centro da cidade torna-se uma área de lazer para todos. Ele destacou, também, a vontade do prefeito em querer fazer, mesmo diante da crise econômica que afeta todo país.

O prefeito Zé Martins relembrou a luta que se enfrenta para a entrega de uma obra, desde a conquista de recursos até o momento da inauguração. “Só hoje inauguramos duas obras de infraestrutura em Bequimão. Primeiro, inauguramos uma escola que vai abrigar 450 alunos e, agora, estamos inaugurando uma praça. A praça que abriga a Igreja Matriz foi feita, primeiramente, nos anos 1960 pelo ex-prefeito Juca Martins. Passados esses anos, ela já precisava de reparos. Foi então que começamos esta obra que a população esperava por muitos anos e, graça a Deus, fui abençoado e hoje entrego à população. Daqui até o final de nossa gestão, vamos entregar outras obras, como é o caso da revitalização do cais, que vai dar nova cara para nossa cidade”, disse.

A reforma da praça começou a ser feita pela Prefeitura Municipal de Bequimão em 2015. O local, que estava em condições precárias, recebeu um novo piso, bancos, escadas, postes, luminárias e grama. A obra foi orçada em R$ 432 mil, com recursos do Governo Federal, por meio da Caixa Econômica Federal.

Como a praça abriga a matriz da Paróquia Santo Antônio e Almas, foi construída uma nova cruz, que ganhou as inscrições IHS, um monograma de Cristo usado pela Igreja Católica. As letras são as iniciais do nome de Jesus em grego (iota, eta e sigma). Esse monograma também é utilizado para soletrar a frase em latim “Salvator Hominem Iesous”, “Jesus, Salvador do homem.

Participaram da inauguração da Praça Santo Antônio o ex-prefeito Juca Martins, o vice-prefeito Magal, os deputados estaduais Adriano Sarney e Zé Inácio, a ex-prefeita de Itinga do Maranhão, Vete Botelho, além de vereadores e secretários, lideranças políticas e comunitárias e população em geral.

Prefeitura de Bequimão realiza mutirão do Glaucoma com quase 200 atendimentos

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou mais um Mutirão do Glaucoma em parceria com o Hospital da Visão e Governo do Estado. A ação oftalmológica aconteceu no Centro Municipal de Saúde (antiga Unidade Mista), na última sexta-feira (16). Os pacientes fizeram exames para verificar a pressão e o fundo dos olhos.

Foram atendidos 198 pacientes, sendo que 82 deles receberam o diagnóstico de glaucoma. Para essas pessoas, a equipe do mutirão entregou colírios gratuitamente, dando início imediato ao tratamento. “O município possui uma quantidade significativa de pessoas com a doença, que aparece de forma silenciosa e não tem cura. Esse serviço de prevenção é indispensável, evitando que o glaucoma seja detectado em estágio avançado. Já beneficiamos mais de mil pessoas com esse trabalho”, enfatizou o secretário municipal de Saúde, Sidney Bouéres.

Uma dessas pacientes foi Iracema de Freitas Lima, de 63 anos, moradora da comunidade Ponta do Soares. “Sinto muita dor de cabeça, nos olhos e acabei constatando que tenho glaucoma. Este mutirão ajuda muito a gente que vive de uma aposentadoria com um salário mínimo. Graças a Deus, o prefeito Zé Martins tem visto nosso lado. Confesso que, se fosse para pagar, não teria condições. Já estou levando meu remédio e vou fazer o tratamento”, disse a aposentada.

O prefeito Zé Martins também destacou a importância dos mutirões direcionados à saúde dos olhos. “Para ampliar o acesso de centenas de pessoas ao diagnóstico, é preciso um trabalho em conjunto. É assim que conseguimos proporcionar um tratamento mais rápido da doença. Também temos feito mutirões da catarata e pterígio, dando suporte para aqueles que precisam de tratamento cirúrgico, inclusive”, ressaltou o prefeito.
GLAUCOMA
O glaucoma é uma doença que atinge o nervo óptico e envolve a perda de células da retina responsáveis por enviar os impulsos nervosos ao cérebro. A pressão intraocular elevada é um fator de risco significativo para o desenvolvimento do glaucoma, não existindo, contudo, uma relação direta entre um determinado valor da pressão intraocular e o aparecimento da doença. Ou seja, enquanto uma pessoa pode desenvolver danos no nervo com pressões relativamente baixas, outra pode ter pressão intraocular elevada durante anos sem apresentar lesões.

Bequimão comemora 82 anos com inauguração de obras, atividades esportivas, educativas e valorização da cultura local

O dia 19 de junho de 2017 ficou marcado na história de Bequimão, principalmente quando o assunto é educação e lazer. Na data de comemoração dos 82 anos de emancipação política, o prefeito Zé Martins entregou duas obras estruturantes para a população: a Praça Santo Antônio e a Escola Municipal Benedita Gusmão Moraes.

As comemorações iniciaram bem cedo, com o hasteamento das bandeiras, desfiles das escolas municipais, guarda municipal, Corpo de Bombeiros civil, corrida ciclística, maratonas masculina e feminina, cavalgada e o pronunciamento do prefeito Zé Martins. Além disso, a Prefeitura de Bequimão promoveu uma gincana com os estudantes da rede municipal, aula de zumba, abertura da Taça Cidade de Futebol e um jogo amistoso entre Seleção de Bequimão x Seleção de Cedral. A noite a Praça da Matriz recebeu o cantor bequimãoense Paulinho Beckman, Boi Estrela, Boizinho os Batutinhas e dança country  de Ariquipá. Além de Alê Muniz & Luciana Simões e Fabrícia & Banda, que encerraram a festa em grande estilo.

Para o prefeito Zé Martins, mesmo com o Brasil atravessando uma crise econômica e política, sua responsabilidade dobrou após ser reeleito. “Meu compromisso é mudar a vida da população de Bequimão. Estamos trabalhando diuturnamente para honrar nossos compromissos. Temos dificuldades, mas temos o mais importante: coragem para enfrentá-las. Estamos entregando duas importantes obras neste aniversário e, até o final de nosso mandato, Bequimão terá muitas obras concluídas”, garantiu o prefeito.

Para a moradora do bairro Ferro de Engomar, Ana Maria Pascoal Lopes, o município de Bequimão se desenvolveu bastante. “Tenho 52 anos, 40 anos só de moradora de Bequimão. Cheguei em 1977 e aqui não tinha nem cara de cidade. Hoje dá gosto andar aqui. Nos últimos quatro anos, Bequimão cresceu em todos os quesitos. Na zona rural se pode ir inverno e verão, mesmo com as chuvas fortes. Temos um bom hospital, boas escolas e queremos muito mais, porque o prefeito Zé Martins sabe trabalhar e gosta de ver a cidade em desenvolvimento. Até minha rua foi asfaltada, jamais imaginei isso acontecer”, elencou, justificando porquê o município tinha muito a comemorar.

Participaram da programação de aniversário o ex-prefeito Juca Martins, o vice-prefeito Magal, os deputados Zé Inácio e Adriano Sarney, os vereadores Amarildo Paixão, Professor Zeca, Valdenor Santana, Jorge Filho, Valmir Costa, além de secretários municipais, lideranças políticas, professores, diretores e estudantes.
Fotos: Rodrigo Martins

Prefeito Zé Martins presta homenagem à professora Benedita Moraes (Dona Bibi)

O prefeito Zé Martins prestou uma justa homenagem nos 82 anos de Bequimão a Benedita Gusmão Moraes, a Tia Bibi, com a inauguração de uma escola de referência que é também o reconhecimento a uma das mais conceituadas famílias de Bequimão.

A escola está localizada no bairro Ferro de Engomar, na MA-211, estrada que liga o povoado Quindíua e possui 6 salas amplas com capacidade para receber 450 alunos em dois turnos. A obra foi construída com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão ligado ao Ministério da Educação.

Zé Martins destacou a homenagem a uma das professoras mais antigas de Bequimão. “Hoje entregamos à população bequimãoense uma importante obra: a Escola Municipal Benedita Gusmão Moraes. O nome da escola foi escolhido para homenagear uma das professoras mais antigas de Bequimão, a professora Bibi Moraes. Ela deu aula para muitas pessoas que depois se tornaram nossos professores”, afirmou.

Para o prefeito, a escola é a primeira de um modelo que será implantado em Bequimão. “Nosso planejamento é que ela se torne uma escola modelo em Bequimão, com um padrão que depois será estendido para as demais escolas municipais. Para isso, vamos contar com toda dedicação dos profissionais da Secretaria Municipal de Educação e contamos também com o apoio das famílias e dos estudantes”.

A professora Silvia Moraes, filha de Tia Bibi disse que educar sempre foi a missão de sua mãe. “Foi uma grande educadora. Exigente com às obrigações dos seus alunos e ao mesmo tempo conquistava seus corações. Minha mãe sempre acreditou na educação como instrumento de transformação social e fez disso seu ideal de vida, dedicando-se por inteira a esta linda missão de educar crianças e jovens. Foi uma grande educadora”, destacou a professora Silvia Moraes, filha de Tia Bibi.

Segundo Silvia Moraes, a homenagem a Tia Bibi é motivo de orgulho para a família Moraes.”Minha mãe sempre acreditou na educação como instrumento de transformação social e fez disso seu ideal de vida, dedicando-se por inteira a esta linda missão de educar crianças e jovens. A sua história como professora me ajudou a compreender o que afirmou Paulo Freire: ” Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela a sociedade não muda”. A homenagem a nossa mãe com esta Escola nos orgulha, pois estamos testemunhando um gesto público que prioriza à Educação”, finalizou.

Por Zeca Soares…

Noite de louvor e adoração marca início das comemorações pelos 82 anos de Bequimão

Como já acontece há cinco anos, a véspera do aniversário de Bequimão foi marcada por momentos de louvor e adoração a Deus. A Prefeitura Municipal promoveu, no domingo (18), uma programação especialmente voltada ao público evangélico. Neste ano, a Praça 02 de Novembro, no Centro, ficou lotada para a apresentação de três bandas de música gospel.

O prefeito Zé Martins, ao participar do evento, sancionou a Lei nº 02/2017, que institui o Dia da Marcha para Jesus, de autoria do vereador Professor Zeca. “Temos um prefeito muito sensível às demandas do público evangélico do município. Podemos dizer, sem medo de errar, que nunca houve uma gestão que nos desse tanta atenção. Aproveitei essa abertura para propor essa lei que torna o dia 18 de junho, oficialmente, o Dia da Marcha para Jesus”, afirmou o vereador.

A noite começou com o grupo bequimãoense Louvor Eterno, do povoado Águas Belas. O talento dos músicos que formam a banda local surpreendeu quem estava na praça. Logo depois, o diácono Rogério Paixão, da igreja Assembleia de Deus, fez uma pregação para destacar o quanto é significativo reunir os evangélicos das diversas congregações que têm sede no município.

O louvor continuou com as bandas Eluzai, de São Bento, e com a grande atração da noite, a banda Som e Louvor. Os músicos cearenses chamaram o prefeito Zé Martins ao palco e fizeram uma oração por seu trabalho à frente da Prefeitura de Bequimão. “Eles disseram que em Fortaleza, na região em que eles moram, nunca um prefeito deu oportunidade para os evangélicos. Então, disseram ao povo bequimãoense que devemos abraçar e orar por ele. Foi muito bom. Acho que o melhor de todos os anos”, avaliou o diácono Rogério, que estava na organização do evento.

Participaram dessa noite especial as caravanas dos povoados Pontal, Santana, Paricatíua, Areal, Quindíua, Águas Belas, Ariquipá, Vila do Meio, Buritirana, Jacioca, Barroso e Mojó, além de visitantes dos municípios de Alcântara, Pinheiro e Peri-Mirim.

Bequimão festeja padroeiro Santo Antônio

Foram 13 noites de homenagens ao padroeiro do município de Bequimão, Santo Antônio. Durante o festejo, que começou no dia 1º de junho e se estendeu até a última terça-feira (13), os católicos bequimãoenses se dirigiram à Igreja Matriz, no Centro, para celebrar o santo conhecido, popularmente, por ser casamenteiro.

As noites do festejo iniciavam com a celebração de uma missa. O padre Domingos, pároco de Bequimão, convidou padres das paróquias vizinhas para presidirem as celebrações. Depois da ladainha, nas barraquinhas montadas na Praça Santo Antônio, os devotos aproveitavam as comidas típicas e participavam de brincadeiras, entre elas o já tradicional leilão.

Houve, ainda, o desfile das baronesas, príncipes e princesas, além de apresentações culturais. Essas atrações deixaram a cidade mais movimentada, atraindo mais pessoas para acompanhar a programação religiosa. “O festejo foi muito bom. Participaram da organização todos os grupos que fazem parte da nossa comunidade. É um tempo de reforçar a nossa união e de receber muitas graças do nosso padroeiro”, contou a devota Vitória Gomes.

No encerramento do festejo, no dia 13, os devotos saíram pelas ruas de Bequimão, em procissão, demonstrando publicamente sua fé. Depois, foi celebrada a missa solene e, mais tarde, a banda católica Louvarte subiu ao palco. Os fiéis ainda tiveram ânimo para uma quadrilha improvisada.

Noite de encerramento

O prefeito de Bequimão, Zé Martins, acompanhado de secretários municipais e amigos prestigiou o encerramento do Festejo de Santo Antônio, padroeiro da cidade. Ele foi à Igreja Matriz para cumprimentar o padre Domingos pela organização da festa religiosa. Também participaram o vice-prefeito Sidney Nogueira (Magal) e o deputado estadual Zé Inácio.

Santo Antônio

Fernando Antônio de Bulhões nasceu em Lisboa, Portugal, em 15 de agosto do ano de 1195. De família nobre e rica, era filho único de Martinho de Bulhões, oficial do exército de Dom Afonso e de Tereza Taveira. Sua formação inicial foi feita pelos cônegos da Catedral de Lisboa. Ele gostava de estudar e de ficar mais recolhido. Aos 19 anos, entrou para o Mosteiro de São Vicente dos Cônegos Regulares, de Santo Agostinho, contra a vontade de seu pai.

Antônio foi ordenado sacerdote na cidade de Coimbra. Logo se viu o dom da palavra que transbordava do jovem padre agostiniano. Ele tinha conhecimento e grande poder de pregação. Em Coimbra, o padre conhece os freis franciscanos e entusiasma-se pelo fervor e radicalidade com que viviam o Evangelho.

Santo Antônio pede para ir ao Marrocos pregar o Evangelho. No meio do caminho, porém, Frei Antônio fica muito doente e é forçado a voltar para Portugal. Na viagem de volta, o barco é desviado e vai parar na Itália, na Sicília, onde encontra mais de 5 mil frades franciscanos. Lá, Antônio conhece pessoalmente São Francisco de Assis.

Protetor das coisas perdidas. Protetor dos casamentos. Protetor dos pobres. É o Santo dos milagres. Fez muitos ainda em vida. Durante suas pregações nas praças e igrejas, muitos cegos, surdos, coxos e muitos doentes ficavam curados. Redigiu os Sermões, tratados sobre a quaresma e os evangelhos, que estão impressos em dois grandes volumes de sua obra.

A devoção ao santo, em Bequimão, é antiga. O local onde hoje fica o município já chegou a se chamar Santo Antônio e Almas. A ideia partiu de Antônio Rodrigues, quando a Igreja Católica recebeu doação de uma área para construção de uma capela dedicada ao padroeiro.

Quilombolas de Bequimão participam de oficina sobre saúde

Moradores de comunidades quilombolas de Bequimão participaram, entre os dias 9 e 12 de junho, de uma oficina sobre saúde, no Centro de Formação Diocesano, em Mangabeira, município de Santa Helena. Eles viajaram para o curso com apoio da Prefeitura Municipal de Bequimão, por meio de sua Secretaria Municipal de Saúde.

A oficina teve como foco a saúde da população quilombola, principalmente no que diz respeito ao controle da hipertensão arterial sistêmica. A atividade foi coordenada pelo Núcleo de Extensão e Pesquisa com Populações e Comunidades Rurais, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

O projeto, que objetiva melhorar a vida dos quilombolas, é coordenado pelo professor István van Deursen Varga, em parceria com o Movimento Quilombola do Maranhão (Moquibom) e com apoio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema).

Para o membro do Movimento Quilombola de Bequimão (MoqBeq), Fábio Silva, os quilombolas da região passaram a ser mais valorizados, tendo suas demandas atendidas depois de anos de muita luta. “Nos disponibilizamos a receber a próxima oficina em Bequimão. Aqui no município, temos tido amplo apoio da gestão do prefeito Zé Martins nas atividades desenvolvidas pelo Movimento Quilombola de Bequimão”, destacou.

Secretaria de Saúde de Bequimão divulga nota sobre ocorrido nesta segunda-feira (12)

A Secretaria Municipal de Saúde de Bequimão, por meio da Diretoria do Hospital Municipal “Lídia Martins”, divulgou nota sobre a situação ocorrida com a paciente Paula Gomes, que chegou a falecer na manhã desta segunda-feira (12), na UPA do Bacanga, em São Luís.
CONFIRA A NOTA ABAIXO NA ÍNTEGRA
A Secretaria Municipal de Saúde de Bequimão, por meio da Diretoria do Hospital Municipal “Lídia Martins”, informa que apurou, imediatamente, a situação ocorrida com a paciente Paula Gomes, que chegou a falecer na manhã desta segunda-feira (12), na UPA do Bacanga, em São Luís. Ela deu entrada por volta das 6:20h, no referido hospital, recebendo os cuidados necessários de emergência, de acordo com o protocolo para o estado da paciente. Quando seus parâmetros já estavam estabilizados, foi providenciada, com agilidade, sua transferência para a capital, visto que se tratava de um quadro com histórico de cardiopatia de alto grau.  Expressamos profunda solidariedade à família de dona Paula Gomes.
 
Secretaria Municipal de Saúde de Bequimão- MA

Prefeito de Bequimão assina termo de adesão ao Pólo Turístico Floresta dos Guarás

O Prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), e a secretária municipal de Meio Ambiente e Turismo, Keila Soares, assinaram o Termo de Adesão ao Programa de Regionalização do Turismo, do Ministério do Turismo, ratificando o interesse do município em integrar a Região Turística Floresta dos Guarás.
O prefeito Zé Martins enfatizou a importância do programa para o desenvolvimento socioeconômico do município, que tem uma diversidade de atrações culturais e naturais para visitantes e moradores. “Com essa adesão poderemos pleitear ações e receber recursos orçamentários para os projetos de turismo local, além de reforçar o apoio para o desenvolvimento do turismo regional em cooperação com os demais municípios de nossa região turística, que também estão unidos pelo consórcio Conguarás”, explicou o gestor.

“A administração do prefeito Zé Martins tem atuado bem, oferecendo infraestrutura e suporte técnico e administrativo para o desenvolvimento dos atrativos turísticos em Bequimão, por meio de ações contínuas e parcerias eficazes, como é o caso do Sebrae e o empresariado local”, ressaltou a secretária de Meio Ambiente e Turismo, Keila Soares.
Programa de Regionalização do Turismo e o Mapa do Turismo Brasileiro
A Política Nacional de Turismo, estabelecida pela lei 11.771/2008, tem dentre os seus princípios a regionalização do turismo. Mesmo um município que não possua clara vocação para o turismo – ou seja, que não recebe o turista em seu território – pode dele se beneficiar. Para isso, o município precisa desempenhar um papel de provedor ou fornecedor de mão-de-obra ou de produtos destinados a atender o turista. O trabalho regionalizado permite ganhos não só para o município que recebe o visitante, mas para toda a região.
Embasando-se em recomendações da Organização Mundial de Turismo, o Ministério do Turismo adotou em 2004 essa política focada no desenvolvimento regional, dando maior protagonismo às Unidades da Federação. O Programa de Regionalização do Turismo trabalha a convergência e a interação de todas as ações desempenhadas pelo ministério com estados, regiões e municípios brasileiros. Seu objetivo principal é o de apoiar a estruturação dos destinos, a gestão e a promoção do turismo no País.

O Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento de orientação para a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento de políticas públicas, tendo como foco a gestão, estruturação e promoção do turismo, de forma regionalizada e descentralizada. Sua construção é feita em conjunto com os órgãos oficiais de Turismo dos estados brasileiros.
Mais informações sobre a Floresta dos Guarás… ACESSE AQUI

Bequimão recebe carro fumacê para combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya

                     Foto meramente ilustrativa retirada da internet (reprodução)

Para combater o Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, bairros do município de Bequimão foram pulverizados com inseticida pelo carro fumacê, como é popularmente conhecido. A ação foi promovida pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, que articulou as etapas de pulverização junto à Regional de Saúde de Pinheiro.

Esse trabalho preventivo, feito nas zonas urbana e rural, é uma das estratégias mais eficientes de combate a essas doenças (além dos cuidados que se deve ter para não deixar os mosquitos nascerem). Na etapa realizada no final do mês de março, fumaça com inseticida chegou às ruas do Centro, Cidade Nova, Bairro de Fátima, Ferro de Engomar, Sãoluizinho, Paraíso, Apicum, Vila Juca Martins, Estiva e Bacabal.

Foram utilizados, no total, 1.485 litros do inseticida que combate o mosquito, cumprindo os três ciclos que estavam programados. “Com o carro fumacê, é possível diminuir os riscos de incidência de dos transmissores dessas doenças, mas lembramos que a participação da população é fundamental, no intuito de evitar a proliferação dos mosquitos”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Sidney Bouéres.

A equipe da Secretaria Municipal de Saúde também faz uma campanha permanente de sensibilização dos moradores de Bequimão para conter focos de acúmulo de água, evitando, assim, a criação de locais propícios para a reprodução do mosquito. São dicas muito conhecidas, mas que vale a pena relembrar. É importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras. O Aedes Aegypti aproveita esse tipo de lugar para se reproduzir.