Comissão da Câmara Federal aprova projeto que faz da Baixada área de atuação da Codevasf

Foi aprovado, nesta quarta-freira (05), pela Comissão de Finanças e Tributação da Câmara de Deputados, o projeto  de autoria do senador Roberto Rocha (PSB) que trata da ampliação da área de atuação da Companhia dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf)  para todo o Maranhão.

O deputado Hildo Rocha (PMDB), foi o relator da matéria, e destacou mencionou o empenho de Roberto Rocha em prol do trabalho da companhia, no sentido de garantir inúmeros benefícios para os municípios maranhenses.  “O parlamentar tem destinado emendas para garantir o trabalho da Codevasf no Maranhão desde o seu mandato como deputado federal”, frisou Hildo Rocha.

Caso seja aprovada pelo plenário, passam a fazer parte da área de atuação da companhia federal as bacios dos rios Tocantins, Gurupi e toda a Baixada Ocidental Maranhense, onde há um dos maiores projetos de irrigação, a Barragem de Pericumã, em Pinheiro.

As emendas parlamentares constituem uma importante fonte de financiamento das ações da Codevasf, o que reforça a necessidade da alocação desses recursos de forma a possibilitar que sua destinação coincida com os programas e projetos da Companhia, complementando os recursos alocados.

Somente em 2016, os recursos do Orçamento Geral da União destinados por emendas parlamentares para garantir as ações executadas pela 8ª Superintendência Regional da Codevasf em regiões do Maranhão castigadas pelas estiagens somam mais de R$ 42 milhões.

O projeto agora segue para a Comissão de Cidadania e Justiça para pequenos ajustes.

Maranhão Hoje

Anúncios

Uma boa notícia para a Baixada Maranhense

Ministro Gilberto Occhi recebeu comitiva formada por parlamentares e gestores estaduais

Ministro Gilberto Occhi recebeu comitiva formada por parlamentares e gestores estaduais

A execução do projeto de construção dos diques da Baixada Maranhense será uma ação prioritária da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf) neste ano. Foi o que garantiu o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, durante audiência com o deputado federal Aluisio Mendes (PTN); o senador Roberto Rocha (PSB); o presidente da Codevasf, Felipe Mendes; o superintendente estadual do Sebrae e primeiro superintendente estadual da Codevasf, João Martins; os prefeitos Chico Gomes (Viana) e Zé Martins (Bequimão); o presidente do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense, Flávio Braga, e outros representantes da região.

Após ouvir os parlamentares e os representantes da Baixada Maranhense, o ministro pediu celeridade à Codevasf na conclusão do projeto executivo dos diques da Baixada, que está praticamente pronto, para que as obras possam ser licitadas pelo órgão ainda este ano.

A comitiva também contou com a participação de membros do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense, como o Prefeito de Bequimão, Zé Martins e o superintendente do Sebrae, João Martins.

A comitiva também contou com a participação de membros do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense, como o Prefeito de Bequimão, Zé Martins e o superintendente do Sebrae, João Martins.

Segundo Gilberto Occhi, o projeto será prioridade da Codevasf para este ano porque o Maranhão é o único estado atendido pelo órgão que não tem nenhuma obra estruturante em andamento.

“O ministro nos informou que irá ao Maranhão até o final de abril para anunciar à população a implementação dos diques da Baixada, garantindo a concretização de um sonho de mais de 30 anos que sera a redenção econômica daquela região”, finalizou Aluisio Mendes.

O projeto Diques da Baixada prevê a construção de 71 quilômetros de diques de dois metros de altura cada um, abrangendo os municípios de Viana, Matinha, São João Batista, São Vicente Ferrer, Cajapió, São Bento e Bacurituba.

 

* Com informações do Blog Jorge Aragão.

João Martins recebe homenagem da Codevasf no MA

 Atual superintendente do Sebrae no Maranhão, Martins esteve à frente da Codevasf nos dois primeiros anos da Companhia no estado.


João Martins esteve à frente da Codevasf até 2014.

Primeiro gestor da 8ª Superintendência Regional da Codevasf no Maranhão, João Martins – que hoje é diretor superintendente do Sebrae no estado, recebeu uma homenagem da equipe da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba. Na última semana, a autarquia federal completou três anos de atuação no Maranhão, onde atua em 154 municípios, incluindo os banhados pelas bacias hidrográficas do Itapecuru e Mearim.

Em singela reunião, na sede da superintendência regional, em São Luís, o atual superintendente da Codevasf, Celso Dias, ressaltou o trabalho de Martins na implantação e nos dois anos subsequentes que ficou à frente dos projetos e programas da autarquia federal no estado. Na solenidade, esteve presente, ainda, o deputado federal Aluísio Mendes, responsável pela indicação de Dias ao comando da 8ª SR da Companhia.

Emocionado com a homenagem da equipe da Codevasf, Martins – que é baixadeiro de Bequimão, destacou o quanto a sua permanência na Companhia o ajudou a desenvolver suas habilidades gerenciais que o capacitam, hoje, a estar na diretoria estadual do Sebrae, instituição especialista em pequenos negócios no país.

“A Codevasf foi uma grande escola, um lugar de muito aprendizado e que sempre terei como referência e orgulho por ter feito parte de sua história aqui no Maranhão, onde a Companhia atua em mais de 150 municípios dos vales do Parnaíba, Itapecuru e Mearim, executando ações de revitalização, desenvolvimento territorial – com arranjos produtivos locais, recursos pesqueiros e aquicultura e desenvolvimento florestal e ambiental, além de irrigação e construção de barragens”, destacou João Martins.

 

Codevasf investe R$ 15 milhões no Maranhão por meio de convênios com governo e municípios

João MartinsCerca de R$ 15 milhões serão investidos pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) no Maranhão, que tem à sua frente o bequimãoense João Martins. Os recursos serão repassados por meio de convênios com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Maranhão (Sagrima) e com os municípios de Bacabal, Caxias, Codó, Colinas, Magalhães de Almeida, Matões do Norte e Riachão. O montante será direcionado para diversas ações que visam ao desenvolvimento regional.
Uma parte dos recursos já empenhados – cerca de R$ 8,5 milhões – é proveniente de emendas parlamentares. Os recursos serão aplicados na pavimentação e recapeamento de ruas em Bacabal; implantação de sistemas simplificados de abastecimento de água em Caxias; recuperação de estradas vicinais em Codó; construção de barragens e açudes e construção do mercado do produtor em Colinas; aquisição de patrulha agrícola para apoio à produção em Magalhães de Almeida; melhoramento de estradas vicinais no município de Matões do Norte; e recuperação de 23 km de estrada vicinal no trecho da BR-230 ao Povoado Areia do Delbão no município de Riachão.
Outra parte dos recursos – um total de R$ 7,2 milhões – será aplicada em parceria com a Sagrima na distribuição de 337 kits de irrigação por aspersão, com o objetivo de promover a melhoria da renda das famílias do campo. O valor global do convênio é um destaque orçamentário do BNDES repassado ao Ministério da Integração Nacional (MI), por meio da Codevasf, no valor de R$ 6,8 milhões e uma contrapartida de R$ 382 mil do governo estadual.

Esse recurso será empregado na aquisição, capacitação e distribuição dos kits.“A região Nordeste passa por um momento de grande dificuldade com a pior seca dos últimos trinta anos e todos sabemos que o setor primário é preponderante para o desenvolvimento econômico e social. Portanto, os recursos hídricos são da maior importância para o meio rural, pois ajudam na produção e na manutenção do homem no campo”, enfatiza o superintendente regional da Codevasf no Maranhão, João Batista Martins.Além dos cerca de R$ 15 milhões a serem investidos por meio de convênios, a Codevasf também tem recursos já empenhados para execução em 2013 de cerca de R$ 14,3 milhões para obras de infraestrutura, como pavimentação asfáltica, estradas vicinais, construção de aviários, recuperação de pontes e construção de poços tubulares.

Mais ações em andamento

Dentre outras ações da empresa no Maranhão, destacam-se, por exemplo, as obras de esgotamento sanitário com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), cujos valores já empregados ultrapassam os R$ 100 milhões. Trata-se de uma série de recursos utilizados para beneficiar populações da zona urbana de municípios com até 50 mil habitantes, que passam a receber melhoria nas condições sanitárias a partir da construção de sistemas que permitem a conservação dos recursos naturais e a eliminação de focos de poluição. Atualmente, nove municípios, totalizando uma população de aproximadamente 75 mil habitantes, já receberam algum tipo de benefício relacionado a esse programa.

Além disso, a Codevasf atua na execução do programa Água para Todos em parceria com a Sagrima, numa iniciativa que busca amenizar a situação das pessoas nos períodos de estiagem a partir do armazenamento da água da chuva captada dos telhados das casas em cisternas com capacidade para 16 mil litros de água. No Maranhão, o trabalho está bem adiantado: mais de 80% das cisternas já foram instaladas, num universo de 15 municípios atendidos. A meta é que sejam instaladas 4.302 cisternas até setembro deste ano. Além disso, há um aditivo aprovado para instalação de mais 1.075 reservatórios ainda este ano. Está prevista ainda a implantação de 1.100 sistemas simplificados de abastecimento de água até o final de 2014. Para 2013, as ações previstas para execução somam cerca de R$ 148 milhões por meio do Água para Todos.

A Codevasf no Maranhão

A Codevasf é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Integração Nacional que promove o desenvolvimento e a revitalização das bacias dos rios São Francisco, Parnaíba, Itapecuru e Mearim, com a utilização sustentável dos recursos naturais e a estruturação de atividades produtivas para a inclusão econômica e social.

No ano passado, a empresa instalou a sua 8ª Superintendência Regional em São Luís (MA), ocasião em que foi empossado o superintendente João Batista Martins. Entretanto. A empresa já operava no estado há 10 anos, desde a inclusão da bacia do rio Parnaíba em sua área de atuação. Até então, as ações no Maranhão eram conduzidas pela 7ª Superintendência Regional, localizada em Teresina (PI).

Após a ampliação da área de atuação para inclusão dos rios Itapecuru e Mearim, por meio da lei 12.196 de 14 de janeiro de 2010, e da criação da nova superintendência da Codevasf, o Maranhão passou a vislumbrar um enorme impulso de desenvolvimento. Isto porque agora são 147 municípios maranhenses, totalizando 77% do território do estado, que passam a contar com uma gama de recursos federais para a promoção da melhoria de vida das pessoas que vivem nas áreas inseridas nas bacias desses rios.

Na avaliação do superintendente João Batista Martins, a inclusão do estado na área de atuação da Codevasf é a possibilidade de contar com uma série de investimentos de suma importância para o desenvolvimento da região. “Isso ocorre a partir do apoio a atividades produtivas que levem à inclusão social e econômica dos grupos humanos localizados ao longo das bacias dos rios onde atua a empresa”, complementa Martins.

Fonte: O Imparcial

João Martins explica, em entrevista ao Maranhão Rural, atuação da Codevasf

joaoVocê sabe o que é e o que faz a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), que tem o bequimãoense João Martins como superintendente regional no Maranhão? Em entrevista ao Maranhão Rural, da TV Difusora, João Martins explicou que a Codevasf é uma empresa pública ligada ao Munistério da Integração Nacional, com o propósito de promover ações transformadoras em comunidades rurais.

A Codevasf aproveita as potencialidades locais, para instalar e apoiar arranjos produtivos que contribuam para o desenvolvimento regional. Os arranjos prioritários são a horticultura irrigada para a agricultura familiar, bovinocultura de leite, apicultura (criação de abelhas), piscicultura (criação de peixes) e ovinocaprinocultura (criação de ovelhas e caprinos). No Maranhão, são 147 municípios atendidos pela Codevasf.

O município de Bequimão, embora não esteja entre os municípios atendidos diretamente pela Codevasf, será beneficiado em projetos como o dos Diques da Baixada. Por esse projeto, serão construídos 70 km de barragens, para represar as águas dos rios e das chuvas na Baixada Maranhense e impedir a entrada de água salgada. A construção dos diques iniciará no segundo semestre de 2013.

Assista a entrevista completa aqui.

joão codevasf

Avança elaboração do projeto de construção da ponte entre Bequimão e Central

Acordo entre os ministérios do Turismo e Integração Nacional permite o avanço na elaboração da obra que facilitará a interligação da capital a 10 municípios da baixada maranhense

Os ministérios do Turismo e Integração Nacional avançaram no projeto de construção de uma ponte sobre o Rio Pericumã, que deve melhorar o acesso da capital maranhense a pelo menos 10 municípios do interior do Estado. O ministro Gastão Vieira recebeu Guilherme Almeida Gonçalves, diretor da área de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura da Codevasf, que estará a frente da elaboração da obra e ligará municípios de Bequimão e Cedral.

A participação da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Paranaíba) foi acertada entre Gastão Vieira e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra. O diretor de desenvolvimento Guilherme Almeida reforçou nesta terça-feira o total apoio da instituição ao projeto. A companhia, agora, deve fazer uma avaliação técnica no local para dar continuidade à elaboração da obra.

“Esse é um importante projeto para o Maranhão. Além de melhorar o deslocamento dos moradores e produção local, a obra facilita o acesso a uma região que tem um enorme potencial turístico, como a Floresta dos Guarás e Baixada Maranhense”, afirmou o ministro. Segundo ele, serão beneficiadas cidades como Guimarães, Mirinzal, Cururupu, Cedral, Porto Rico, Serrano, Apicum-Açu e Bacuri.

Fonte: Blog do Luis Cardoso