BEQUIMÃO REALIZA AÇÕES DE COMBATE AO ABUSO SEXUAL INFANTOJUVENIL

A Prefeitura de Bequimão, através das Secretarias de Assistência Social, Educação, Saúde e Agricultura, com apoio do Selo Unicef, CRAS, CREAS, NASF, empresas AS Transportes e JF Eletrônica, realizou mais uma etapa da Campanha Faça Bonito.

A campanha Faça Bonito representa uma luta contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes e está definida na Lei Federal 9.970, que criou o dia 18 de maio como dia D da campanha.

Assim, a prefeitura de Bequimão, em ação articulada, desenvolveu ações como palestras, rodas de conversa, panfletagem, blitz educativas e encerrou a programação com um cinema na escola Domingos Bouéres, bairro Estiva, na Sede do município, onde foi apresentado o filme Anjos do Sol, e em seguida discussões sobre como identificar sinais de abuso, canais de denúncia e as políticas públicas de proteção e enfrentamento.

Como é de costume na gestão do prefeito Zé Martins, as secretarias se juntaram na mobilização social, agregando empresários do município, para dizer não a qualquer tipo de violação dos direitos das crianças e adolescentes bequimãoenses.

Alunos, professores e comunidade tomaram conhecimento de que a violência sexual praticada contra crianças e  adolescentes envolve vários fatores de risco e vulnerabilidade quando se considera as relações de gênero, de raça/etnia, de orientação sexual, de classe social, de geração e de condições econômicas. Nessa violação, são estabelecidas relações diversas de poder, nas quais tanto pessoas e/ou redes utilizam crianças e adolescentes para satisfazerem seus desejos e fantasias sexuais.

Casos de violência contra a criança e adolescentes podem ser denunciados diretamente no Conselho Tutelar, CRAS, CREAS, Delegacia de Polícia Civil, Ministério Público ou pelo Disque 100 (ligação gratuita).

Anúncios

Creas de Bequimão realiza roda de conversa sobre direito da família

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) realizou no último dia 04 de outubro Roda de Conversa sobre os Direitos da Família no processo educativo dos filhos. A atividade aconteceu no Povoado Quilombola Marajá.

A iniciativa de levar a equipe do CREAS foi da própria comunidade durante as festividades de são Benedito. Todos os anos representantes do Poder Público são convidados a contribuírem com palestras e rodas de conversas.

O Dr. Wanderson Farias, psicólogo social e técnico do CREAS fez uma prévia do que será a 6ª Semana do Bebê Quilombola que ocorrerá no mês de novembro nas 11 comunidades quilombolas bequimãoenses certificadas pela Fundação Palmares.

A comunidade compareceu com entusiasmo e participou ativamente das discussões com exemplos e questionamentos. Pais, filhos, avós, professores e lideranças construíram o momento de conscientização e participação social.

O poder familiar, os direitos das crianças e adolescentes, a responsabilização dos pais ou responsáveis, a dinâmica do cuidado, o processo de formação psíquica da criança e os direitos socioassistenciais fomentaram a roda de conversa.

Adolescentes do Selo Unicef fazem Mobilização Social em Bequimão

O Núcleo de Cidadania de Adolescentes do Selo Unicef (JUVA), realizou atividade de Mobilização Social, visitando o Ministério Público do Estado do Maranhão, da comarca do município de Bequimão, a convite da Dra. Raquel Madeira Reis, promotora de justiça da Comarca de Bequimão.

O JUVA (Jovens Unidos pela Vida na Amazônia) conta com 22 adolescentes (11 meninos e 11 meninas) e estiveram presentes para estreitar os laços de cidadania conhecendo as instalações do novo prédio do Ministério Público, e firmar uma parceria social para atuar na sociedade bequimãoense.

A Dra. Raquel Madeira Reis apresentou a dinâmica do Ministério Público na cidade, o quadro de funcionários e o fluxo de atendimento, bem como as principais demandas e a rede de proteção na garantia de direitos.

Os adolescentes questionaram acerca dos direitos a educação, transporte escolar, espaços públicos de leitura e firmou-se uma parceria com o CREAS de Bequimão e com o JUVA para execução da Campanha “Quem Escolhe seu Caminho? Você ou as Drogas?

A campanha é realizada com apoio da Prefeitura de Bequimão, que disponibiliza o corpo técnico da Secretaria de Educação e Assistência Social. Além de oferecer condições para que os adolescentes do JUVA participem da campanha.

As palestras serão ministradas pela promotora, Dra. Raquel Madeira Reis. A campanha conta ainda com Concurso de Redação, Desenho e Poesia; os prêmios são doados por empresários locais, comprometidos com a responsabilidade social. A previsão é de que pelo menos quatro ações sejam desenvolvidas ainda em 2018 nas Escolas Municipais de Bequimão.

Os adolescentes foram acompanhados pelo psicólogo Wanderson Farias Privado, que é Mobilizador Jovem do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes do Selo Unicef.

Realizado em parceria com os municípios do Semiárido e da Amazônia Legal Brasileira, o Selo UNICEF busca contribuir com o fortalecimento das políticas públicas direcionadas à infância e à adolescência, com o desenvolvimento das capacidades dos gestores municipais e com o estímulo à mobilização social e à participação dos adolescentes.

Por Wanderson Farias Privado

 

CREAS de Bequimão realiza Oficinas com estudantes do ensino médio

O artigo 4º da Lei nº 8.069/1990, do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), preconiza em seus direitos fundamentais, o direito à profissionalização. Em consonância com a Campanha Nacional de Combate ao Trabalho Infantil, o CREAS do município de Bequimão, no Litoral Ocidental Maranhense realizou dias 28 de Junho e 09 de agosto oficinas de orientação profissional, garantindo o direito à informação e a construção de possibilidades de futuro profissional aos estudantes.

As oficinas acontecem todos anos em parceria com a gestão escolar do Centro de Ensino Médio Manuel Beckman e Aniceto Cantanhede. O objetivo é discutir o mundo acadêmico, os caminhos e possibilidades disponíveis como o ENEM, SISU, PROUNI E FIES para os alunos do 3º ano do ensino médio.

Foram apresentadas pelo psicólogo social, Wanderson Farias, técnico de referência do CREAS, as seguintes temáticas: o desenvolvimento psicossocial dos adolescentes, a pirâmide das necessidades de Abraham Maslow, como escolher o Curso Superior corretamente e os ritos de passagem entre o Ensino Médio e o mundo universitário.

Os alunos construíram mapas de sonhos e possibilidades de atuação profissional e apresentaram aos demais colegas. Momentos de descontração e discussão da própria realidade.

O CREAS de Bequimão atua na garantia de direitos socioassistenciais e na proteção de pessoas e famílias que tiveram seus direitos violados ou ameaçados. A sede do CREAS está localizada na rua Senador Vitorino Freire, s/n – Centro de Bequimão, e fica aberto ao público de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h.

Por Wanderson Farias

Creas de Bequimão realiza vários serviços gratuitos a população

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) do município de Bequimão, está ofertando à população diversos serviços gratuitos, como acompanhamento familiar, orientação psicológica, orientação social e encaminhamentos para a rede socioassistencial.

Já para organizações públicas e privadas, o Creas, em regime de parceria, oferta palestras e rodas de conversa com temas dos mais variados, relacionados ao direito do cidadão, suas violações e ameaças, além de formação cidadã.As Escolas e Associações podem agendar diretamente no Creas, as ações que desejam. As famílias podem se dirigir de forma presencial na recepção do Creas, localizado na Rua Senador Vitorino Freire, e agendar atendimento com a equipe de técnicos de nível superior.

O Creas é a casa da família bequimãoense e está de portas abertas para atendê-la.

Prefeitura de Bequimão vai realizar a Campanha de Desarmamento Infantil de 10 a 12 de abril

O evento faz parte do Plano Anual de Ações do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas) para 2018, e obedece as recomendações do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário. Em Bequimão as ações são desenvolvidas em parceria com a Secretaria de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, que indica as Comunidades Quilombolas que serão contempladas, além de apoio logístico e técnico.

Alunos e professores das escolas municipais de Bequimão devem participar da Campanha de Desarmamento Infantil a partir desta terça-feira (10). Até o dia 12 de abril serão realizadas atividades de conscientização com rodas de conversa e distribuição de brinquedos para alertar sobre o perigo da apologia às armas e à violência em brincadeiras infantis, jogos e filmes. O objetivo da iniciativa é promover a cultura da paz e da resolução pacífica de conflitos, que tem como tema “Arma nem de brinquedo”.

Em um segundo momento, entre os dias 10 e 12, a Secretaria Municipal de Assistência Social, responsável direta pela ação, promoverá atividades em pontos específicos nas comunidades da zona rural, de Rio Grande, Santa Tereza e Santa Rita.