Prefeito Zé Martins mantém tradição e distribui 10 toneladas de pescados na Semana Santa

Já é o quinto ano consecutivo que a Prefeitura de Bequimão, na administração do prefeito Zé Martins, distribui peixes às famílias carentes do município na Quinta-Feira Santa. Foram entregues 10 toneladas de pescados, garantindo aos bequimãoenses a tradição cristã de ter pescado nas refeições da Páscoa.

Intitulado de “Peixe Para Todos”, o projeto atrai grande parcela da população, que desde cedo formou uma grande fila para assegurar uma senha. Cada pessoa saiu com 2 kg de traíra ou branquinha, além de um sorriso de gratidão estampado no rosto. “Eu e meus filhos viemos do povoado Bem Posta, e estou muito satisfeito. Agradeço ao prefeito pela ação”, disse Francisco Rodrigues, de 73 anos. O morador da comunidade Jacioca, José Nilson, chegou bem cedo para garantir seu pescado. “Cheguei às 3h da manhã para garantir uma senha, já que eu sabia que daria muita gente. Graças a Deus já estou garantido”, comemorou.

A equipe do prefeito Zé Martins, com profissionais das mais diversas secretarias municipais, colaborou na distribuição do pescado. “Mais uma vez o povo de Bequimão veio pegar seu peixe para a Sexta-Feira Santa. Os desafios aumentam a cada ano, mas o prefeito Zé Martins mantém e cumpre seus compromissos com o nosso povo”, disse a secretária de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Dinha Pinheiro, uma das organizadoras da ação.

O ex-prefeito Juca Martins ajudou na distribuição de peixes e destacou a importância do projeto criado pelo prefeito Zé Martins. “Esse é um Projeto de uma ação social muito importante para o povo carente de Bequimão, que é a distribuição de peixes na semana Santa, e Zé Martins faz um grande esforço para beneficiar as comunidades do nosso município”, enfatizou.

“Eu estou muito feliz por ver o povo comparecendo e dando importância a um projeto social que nós criamos desde o primeiro ano da gestão anterior. Muita gente não acreditava que esse projeto continuasse, mas a gente está mostrando que nossos programas são sérios e que nossa gestão é uma gestão de responsabilidade, de avanços sociais, e isto aqui é apenas uma primeira demonstração do segundo mandato, porque os programas Sociais e as políticas públicas vão continuar em nossa gestão e com muito mais avanços”, garantiu o prefeito Zé Martins.

A Secretaria Municipal de Saúde montou uma estrutura para possíveis atendimentos de emergência, inclusive com uma ambulância no local. Foram feitos atendimentos básicos, como a verificação de pressão arterial e teste de glicemia. A Secretaria Municipal de Segurança disponibilizou agentes da Guarda Municipal para organização do trânsito na região do Mercado do Peixe, no Centro, e teve o apoio da Polícia Militar do Maranhão.

Prefeitura de Bequimão distribui 10 toneladas de pescados na Semana Santa

DSC_6551Na Quinta-Feira Santa (24), como vem se repetindo há quatro anos, a Prefeitura Municipal de Bequimão distribuiu 10 toneladas de pescado às famílias mais carentes do município. A enorme fila começou a se formar bem cedo. Foram entregues quatro mil senhas e sacolas do projeto “Peixe para Todos”.

Cada pessoa saiu com mais de 2 kg de tilápia ou curimatá e também com um sorriso de gratidão no rosto. “Eu saí às 4h de casa, do povoado Enseada Funda, e tô muito satisfeito. Agradeço ao prefeito pela ação”, disse o senhor Juvêncio. A equipe do prefeito Zé Martins, com profissionais das mais diversas secretarias municipais, colaborou na distribuição do pescado, que reuniu uma quantidade maior de pessoas do que no ano passado.

“Os desafios aumentam a cada ano, principalmente com a crise que tem afetado o nosso país, mas o prefeito Zé Martins manteve seu compromisso e estamos, mais uma vez, garantindo uma ceia farta para os bequimãoenses na Semana Santa”, disse a secretária de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Dinha Pinheiro, uma das organizadoras da ação.

Pela grande quantidade de pessoas, a Secretaria Municipal de Saúde montou uma estrutura para possíveis atendimentos de emergência, inclusive com uma ambulância, mas não foi preciso utilizá-la. Foram feitos atendimentos básicos, como a verificação de pressão arterial e teste de glicemia. A Secretaria Municipal de Segurança disponibilizou agentes da Guarda Municipal para organização do trânsito na região do Mercado do Peixe, no Centro.

“Neste ano, a quantidade de pessoas superou nossas expectativas. Distribuir peixes é uma forma de distribuirmos renda, assim como fazemos nos demais programas sociais que a Prefeitura executa. Essas ações, evidentemente, vêm acompanhadas de outras ações mais estruturais, como a criação do Cinturão Verde, a oferta de cursos para empreendedores e para a juventude do município”, enfatizou o prefeito Zé Martins.

Também participaram da distribuição dos peixes o ex-prefeito Juca Martins, a primeira-dama Vânia Martins, o vereador Amarildo, os secretários Nhô da Colônia (Pesca), Ademar Costa (Indústria e Comércio), Aristides Amorim (Educação), Neide Rodrigues (Assistência Social), Kell Pereira (Esporte e Juventude), Sinara Almeida (Extrema Pobreza), Doutor (Articulação Política), o coordenador de Obras, Tonho Martins, e os secretários adjuntos Ramone Araújo (Saúde), Cleonilde Bitencourt (Agricultura) e Balão (Cultura e Promoção da Igualdade Racial).

Fotos: Rodrigo Martins

Prefeitura de Bequimão distribuirá peixes na Quinta-Feira Santa, dia 02

DSC_0037

Distribuição de peixes no ano passado

Pelo segundo ano, a Prefeitura Municipal de Bequimão vai distribuir peixes na Semana Santa. Desta vez, o prefeito Zé Martins adquiriu 8 mil quilos de pescado, que serão entregues gratuitamente, na Quinta-Feira Santa, dia 02 de abril, à população bequimãoense.

As senhas serão distribuídas a partir das 6h, em frente à Prefeitura. Depois, quem recebeu a senha pode se dirigir ao Mercado do Peixe e receber seus quilos de pescado, garantindo o principal prato da Semana Santa, segundo a tradição cristã.

A ação da Prefeitura também gera renda aos pescadores da região e valoriza a atividade pesqueira, uma das grandes vocações produtivas de Bequimão.

Tradição

Comer peixe na Semana Santa faz parte da tradição e da vocação Cristã. O costume de comer peixe é ligado a uma forma de praticar o jejum e a abstinência, uma prática, ao lado da caridade e esmola, indicada pela Igreja como prática de devoção típica do tempo de Quaresma.