Prefeito Zé Martins emite Nota de Esclarecimento sobre acusação do MPE

Após o Ministério Público do Estado do Maranhão (MPE) publicar uma matéria sem argumentação apontando uma série de irregularidades e acusar o prefeito de Bequimão, Zé Martins de abandonar a obra do Parque Expocapril e alega ausência de prestação de contas dos valores recebidos por meio do convênio com o Governo do Estado, através da Secretaria de Agricultura (Sagrima), o prefeito Zé Martins emitiu nota de esclarecimento desmontando o verdadeiro factoide do MP de Bequimão. Com documentos e fotos, o gestor bequimãoense prova o exagero do Ministério Público e a injustiça cometida por falta de informações.

VEJA ABAIXO A NOTA DE ESCLARECIMENTO NA ÍNTEGRA

O prefeito de Bequimão, Zé Martins, em respeito à opinião pública, e em atenção às matérias jornalísticas diversas dando conta da propositura de Ação Civil por ato de Improbidade Administrativa proposta pelo Ministério Público Estadual através de sua Promotoria instalada na Comarca de Bequimão, vem esclarecer o que segue:

1 – Inicialmente devemos reconhecer e louvar o zelo do Ministério Público na defesa do patrimônio público e da probidade administrativa, iniciativas que por vezes, devido ao excesso de zelo, acaba por cometer algumas injustiças, como foi no presente caso;

2 – Com efeito, o Município de Bequimão assinou convênio com o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Agricultura, ainda no ano de 2014, cujo objeto era a construção da infraestrutura do Parque de Exposição do município, no valor de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais);

3 – Do total contratado, o governo estadual repassou apenas R$ 100.000,00 (cem mil reais), tendo o Município de Bequimão executado bem além deste valor, prova disso é que nunca cessou as exposições no mencionado parque como mostram as fotografias que seguem em anexo a esta nota;

4 – Embora tenha recebido somente o valor da primeira parcela, apesar de reiterados pedidos de medições para receber o restante do convênio e concluir a obra, o Município de Bequimão, fez sim, a prestação de contas do valor recebido em 26 de dezembro de 2014, conforme protocolo da SAGRIMA, tendo sido a mesma autuada com o Processo 0244876/2014 (SAGRIMA), falecendo de qualquer sentido a acusação da parte do MPE de que não houve a prestação de contas;

5 – Com relação à ilação de que teria havido “irregularidades no processo”, trata-se de uma acusação totalmente sem sentido. O processo licitatório obedeceu todas as etapas previstas em lei e o objeto foi executado. Não tendo sido concluído até o final, devido à ruptura unilateral do convênio por parte do atual governo estadual.

6 – Por fim, conclamamos, não apenas o Ministério Público, mas, também, a imprensa e toda a sociedade a se manterem vigilantes quanto à fiscalização dos recursos públicos, pois da parte deste gestor tais iniciativas sempre terão todo o apoio necessário, uma vez que a fiscalização e vigilância apenas atestarão a lisura dos nossos procedimentos.

Atenciosamente,

Zé Martins.

Prefeito de Bequimão.

Ovinocaprinocultores de Bequimão organizam Expocapril para novembro

Evento consolidado na Baixada Maranhense, conta com parceria do Sebrae desde a segunda edição e, este ano, recebe patrocínio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar.

 

Reunião da ACCOCBEQ com o secretário Adelmo Soares (SAF) contou com a presença do diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins.

Reunião da ACCOCBEQ com o secretário Adelmo Soares (SAF) contou com a presença do diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins.

 A Associação dos Criadores e Criadoras de Ovinos e Caprinos de Bequimão (ACCOCBEQ) já iniciou os preparativos para a nona edição da Expocapril – Exposição de Ovinos e Caprinos de Bequimão, agendada para o período de 11 a 15 de novembro, no Parque de Exposições do município. Este ano, a entidade comemora a consolidação do evento e as parcerias firmadas para fortalecer a atividade da ovinocaprinocultura na região da Baixada Maranhense.

 

Para esta nona edição, os produtores negociaram o patrocínio da Secretaria de Agricultura Familiar do Estado (SAF) e terão, pela primeira vez, baias próprias para o acondicionamento dos animais em exposição.

 

“Esse material será de grande valia para nós, porque anteriormente, para termos as baias e organizarmos o espaço dos animais, fazíamos parcerias com entidades diversas, como a Associação dos Criadores do Maranhão. Agora, esse material será um patrimônio para a Associação que, também, pretende construir um grande galpão no Parque de Exposição, onde será realizado o evento, levando maior comodidade tanto para os criadores exporem seus animais quanto para o público que nos visita”, ressaltou o presidente da ACCOCBEQ, Leônidas Viégas Almeida.

 

A aproximação com a SAF foi intermediada pelo Sebrae, que trabalha desde a segunda edição da Expocaprilcom os produtores no sentido de fortalecer a atividade e melhorar o rebanho no município. “Acreditamos que essa aproximação dos criadores com a SAF será muito boa para o fortalecimento da ovinocaprinocultura em toda a Baixada e Litoral Ocidental Maranhense, visto que Bequimão possui um dos maiores e melhores rebanhos da região e já se tornou referência local, com os ganhos obtidos devido a atuação do Sebrae. Com todas as orientações recebidas, eles melhoraram significativamente a qualidade e a quantidade do rebanho que, hoje, já está próximo dos quatro mil animais, sendo a maioria de caprinos. No início dos trabalhos do Sebrae, esse número era cinco vezes menor”, informa o diretor superintendente da instituição no estado, João Martins.

 

Grupo de ovinocaprinocultores de Bequimão, entre eles o presidente da ACCOCBEQ, Leônidas Almeida, com o secretário Adelmo Soares (SAF) e o diretor superintendente do Sebrae, João Martins.

Grupo de ovinocaprinocultores de Bequimão, entre eles o presidente da ACCOCBEQ, Leônidas Almeida, com o secretário Adelmo Soares (SAF) e o diretor superintendente do Sebrae, João Martins.

“A parceria da SAF com o Sebrae e os criadores para alavancar a Expocapril é importante para expandir a cadeia produtiva de caprino no município de Bequimão e no território da Baixada Ocidental. Este evento que está na sua nona edição, mostra a força dos produtores de caprinos na região e o Governo do Estado apoia iniciativas voltadas para o desenvolvimento do campo e, consequentemente, do agricultor familiar”, afirmou Adelmo Soares, secretário da SAF, ao receber, na última semana em seu gabinete, um grupo de ovinocaprinocultores de Bequimão e o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins.

 

Para o secretário da Indústria e Comércio de Bequimão, Ademar Costa, o apoio do Governo do Estado será de suma importância para que, futuramente, “a Expocapril seja um evento de referência não apenas no Maranhão, mas na região Nordeste, tornando os nossos produtores aqui da Baixada e do Litoral Ocidental mais informados, tecnicamente preparados e com rebanhos competitivos no mercado”.

 

Atuação do Sebrae

Dentre as ações realizadas pelo Sebrae junto aos produtores de Bequimão com objetivo de tornar a atividade da ovinocaprinocultura um negócio promissor e uma oportunidade de trabalho e renda para os baixadeiros, o diretor João Martins destaca as principais.

 

“Trabalhamos o melhoramento genético do rebanho através do manejo reprodutivo; o foco no mercado regional e o intercâmbio com outros estados do Nordeste, a exemplo de Pernambuco, Paraíba e Piauí para troca de experiências e garantia da comercialização. Ressalto, também, as capacitações em planejamento e gestão para fortalecer a visão empresarial da Associação”, enumerou o superintendente do Sebrae, informando que, por causa da atuação da instituição e a organização dos produtores, eles realizam mais dois eventos anuais, além daExpocapril: o Dia de Campo e a Feira de Ovinos e Caprinos.

 

“Tanto esforço dos produtores resultou em mais um ganho para a região: a Expocapril passará a constar no Calendário Oficial de Feiras e Exposições Agropecuárias do Estado do Maranhão, o que foi possibilitado pela qualidade do rebanho e organização dos produtores, além da sensibilidade do governador Flávio Dino em incentivar o desenvolvimento da Baixada Maranhense e do Litoral Ocidental”, finalizou o secretário Adelmo Soares.

Qualidade genética é principal ganho em sete anos de Expocapril

DSC_0979Em sua sétima edição, a Exposição de Ovinos e Caprinos de Bequimão (Expocapril) movimentou negócios que garantem a melhoria genética dos animais do município e proporcionou momentos de lazer ao público que passou pelo parque de exposição, na MA 106, na altura do povoado Frederico, entre os dias 13 e 16 de novembro. O evento é realizado pela Associação dos Criadores e Criadoras de Ovinos e Caprinos de Bequimão (ACCOBEQ), com apoio da Prefeitura Municipal de Bequimão, Sebrae/MA e Instituto Nacional de Apoio as Micro, Pequenas e Médias Empresas (Inapem).

A cada ano a Expocapril fica maior. Desta vez, estavam em exposição cerca de 500 animais, de 16 criadores, das raças Anglo-nubiana, Boer, Dorper, Sanner, White Dorper e Santa Inês. O preço dos animais variava de R$ 240 a R$ 5 mil. “Esse evento tem mudado a mentalidade dos criadores de Bequimão. Antes, a gente botava o animal para criar e ficava esperando engordar. Agora, fazemos um controle e, com isso, conseguimos lucrar mais e ter uma carne com melhor sabor”, afirmou um dos criadores, Valbenor Costa Almeida.

Pela importância econômica da atividade, a Prefeitura Municipal de Bequimão tem apoiado o crescimento da Expocapril. Em convênio com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Maranhão (Sagrima), estão sendo feitas melhorias no parque de exposição, com a construção de um auditório e de uma churrascaria. “Apoiando os criadores, estamos investindo no empreendedorismo. E os resultados já podem ser percebidos, com o melhoramento genético dos animais da nossa região e crescimento do rebanho”, destacou o prefeito Zé Martins.

DSC_0976Na avaliação do presidente da ACCOBEQ, Edilson Coelho, houve um crescimento de 200% na qualidade e quantidade dos animais criados em Bequimão. “Alguns produtores tinham dois ou três animais, não tinham aprisco. Hoje, vários adequaram suas propriedades, já têm pastagens e apriscos”, frisou o presidente, ressaltando, ainda, que todos os criadores do município trabalham atualmente com reprodutores P.O (puros de origem).

Em termos práticos, isso significa ganhos no tamanho, na qualidade da carne e leite e maior velocidade no ganho de peso. Com os animais nativos, os criadores só conseguiam, em média, de 8 a 10 kg de carne, nos animais abatidos ao completarem 1 ano. Os melhorados geneticamente têm um rendimento de 20 a 25 kg de carne, no mesmo período.

Programação

Nos quatro dias da VII Expocapril, houve palestras técnicas, leilões de animais, laços de bode, comercialização de animais, concurso da garota Expocapril e shows. No primeiro dia, aconteceu a Expocapril Gospel, com apresentações dos cantores evangélicos Rafaela Mendes e o Mauricio Paes.

Expocapril movimenta final de semana em Bequimão. Secretário Cláudio Azevedo participou do evento

expocapril

O secretario de estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Cláudio Azevedo, representou a governadora Roseana Sarney na solenidade de abertura oficial da VI Expocapril – Exposição de Ovinos e Caprinos de Bequimão, na Baixada Maranhense.

A exposição teve inicio na última sexta-feira e vai até este domingo, com uma programação que inclui exposição, julgamento e leilão de animais, palestras técnicas, shows musicais, entre outros. Segundo a organização do evento, participam da exposição cerca de 500 animais, e a expectativa é fechar o evento com um volume de negócios perto dos R$ 50 mil – cerca de 50% a mais do que o registrado no ano passado.

Para o secretario Cláudio Azevedo, exposições como essa, que é organizada pelos próprios produtores, são fundamentais para o desenvolvimento da pecuária na região. “Fico feliz quando vejo os produtores se unindo, melhorando a genética dos rebanhos, buscando capacitação e novas tecnologias de manejo. E é por isso que o governo do estado apoia esses eventos, porque sabe são fundamentais para desenvolver a nossa pecuária”, declarou o secretário. Cláudio Azevedo também destacou a vocação da região da Baixada Maranhense para a agropecuária. “A grande vocação econômica do Maranhão é a agropecuária. Onde o setor é forte, o IDH é alto. E a Baixada Maranhense tem um potencial produtivo enorme, seja para a agricultura, bubalinocultura, bovinocultura, ovinocaprinocultura, piscicultura e até apicultura”, destacou.

O prefeito do município, José Martins, destacou o crescimento do evento. “A cada ano a exposição recebe mais animais e mais público”, ressaltou. O rebanho do município, que, segundo levantamento da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED-MA) é de 1,154 ovinos e 781 caprinos, vem passando por melhoria genética. “Há cinco anos, a média de peso dos nossos animais era de 7 kg, aos seis meses de idade. Hoje, no mesmo período, temos animais pesando 15 kg. Dobramos nossa oferta de carne!”, comemorou o presidente da Associação dos Criadores e Criadoras de Ovinos e Caprinos de Bequimão (ACCOBEQ), Valbemor Costa Almeida.

Também presentes ao evento de abertura, o deputado estadual Jota Pinto, o superintendente da 8a. Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (CODEVASF), João Batista Martins, o Secretário Adjunto da SAGRIMA, Raimundo Coelho de Sousa, o Secretário Adjunto de Renda e Cidadania da SEDES (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar), Expedito Moraes, o Prefeito de Peri-Mirim, João Felipe Lopes, o vice-prefeito de São Bento, Isac Filho, o Diretor Administrativo e Financeiro do SEBRAE-MA, Raimundo Nonato Corrêa, o Superintendente do SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), Antônio Figueiredo, e o Diretor-Secretário da FAEMA (Federação da Agricultura do Estado do Maranhão), Carlos Antônio Feitosa.

Ovinocaprinocultura – Segundo dados da AGED, o Maranhão possui um rebanho de mais de 145 mil ovinos e 133,7 mil caprinos, o que coloca o estado no 7º lugar no ranking nordestino.

O Estudo de Mercado da Ovinocaprinocultura do Maranhão, realizado pelo SEBRAE-MA, apronta que, de 2003 a 2011, o rebanho ovino do estado cresceu 49% e o caprino 15%. As regiões que apresentaram maior crescimento do rebanho ovinocaprino foram o oeste e o centro maranhense. A pesquisa também revela que o maior consumo de carne caprina é verificado em Imperatriz, e que o município de Timon concentra o maior número de consumidores de carne ovina.

Texto: Raquel Araújo (Sagrima/Aged)