Lançada em Cururupu a 14ª edição da Agritec

O Sebrae é parceiro do Governo do Estado na realização do evento. Dezenove municípios que integram o território foram convidados e enviarão suas caravanas formadas por produtores que comercializarão seus produtos e participarão de toda a programação.

 

A 14ª edição da Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) – Território da Baixada, que será realizada nos dias 07, 08 e 09 de dezembro, na cidade de Cururupu, foi lançada oficialmente na tarde desta segunda-feira (06), em uma solenidade no Centro de Convenções do município.

A feira é uma realização do Governo do Estado do Maranhão, por meio da Secretaria Estadual da Agricultura Familiar (SAF), com o apoio do Sebrae, da Prefeitura Municipal de Cururupu, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp) e diversas entidades, sindicatos, associações e movimentos.

“Em 2017, o Sebrae renovou a parceria com o Governo do Estado, pois percebe que a Agritec é uma grande oportunidade para os pequenos produtores rurais se atualizarem e terem acesso a novas tecnologias, o que consideramos algo positivo e que contribui para o incentivo ao empreendedorismo”, afirma João Martins, diretor superintendente do Sebrae no Maranhão.

O lançamento contou com a presença do gestor de projetos do Sebrae em Pinheiro, Breno Soeiro, que na ocasião representou a instituição parceira,  o secretário estadual da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, da prefeita de Cururupu, Professora Rosinha, do secretário adjunto de Agricultura Familiar do Estado, Francisco Sales, da superintendente da SAF e coordenadora da Agritec, Marilene Bandeira, além de representantes do poder público municipal, de órgãos estaduais ligados a agricultura, sindicatos e associações.

O Secretário Estadual de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, disse acreditar que a 14ª edição da feira realizada em Cururupu, tem tudo para ser uma das maiores já realizadas.

“Só é possível ter ideia da importância de uma Agritec e o que ela representa de positivo para uma região quando se sedia e participa de uma edição, é uma feira grandiosa, de um alcance e um retorno tremendo para todos aqueles que participam. A agricultura familiar hoje no estado do Maranhão tem visibilidade e muito disso se deve ao legado que está sendo construído pela Agritec e ao compromisso dos nossos parceiros e produtores, por isso acreditamos que essa edição pode ser do tamanho que todos nós quisermos e será gigantesca sem dúvida nenhuma”, enfatizou Soares.

Secretário Estadual da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, discursa durante a abertura oficial da 14ª Agritec.

A Agritec – Território Baixada Ocidental, terá como principal objetivo proporcionar ao agricultor familiar de toda região a oportunidade de conhecer e ter acesso a tecnologia que movimenta o mundo do agronegócio, além de poder comercializar os seus produtos para visitantes de todo o estado.

Para a prefeita anfitriã da Agritec – Território Baixada Ocidental a feira é uma grande oportunidade de atrair desenvolvimento para toda a região.

“Pela primeira vez a região do litoral ocidental sedia um evento dessa magnitude é nossa obrigação realizar uma grande feira e mostrar que a nossa região tem potencial, riquezas e um povo trabalhador”, projetou Rosinha.

Público presente no lançamento da 14ª edição da Agritec – Território Baixada Ocidental.

A FEIRA

Dezenove municípios que integram o território foram convidados e enviarão suas caravanas formadas por produtores, que comercializarão seus produtos, participando ainda de toda a programação de cursos, palestras, mesas redondas e oficinas que serão realizadas nas áreas de pesca, piscicultura, horticultura, fruticultura, mandiocultura, caprinocultura, gestão e comercialização de produtos e oportunidades de negócios para a agricultura familiar.

Capacitações na área da gastronomia e apresentações culturais complementam a programação da feira que acontecerá na praça Sesquicentenário (Antigo Aeroporto) no bairro Jacaré em Cururupu.

Anúncios

Empresários vimarenses viabilizarão ações após II Festival Gastronômico

No coração da Floresta dos Guarás, o lançamento do evento promovido pelo Sebrae, movimentou a economia de Guimarães e tornou-se opção de lazer para as famílias e visitantes no feriado da Semana Santa.

O município de Guimarães, na microrregião do Litoral Ocidental Maranhense, recebeu no sábado, 15, o último evento de lançamento do II Festival Gastronômico Delícias do Mar, realizado pelo Sebrae no Maranhão.

Na cidade coração da Floresta dos Guarás, mais de 400 pessoas foram ao Espaço Trapiche, às margens da Baía de Cumã, e prestigiaram a ação de marketing idealizada para promover o evento. O resultado foi tão positivo que os empresários já estão organizando mais ações similares para movimentar a economia e os estabelecimentos locais de alimentação fora do lar.

Para o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, o objetivo da instituição é justamente fazer com que os empresários tomem à frente e, com mais conhecimento e gestão adequada, possam se manter no mercado com sustentabilidade.

Vimarenses e turistas que visitavam a cidade durante o ferido da Semana Santa também aprovaram o lançamento do evento, regado a muitas delícias do mar e ao som da voz e do violão do cantor Fernando Pessoa.

Participaram da ação de lançamento do II Festival Gastronômico Delícias do Mar em Guimarães, seis restaurantes vimarenses, um de Cururupu e três de Porto Rico do Maranhão.

Floresta dos Guarás

O Polo Turístico Floresta dos Guarás é um pequeno ecossistema brasileiro, localizada no litoral ocidental do estado e banhada pelo oceano Atlântico, composto por parte da floresta amazônica em sua fauna e flora, mangues, florestas, ilhas desertas e áreas de restingas. Leva esse nome em homenagem à bela ave de plumagem vermelha, comum na região: o guará.

O local, que conta com atrativos naturais e culturais, foi incluído com polo ecoturístico por excelência e envolve os municípios de Bequimão, Cedral, Guimarães, Mirinzal, Porto Rico do Maranhão, Serrano do Maranhão, Cururupu, Bacuri e Apicum Açu. Destaca-se como santuário ecológico formado por baías e estuários onde os rios desaguam em meio a manguezais.

Fonte: Mirinzalense

Sebrae organiza Festival Gastronômico Delícias do Mar em municípios do Polo Turístico São Luís e Floresta dos Guarás

Ao todo, são 47 restaurantes de nove municípios da ilha de São Luís e do Litoral Ocidental que oferecerão 62 pratos e sobremesas com frutos do mar e frutas locais como ingredientes principais e executadas com diversas técnicas gastronômicas

 

O Sebrae está preparando uma oportunidade para degustar pratos e sobremesas especiais que resgatam as cores, os cheiros e os sabores da culinária maranhense, com frutos do mar e frutas típicas do litoral do estado. Trata-se do Festival Gastronômico Delícias do Mar, que começa na próxima quarta-feira (05) e vai até 23 de abril.

Para o festival, os chefs de 47 restaurantes de nove cidades da ilha e do litoral ocidental maranhense – de São Luís, São José de Ribamar, Raposa, Alcântara, Bequimão, Guimarães, Cedral, Porto Rico do Maranhão e Cururupu – prepararam pratos únicos e especiais, com toques diferenciados e com ingredientes próprios do Maranhão como sururu, camarão, caranguejo, sarnambi, todos oferecidos a preços especiais, e sobremesas inspiradas nas frutas locais como o abacaxi, o murici e o bacuri.

O primeiro lançamento está marcado para acontecer na próxima quarta-feira (5) no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, as 19h. Na ocasião será feita uma degustação promocional dos 18 restaurantes participantes de São Luís, São José Ribamar e Raposa.

Mariscada servida pelo Restaurante da Eugência, em Alcântara é um dos pratos participantes do Festival Delícias do Mar

“Vamos transformar o centro de convenções em um ambiente que lembre o litoral maranhense e suas atrações. Durante o lançamento do Festival Gastronômico e nas ações que promoção que faremos no interior, os restaurantes participantes servirão amostras para degustação dos pratos e sobremesas que estão participando da iniciativa”, afirmou o diretor superintendente do Sebrae, João Martins.

O diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, acredita que o Festival vai contribuir não só com a divulgação dos restaurantes como também de destinos turísticos, principalmente no Polo Floresta dos Guarás.

Além do lançamento, ainda estão previstas mais três ações de lançamento do festival no interior do estado: no dia 7, ás 19h, na Escola Presidente Kennedy em Alcântara; 9 de abril, ao 12h, no restaurante Estação Marítima, no Povoado Paricatiua, em Bequimão, e 15 de abril, as 19h, no restaurante Espaço Trapiche, em Guimarães.

Esta é a segunda edição do Festival Gastronômico que o Sebrae organiza. Em outubro de 2015, durante o período do Movimento Compre do Pequeno Negócio, a instituição organizou o festival pioneiro com tema Sabores do Pescado, como uma ação do projeto Serviços Turísticos do Polo São Luís, executado pela Unidade Regional do Sebrae em São Luís.

“A edição de 2015 serviu como um piloto, que contou com a participação restaurantes dos municípios de São José de Ribamar, Raposa e Alcântara e envolveu também piscicultores atendidos pelo Sebrae na Região Metropolitana de São Luís, que forneceram a matéria prima, o pescado, para a preparação dos pratos. Foi um grande sucesso, mostrando que há demanda por parte do público e interesse por parte dos empreendedores atendidos. Por isso optamos pela realização de um festival anual como forma de promover a gastronomia como atração turística nos polos de São Luís e do Litoral Ocidental”, explicou Martins.

 

PRATOS

Ao todo, os restaurantes que estão participando do Festival Gastronômico Delícias do Mar prepararam 47 pratos e 15 sobremesas, que foram realizados com as mais diversas inspirações e técnicas gastronômicas.

O restaurante Estação Marítima, no Povoado Paricatiua, sediará o evento de lançamento do Festival Delícias do Mar em Bequimão, no dia 09 de abril, às 12h.

Vão desde os pratos tradicionais, como o Peixe Serra Frito, a Tainha de Genipaúba, a Torta de Sarnambi e Sururu ao Leite de Coco, o Caranguejo Toc Toc, a Peixada, a Corvina Açu Frita, Creme de Camarão, Mariscada da Casa e a Espeto de Camarão aos pratos de inspiração mediterrânea, como o Camarões a Spaguetti e o Camarão Vignolli, urbana, como a Pizza de Camarão e a Pizza de Caranguejo com Creme de Macaxeira, e oriental, Teppan Misto e o Peixe com Legumes.

 

No entanto, boa parte dos pratos podem ser classificados como de inspiração contemporânea, como o Sururu ao Paletó, Fideuá Casa D’Arte, Risoto de Uritinga com Alho Poró e Encantos do Maranhão.

O tradicional caranguejo toc toc é a aposta do Restaurante El Pescador, em Porto Rico do Maranhão

Entre as 15 sobremesas, oferecidos por a inspiração vem das frutas regionais. O resultado são sobremesas coloridas, cheias de sabor e estilo, com muito potencial de surpreender quem resolver experimentar, como o Sorbet de Manga com Tuile, o Bolo de Abacaxi com Mousse de Manga, a Torta Quente de Banana com Canela e o Gelado de Teperebá.

Para quem ficou curioso, o Festival Gastronômico Delícias do Mar tem um hotsite que já está no ar e pode ser acessado no endereço eletrônico: http://www.festivaldeliciasdomar.com.br/. Lá, é possível conferir as fotos e informações dos restaurantes, pratos e sobremesas que estão participando da iniciativa. Mas o bom mesmo ir pessoalmente conferir as cores, sabores e cheiros das delícias do mar oferecidas pelos 47 restaurantes que estão participando do Festival Gastronômico.

 

Fonte: Comunicação Sebrae

Fotos: Veruska Oliveira.

Finalizada licitação da ponte sobre o Rio Pericumã

O Governo do Estado, por meio da Comissão Especial de Licitação (CEL), finalizou a licitação para contratação de empresa para construção da Ponte Rodoviária sobre o Rio Pericumã, localizada na MA-211, no trecho Bequimão – Central do Maranhão. O Consórcio Epeng/ FN Sondagens foi a licitante vencedora do certame com a proposta mais vantajosa de R$ 68.342.637,42.
Com a publicação do aviso de resultado final, o início da construção da ponte só depende dos trâmites finais, previstos no edital, para a contratação da vencedora. “Estamos dando mais um passo para ver concretizado um dos objetivos da gestão do governador Flávio Dino para a região da baixada e Litoral Ocidental, que visa melhorar as condições de infraestrutura rodoviária e facilitar a mobilidade da população”, destacou o presidente da CEL, Odair José Neves.

Licitação

A licitação para contratação de empresa especializada para construção da Ponte foi lançada em abril desse ano, com valor total estimado em R$ 75.759.094,32. Na primeira sessão pública, foram credenciadas as empresas Sultepa Construções e Comércio Ltda, o Consórcio Epeng-FN Sondagens e a Construtora Gaspar S/A.
Durante a análise dos documentos de habilitação, foi habilitada o Consórcio, que também apresentou a proposta de preço mais vantajosa e dentro dos critérios estabelecidos no edital de licitação.
Ponte
O projeto prevê a construção de uma Ponte com vigamento em aço e laje em concreto armado sobre o Rio Pericumã, com extensão de 589 m, interligando os municípios de Bequimão e Central do Maranhão, viabilizando o acesso das cidades de Mirinzal, Guimarães, Cedral, Cururupu, Porto Rico, Serrano do Maranhão, Bacuri e Apicum-Açu, reduzindo em até 125 km o percurso dos moradores da região.
A Ponte sobre o Rio Pericumã que terá estrutura mista, composta de concreto e aço, com vigas metálicas, além de encurtar outros caminhos da Baixada, a ponte sobre o Rio Pericumã diminui em 32 km o trecho até a MA-106, que leva ao Cujupe. Assim, moradores dos municípios de Bequimão, Central do Maranhão, Mirinzal, Guimarães, Cedral, Cururupu, Porto Rico, Serrano do Maranhão, Bacuri e Apicum-Açu terão o trajeto até à capital reduzido.

Conheça as praias mais badaladas da Floresta dos Guarás no Interclã maranhense

PRAIA1O Polo turístico Floresta dos Guarás é rico em encantos e belezas. O patrimônio cultural, gastronômico, histórico, natural da região é reconhecido pelo Ministério do Turismo, que incluiu Apicum Açu, Cedral, Cururupu, Guimarães, Mirinzal, Porto Rico e Serrano no Mapa do Turismo Brasileiro. Apesar de ainda incipiente, a atividade turística já começa a gerar renda nesses municípios.

O Polo Turístico possui como característica principal uma vasta floresta de manguezais margeando reentrâncias marinhas. Despontando entre os manguezais, encontramos praias belíssimas, grande maioria delas ainda intocadas, frequentadas por comunidades de pescadores que tiram seu sustento do generoso mar.

Algumas poucas praias da região recebem um fluxo constante de banhistas. Em geral são pessoas de municípios e regiões vizinhas que aproveitam feriados, finais de semana para relaxar, buscando a combinação de sol, mar, areia, cervejinha gelada e uns petiscozinhos. Apresentamos a seguir, a lista das praias mais frequentadas na região do Litoral Ocidental Maranhense.

PRAIA DE ARUOCA – GUIMARÃES

aru1

A praia de Aruoca, situada a dezoito quilômetros da sede de Guimarães, é sem sombras de dúvidas, a mais conhecida da região. Dificilmente um pinheirense não a conheça, além de Pinheiro, ela atrai frequentadores provenientes de diversas cidades da Baixada (São Bento, Santa Helena, Peri-Mirim, Palmeirandia), do Turi (Maracaçumé, Zé Doca, Governador Nunes Freire, Turilândia) e do próprio Litoral Ocidental (Mirinzal, Central, Cururupu). Em períodos de feriados prolongados, vimarenses radicados em São Luís, e outras cidades e estados também a frequentam. Aruoca conta com inúmeros bares e restaurantes rústicos, que servem comidas saborosas, infelizmente não possui pousadas, porém há o Abrigo Turístico de Aruoca, construído com recursos do governo federal.

PRAIA DE OUTEIRO – CEDRAL

out1A praia de Outeiro é conhecida pela tradicional regata realizada a cada sete de setembro. É o principal porto e maior colônia de pescadores do município. Fica a poucos quilômetros da Sede municipal, sendo praticamente um bairro de Cedral. Essa proximidade a favorece, possuindo infraestrutura razoável, comparada com outras praias da região.

PRAIA DO BARREIRÃO – CEDRAL

Barr1A praia do Barreirão fica localizada no povoado de Pericaua, cinco quilômetros da Sede municipal. Faz menos de dez anos que essa praia se tornou a nova coqueluche da região, atraindo banhistas de cidades da Baixada, Turi e Litoral Ocidental. Possui uma rede de bares e restaurantes rústicos e conta com uma pousada de qualidade em Pericaua.

PRAIA DA BELA VISTA – APICUM AÇU

Bela VFaz apenas três anos que a estrada de acesso para a praia de Bela Vista foi inaugurada. A estrada que até pouco tempo era de terra e possibilitava apenas acesso de motos ao local, liga a MA-303 à praia de Bela Vista, nas proximidades do povoado Boa Esperança, não muito longe da Sede de Apicum Açu. A nova opção de lazer atrai sobretudo banhistas do próprio município e de Bacuri, chegando a receber mais de duas mil pessoas num único final de semana e gerando mais de trinta mil reais em renda nos bares e restaurantes da praia.

DESAFIOS

O tipo de turismo praticado nessas praias é o chamado turismo de sol e praia, cuja clientela permanece geralmente menos de 24 horas no local, sem pernoitar, com a finalidade de recreação entre familiares e amigos. Diferente da ilha de Lençóis, em Cururupu, que atrai sobre tudo turistas nacionais e estrangeiros, Aruoca, Outeiro, Barreirão e Bela Vista atraem basicamente frequentadores locais e regionais.

O desenvolvimento do turismo de massa nessas praias está ligado à construção das vias de acesso, mesmo que sejam estradas vicinais, e frequentemente estejam em má estado de conservação. As vias de acesso para Outeiro receberam melhorias no início dos anos 1980, em Aruoca isso se deu no início dos anos 90, enquanto para Barreirão e Bela Vista efetivou-se durante a década de 2010. Já as praias de Cururupu, município que possui o maior número delas na região, não são acessíveis por vias terrestres.

Porém, observa-se que não há planejamento em consonância com o fluxo de visitantes nas praias. Isso poderá afetar a médio e longo prazo a qualidade ambiental e social dos lugares, levando à perda da sustentabilidade na exploração do meio. Ocupações irregulares e desordenadas das dunas, poluição sonora, lixos acumulados, ausência de lixeiras e da coleta de resíduos sólidos, degradação ambiental são alguns dos desafios que as comunidades litorâneas e gestores públicos terão que enfrentar para tirar melhor proveito desses paraísos naturais da Floresta dos Guarás.

BLOG SEMATUR

Acesse: Florestadosguarás

 

 

 

Sebrae lança projeto para dinamizar economia do Litoral Ocidental

Com duração de três anos, o DET visa fortalecer as atividades produtivas locais por meio do empreendedorismo para, geradoras de emprego e renda à população da microrregião.

 

O diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, apresentou os objetivos do projeto a prefeitos, secretários, empresários e entidades representativas da sociedade civil dos municípios

O diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, apresentou os objetivos do projeto a prefeitos, secretários, empresários e entidades representativas da sociedade civil dos municípios

 

 

Lançado na última terça-feira, 24, no município de Mirinzal, mais um Projeto de Desenvolvimento Econômico Territorial no Maranhão. Trata-se do DET Litoral Ocidental, executado pela unidade regional do Sebrae em Pinheiro, que tem objetivo de dinamizar a economia de 11 municípios dessa microrregião do estado por meio do atendimento aos pequenos negócios – Alcântara, Apicum-açu, Bacuri, Bequimão, Cedral, Central do Maranhão, Cururupu, Guimarães, Mirinzal, Porto Rico do Maranhão e Serrano do Maranhão.

 

Durante o evento, conduzido pelo diretor superintendente do Sebrae no estado, João Martins, cinco prefeitos presentes assinaram o Termo de Adesão ao DET, firmando a parceria com o Sebrae – Amaury Almeida (Mirinzal), Vanderlino Gonçalves (Central do Maranhão), Maria Donária Rodrigues (Serrano do Maranhão), Nilce Farias (Guimarães) e Rosa Ivone Fonseca (Porto Rico).

 

O projeto será executado em três anos (2016-2018), voltado tanto para a zona urbana quanto rural dos municípios integrantes da Litoral Ocidental e Polo Turístico Floresta dos Guarás. Para tanto, o Sebrae contará – além do poder público, da parceria de instituições de fomento, assistência técnica e da sociedade civil organizada, com suas entidades e instâncias representativas.

 

“O DET é um projeto complexo, voltado para o desenvolvimento sistêmico do Litoral Ocidental. Uma estratégia para fortalecer as atividades produtivas locais, geradoras de emprego e renda; despertar o empreendedorismo baseado no potencial de oportunidades e vocações locais, como o turismo e a pesca artesanal, de maneira a contribuir com a inclusão produtiva e a geração de novos negócios, promover um ambiente econômico favorável por meio da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas”, informou o diretor superintendente do Sebrae, João Martins.

Seis prefeitos da região assinaram o termo de adesão ao projeto DET Litoral Ocidental

Seis prefeitos da região assinaram o termo de adesão ao projeto DET Litoral Ocidental

 

Para o prefeito de Mirinzal, Amaury Almeida, anfitrião do evento, o projeto mostra mais uma vez o quanto a instituição pode ser parceira do poder público municipal no que se refere ao desenvolvimento das cadeias produtivas locais. “É uma parceria que, certamente, trará muitas mudanças para esta região, dando maior oportunidade para a população”, pontuou.

 

 

Impacto econômico

 

No evento, o gerente de Gestão Estratégica do Sebrae no Maranhão, Antônio Garcês, informou aos presentes que o Sebrae contratou a Fundação Josué Montelo para realizar uma pesquisa de impacto econômico na região com a construção da ponte sobre o Rio Pericumã, que ligará os municípios de Bequimão a Central do Maranhão. A fase de campo já foi realizada e os pesquisadores estão na fase de conclusão do relatório. “Os resultados pautarão as ações do projeto DET Litoral Ocidental com foco, inclusive, para o desenvolvimento do turismo regional”, apontou o gerente.

 

Nesse aspecto, o Sebrae apresentou uma ferramenta inovadora que será utilizada pelo DET: o GuarásTour, um aplicativo que já está sendo desenvolvido e que reunirá produtos, serviços e roteiros turísticos da região, além do resgate histórico e cultural dos municípios.

 

“O DET Baixada Litoral Ocidental tem como referencial um empreendimento de infraestrutura do Governo do Estado que será significativo para a população dessa região, que é a ponte Bequimão-Central do Maranhão. Passaremos a ter aqui uma integração de valores, colocando no mesmo espaço de transformação os empresários, o poder público local, as comunidades tradicionais e aproximar as ações do governo federal e do governo do estado com as ações do governo municipal. Com as ações, o projeto nos ajudará a otimizar os recursos financeiros e os resultados que, com certeza, serão transformadores”, reforçou o diretor superintendente do Sebrae no maranhão, João Martins.

Pólo Floresta dos Guarás realiza Encontro no Litoral Maranhense

guarás
Nos dias 30 de Abril e 1º de Maio de 2016 o Pólo Floresta dos Guarás estará realizando oI ENCONTRO DO PÓLO FLORESTA DOS GUARÁS: LITORAL OCIDENTAL MARANHENSE PELA SUSTENTABILIDADE no Teatro Guarapiranga, em Guimarães- MA. O encontro tem por objetivo reunir poder público e sociedade civil em torno da discussão de eixos norteadores tais como: Mudanças Climáticas, Pesca predatória, Resíduos Sólidos, Geração de Renda, Empreendedorismo, Segurança Pública. Ocasião em que estará sendo definido o FÓRUM DE GOVERNANÇA DO POLO FLORESTA DOS GUARÁS onde se oficializará a formação da Instância de Governança deste Polo Turístico.
DETALHES DO ENCONTRO
Data: 30 de Abril (Sábado) e 1º de Maio (Domingo) de 2016.
Hora: 8h às 17h (Sábado) e 08h às 10h (Domingo).
Local: Teatro Guarapiranga, Rua Dias Vieira-Centro, Guimarães.
Contatos da Comissão Organizadora: florestadosguaras@gmail.com
Contatos:  98  81008878 Tim /WhatsApp  98 988346190 Oi /  98  985077660 Claro/WhatsApp
PROGRAMAÇÃO DO ENCONTRO 
MANHÃ DE SÁBADO (30/04/2016)
8h  às 8h30 –   Inscrição
8h30   às   9h   – Abertura oficial do evento
•Composição da Mesa por prefeitos e secretários municipais.
9h  às 10h30    – MESA 1
TEMAS 1:  Mudanças Climáticas
•Profª. Drª Flavia Mochel (Pesquisadora).
TEMA 2:  Pesca Predatória
•Ana Luiza  (Presidente da Colônia de Pescadores de Guimarães)
•José Francisco ( Técnico Ambiental da SEPRODEMA)
•Carlos dos Santos (Presidente do Sindicato dos Pescadores de Apicum-Açu)
TEMA 3: Resíduos Sólidos 
•Ronald Damasceno (Federação Maranhense de Consórcios Públicos Intermunicipais-FEMACI).
•Nira Fialho (Instituto Brasileiro de Administração Municipal/ IBAM-MA).
10h30  AS  10:45  –   INTERVALO 
10h45  AS 12:15 –    MESA 2
TEMA 1: Geração de Renda e Empreendedorismo
•Tec. David Felipe – SEBRAE/Pinheiro
•Bióloga Isabela Castro – SEAP
•Drª. Luzenice Macedo Martins (Presidente do Instituto Maranhão Sustentável).
•Carlos Lula ( Secretário Estadual Adjunto de Cultura e Turismo do Maranhão).
TEMA 2: Segurança Pública  
•Maj. Robson Cláudio Martins Silva (Comandante da 2ª Companhia  Independente).
TEMA 3: Segurança no Trânsito
•Luís Henrique  Fonseca (Secretário de Infraestrutura de Porto Rico do Maranhão).
•Luís Câmara  (Secretaria de Estado da Educação).
TARDE DE SÁBADO (30/04/2016)
14h – Formalização do Fórum de Governança do Pólo Floresta dos Guarás.
19h- Atração Cultural
MANHÃ E TARDE DE SÁBADO ( 30/04/2016)-
Exposições Científicas, Gastronômica, Artística e Institucionais. Horário de visitação: 10h as 17h. Local: Teatro Guarapiranga.
Exposição Científicas  ( Banners e Pôster)
•Isabela Castro -“ Modelo Sustentável de Produção no Mangue”
•Ana Luiza – “Sistema de Produção de Ostras”.
•Roberto Santos Ramos –(falta o título)
•Bianca Ingrid Marques Moreira,  Lurdileia da Jesus Rodrigues Fonseca, Vítor Rafael Cardoso Neto e Roberto Santos Ramos-“ A degradação da Praia de Araoca  localizada no Município de Guimarães, Litoral Ocidental Maranhense”.
•Luzenilce Macedo Martins- Casas de taipa
•Vítor Rafael Cardoso- Mini Coleção de invertebrados marinhos e conchas coletadas nas praias de Araoca e Recreio.
•Gissely- Turismo na Floresta.
•Marinelton S. Cruz – Painel “ Costa Amazônica Maranhense”
Exposições institucionais
Prefeitura de Guimaraes- Comercialização de Produtos Artesanais e Agricultura Familiar.
IFMA- Mirinzal –  Projeto de implantação do IFMA de Mirinzal
SINFRA – Projeto  “Ponte sobre o Rio Pericumã”.
CERMANGUE
•Exposição de Conchas Marinhas.
•Exposição de Fotografias de Educação Ambiental em Manguezais.
•Viveiro Virtual, Mini Manguezal encantado
•Jogos educativos, Desenhos- Colorindo o Manguezal
•Exposição de Livros, cartilhas e materiais didáticos em educação ambiental.
•SEBRAE/Pinheiro – Apresentação de Ações na Região
•Paulo Montanha – Pres. SINDETUR – exposição Institucional do Sindicato das Empresas de
Turismo do Maranhão
Exposições Artísticas
•Cleilde Louzeiro Moreira – Exposição fotográfica “Floresta dos Guarás”
•Rubinaldo – Exposição fotográfica “Município de Cedral”
•Will Borges- Exposição fotográfica “Município de Apicum-Açu”.
•Aricelia Cantanhede Sales- Exposição em painéis e maquete “Casas de Taipa”
Exposição Gastronômica
•Comidas Típicas do Festival de São José
MANHÃ DE DOMINGO (01/05/2016)
08h- Visita Técnica (comunidade de pescadores Camaçaua/Siribeira). Sujeito a alterações.
* Com informações de http://florestadosguaras.blogspot.com.br/