Prefeito Zé Martins articula parcerias para inserção de mão de obra local nas obras para construção da Ponte do Rio Pericumã

Além de qualificar mão de obra local em atividades que serão demandadas na construção da ponte, o Prefeito buscou o Sebrae para preparar os comerciantes e empreendedores do município para a chegada de novas demandas de consumo.

 

Prefeito Zé Martins, Edilson Baldez (FIEMA), João Martins (SEBRAE) e Marco Moura (SENAI) articulam parcerias visando oportunidades de emprego e negócios advindos da construção da Ponte do Pericumã

O Prefeito Zé Martins está ultimando os detalhes e termos de parcerias para garantir que as obras de construção da Ponte sobre o Rio Pericumã, de responsabilidade do Governo do Estado do Maranhão, trarão novas oportunidades de emprego, geração de renda e negócios para a população do município de Bequimão, localizado estrategicamente na porta de entrada do litoral ocidental maranhense.

 

Na semana passada, o prefeito esteve reunido com o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão – FIEMA, Edilson Baldez, o superintendente do SEBRAE, João Martins e o superintendente do SENAI, Marco Moura, para definir os termos da futura parceria com as instituições do Sistema S.

 

“Informações do governo do estado calculam que as obras de construção da Ponte vão gerar mais de 500 empregos. Nosso esforço então será para garantir que o máximo possível de vagas sejam ocupadas por trabalhadores de Bequimão e de municípios vizinhos, mas isso só vai acontecer se tivermos mão de obra qualificada e preparada para atender essa demanda de forma eficiente”, explica Zé Martins, que  informa que estão sendo negociados cursos técnicos profissionalizantes para as atividades de pedreiro, armador, ferreiro, entre outras.

 

Parceria da Prefeitura de Bequimão com instituições do Sistema S prevê a ofertas de cursos profissionalizantes e de gestão empresarial para trabalhadores e empreendedores locais

O convênio para a oferta de cursos profissionalizantes prevê inicialmente a oferta de treinamentos de iniciação profissional, aperfeiçoamento e qualificação.

 

Cada curso terá um perfil diferenciado, devendo os candidatos preencherem os pré-requisitos e critérios necessários para obtenção da vaga.

 

De acordo com o prefeito Zé Martins, a parceria vai possibilitar qualificação profissional não apenas dos jovens mas, também, de adultos em busca de recolocação no mercado de trabalho.

 

Para o presidente da FIEMA, Edilson Baldez, além do conhecimento, esta oportunidade vai gerar ainda a possibilidade de ingressar no mercado de trabalho ou investir no seu próprio negócio, melhorando a qualidade e aumentando a oferta de serviços no município e na região.

 

“Para o Sistema FIEMA é uma grande satisfação essa parceria. Atendendo a essa demanda do prefeito estamos também cumprindo nossa missão de levar educação profissional de qualidade para o povo maranhense”, completou.

 

Os termos de parceria com as instituições devem ser formalizados em algumas semanas.

Oportunidades de negócios – O Superintendente do Sebrae, João Martins, explica que a própria instituição realizou estudos por meio do Observatório Sebrae, onde foram analisados os impactos que a obra de construção da ponte deve trazer para a economia do município, demandando melhor preparo dos empreendedores já atuantes no município e sinalizando novas oportunidades de negócios que chegarão junto com o início e evolução da obra.

 

“O diagnóstico realizado pelo Sebrae nos alertou que é preciso preparar melhor nossos empreendedores para atenderem os novos clientes que chegarão. Também mostrou que nossa cidade será terreno fértil para novos investimentos privados que serão atraídos com a conclusão da obra”, acredita o prefeito.

 

Pela parceria que está sendo articulada com o Sebrae deverá ser oferecida uma série de treinamentos e programas de orientação e consultoria empresarial focando nas oportunidades identificadas no estudo de impacto socioeconômico.

 

“Vamos adequar nossas atividades com soluções e serviços especializados, para que atendam da maneira mais eficiente e com foco em resultados, visando melhorar a gestão e sustentabilidade das empresas locais”, aponta o diretor superintendente do SEBRAE, João Martins.

 

O executivo informa ainda que a parceria deverá envolver tanto soluções de educação empreendedora como ações de políticas públicas de fomento aos pequenos negócios; e eventos e ações programadas de acesso ao mercado para os empresários do município, como rodadas de negócios com a empresa responsável pela obra – Consórcio Epeng – cujo canteiro de obras já está instalado em Bequimão.

 

Anúncios

Governo do Estado, Sebrae e Embrapa lançam circuito de feiras Agritec

01_Lançamento AgritecO pequeno produtor rural é o principal alvo da Feira de Agricultura Familiar e Tecnologia (Agritec), que será realizada pelo Governo do Estado, Sebrae/MA e Embrapa nos municípios de São Bento, Caxias, Açailândia e Bacabal, entre os meses de agosto e fevereiro do ano que vem.

O lançamento aconteceu na última terça-feira (14), no Palácio dos Leões, com a presença do governador Flávio Dino, do presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho, do secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, do diretor superintendente do Sebrae, João Martins, do chefe geral da Embrapa Cocais, Valdemício Sousa, dos prefeitos dos municípios envolvidos, Carlos Aberto Lopes Pereira, o Carrinho (São Bento), Léo Coutinho (Caxias) e José Alberto (Bacabal), além de autoridades estaduais e regionais.

A ideia é levar tecnologia, capacitação e oportunidades de negócios aos pequenos produtores atuantes nos municípios das regiões da Baixada Maranhense, dos Cocais, Tocantina e do Vale do Mearim, com um evento que reúne atrações como vitrine tecnológica, leilões, comercialização de pequenos animais, mostra de pequenos inventos para o campo, simpósios, espaços temáticos e interativos, mostras artísticas e culturais, além da participação efetiva de caravanas de produtores vindos dos demais municípios.

A primeira edição da Agritec vai à cidade de São Bento, onde o governador assumiu o compromisso de estar presente às atividades que já começaram a ser planejadas pela comissão organizadora, com realização prevista para os dias 26, 27 e 28 de agosto na Fazenda Escola da Uema, onde será montada uma grande estrutura para sediar as atrações tecnológicas e debates relativos ao desenvolvimento da agricultura familiar.

O prefeito Carrinho declarou-se muito contente com a escolha do município de São Bento para sediar a primeira edição da Agritec, destacando que a realização da feira tem grande importância para toda a Baixada Marahense. “A Agritec terá seu papel junto à economia de São Bento e também à economia dos municípios vizinhos, que tem se movimentado e apoiado o empreendedorismo rural com muito mais afinco. São Bento já compra 30% da produção da agricultura familiar no município para a merenda escolar, mas queremos fazer muito mais pelas pequenas propriedades e a feira vai nos ajudar com isso”, ressaltou o gestor municipal.

 Parceria para crescer e desenvolver – Para Dino, o momento é de firmar parcerias com instituições que já carregam em suas missões a tarefa de ajudar e apoiar o desenvolvimento econômico e tecnológico do Estado. “Estar com o Sebrae e estar com a Embrapa na realização da Agritec é um reconhecimento ao esforço e à expertise destas instituições que tanto trabalham pelo crescimento do Estado e é um trabalho que firma nossa responsabilidade para que tenhamos um novo ciclo de prosperidade autêntica, por ser compartilhada por todos”, assinalou o governador.

O prefeito Caxias, Léo Coutinho, a gerente do Sebrae em Caxias, Milena Cabral, o prefeito de São Bento, Carrinho, a gerente do Sebrae em Pinheiro, Rosa Amélia Borges e o superintendente do Sebrae, João Martins, que já preparam a primeira edição da Agritec em 2015, que acontece na Fazenda Escola da Uema, em São Bento, já no mês de agosto.

O prefeito Caxias, Léo Coutinho, a gerente do Sebrae em Caxias, Milena Cabral, o prefeito de São Bento, Carrinho, a gerente do Sebrae em Pinheiro, Rosa Amélia Borges e o superintendente do Sebrae, João Martins, que já preparam a primeira edição da Agritec em 2015, que acontece na Fazenda Escola da Uema, em São Bento, já no mês de agosto.

A convite do Governo, o Sebrae assume o papel de realizador-parceiro do circuito da Agritec, disponibilizando todo o aparato de fomento ao empreendedorismo que a instituição dispõe para o sucesso da empreitada. “O Sebrae tem a missão de preparar o pequeno produtor para ocupar seu espaço no mercado e vemos a Agritec como um momento oportuno para levar essa discussão e essas práticas a este segmento do empreendedorismo”, observa o diretor superintendente do Sebrae, João Martins.

 Histórico – A edição pioneira da Agritec foi realizada em novembro do ano passado na cidade de Caxias, oportunidade em que o Sebrae, a Embrapa, a Prefeitura de Caxias e o Sindicato Rural do município reuniram esforços para a um evento que promoveu a convergência de espaços para a troca de experiência entre pequenos produtores e assistência técnica no campo.

Cerca de 30 municípios estiveram presentes ao evento, recebendo uma média de 15 mil visitantes em quatro dias de feira. A iniciativa foi relatada ao Governo do Maranhão, através da Secretaria de Agricultura Familiar, assumindo o compromisso de multiplicar a ação em diversas regiões do Estado.