Prefeito Zé Martins autoriza pagamento de servidores referente ao mês de fevereiro para este sábado (3)

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (MDB), autorizou nesta sexta-feira (02) o pagamento dos servidores da Prefeitura Municipal de Bequimão, referente ao mês de fevereiro. Neste sábado, dia 03 de março, os vencimentos já estarão nas respectivas contas bancárias.

Mais uma vez os salários dos funcionários municipais serão pagos em dia, como já se tornou marca na administração de Zé Martins desde 2013.

No segundo ano de sua segunda gestão, o prefeito cumpre mais uma vez, dando prioridade e valorizando os servidores municipais.

Mesmo com toda a crise que afeta o país, a economia do município ganha novos ares e o comércio aumenta seu faturamento com o pagamento dos funcionários municipais.

Anúncios

Em Bequimão, luzes dão clima das festas de final do ano

Luzes espalhadas por todo o Centro do município de Bequimão criaram um clima especial para as festas do final de ano. A decoração é feita pela equipe da Prefeitura Municipal, num trabalho feito desde o primeiro ano de administração do prefeito Zé Martins.

Em frente à Rodoviária, lâmpadas verdes e brancas deram a forma de uma árvore de Natal. Passeando pelas avenidas Vivaldo Lemos Paixão, Antônio Dino, Bandeirantes e rua João Bouéres, é possível contemplar a decoração natalina.

Fazer esse roteiro já virou tradição nesse período, sendo fácil encontrar moradores do município registrando tudo em fotografias e vídeos.

A parte mais bonita e visitada continua sendo a Praça Santo Antônio. Lá, luzes contornam a Igreja Matriz e outra árvore de Natal foi construída em uma das palmeiras. Há também o símbolo que melhor remete ao espírito natalino: o presépio, que reconstrói a cena do nascimento de Jesus Cristo e a visita dos Reis Magos.

 

 

 

Comunidade quilombola Conceição recebe 1º Festival Cultural Afro

O município de Bequimão ganhou mais um evento para reforçar a luta por reconhecimento da identidade dos quilombolas. No dia 16 de dezembro, aconteceu o 1º Festival Cultural Afro, idealizado pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial. Atividades de lazer, recreação, cursos e confraternização movimentaram o evento, no povoado Conceição.

Em cada pedacinho da comunidade, havia um grupo mobilizado. Uns participavam de competições esportivas, outros de oficinas; as crianças brincavam com monitoria de alunos do curso de Educação Física, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

“São nossos alunos da disciplina Jogos e Brincadeiras. A gente traz esses estudantes para um contato direto com as crianças, tanto em escolas, como em comunidades, para que eles possam vivenciar outras realidades. A comunidade acolhe muito bem os alunos e as crianças participam muito. É sempre muito produtivo. Eles vêm muito mais para aprender do que para ensinar a gurizada”, explicou a professora Jucilea Neres Ferreira, que é doutora pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (USP).

As brincadeiras eram baseadas em jogos populares, pré-desportivos e  cantadas. Um projeto de pesquisa sobre brincadeiras transmitidas pela cultura popular está sendo elaborado, tendo as comunidades de Conceição (Bequimão) e Cajueiro (Alcântara) como campo para o estudo.

Outra atividade que movimentou o festival foi a oficina de produção de sabonete, ministrado pela secretária de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Dinha Pinheiro. Quem aproveitou bem foi dona Vicência Coelho, 65 anos. “Achei muito ótimo. Aprendi a fazer sabonete. Eu tô confiante de que depois eu tenho os materiais e eu dou conta de fazer. Eu tava bem ali pertinho, eu fui aprendendo tudo. Fiquei muito contente e feliz de ter participado”, contou.

Políticas quilombolas 

A gestão do prefeito Zé Martins promove, desde 2013, ações específicas para atender as comunidades quilombolas, o que tem resultado em indicadores sociais melhores. O Festival Cultural Afro é mais uma dessas iniciativas, desta vez com enfoque na questão identitária. “Essa iniciativa do Festival Afro é para dizer para a comunidade quilombola que temos uma cultura, que somos gente, e para mostrar que temos uma cultura que é nossa. Aqui em Bequimão, temos uma Prefeitura e uma Secretaria de Cultura e Promoção da Igualdade Racial que nos ajuda nisso, que nos dá apoio”, explicou o líder comunitário Francisco (Pinininho).

O vice-prefeito Sidney Nogueira (Magal) acompanhou a programação. Ele foi um dos alunos da oficina de tambor de crioula. O Festival terminou com apresentações culturais e reggae.

 

 

 

Prefeito Zé Martins entrega Mercado Municipal até final de outubro

Foram divulgadas, nesta sexta-feira (22), as primeiras imagens do Mercado Municipal de Bequimão, que está sendo finalizado pela gestão do prefeito Zé Martins. A inauguração, segundo informações da Prefeitura, acontecerá até o final do mês de outubro. A verba para essa obra foi conquistada, em 2008, pelo ex-prefeito Juca Martins, mas a administração que o sucedeu não terminou os trabalhos e ainda deixou ilegalidades que impediam sua conclusão.

Pelas imagens que chegaram ao Tribuna, é possível ver que os boxes construídos pela administração de Zé Martins para abrigar a comercialização de alimentos seguem o padrão adequado para esse tipo de atividade. Ambiente limpo, com piso apropriado e estrutura de escoamento da água. A população bequimãoense terá um local com melhores condições para o comércio de frutas, verduras e carnes.

    

No dia 19 de setembro, o prefeito reuniu-se com o promotor de justiça do município, Renato Madeira Reis, e informou que a entrega do Mercado Municipal ocorrerá em até 30 dias (contados da data da reunião), ocasião em que também será apresentado um cronograma de utilização do espaço e de capacitação dos feirantes. O Sebrae/MA será parceiro na formação profissional dos comerciantes.

A prioridade, de acordo com a Prefeitura Municipal de Bequimão, será dada aos feirantes e produtores ligados à agricultura familiar. “Queremos que esse mercado seja mais uma forma de o nosso povo ter acesso a renda e trabalho. Quem ganha com isso, também, são os consumidores, que poderão comprar seus alimentos em ambiente limpo, saudável e alguns deles produzidos no nosso próprio município”, destacou o prefeito.

Entenda o processo de construção do Mercado Municipal

Em junho de 2008, o ex-prefeito Juca Martins deu entrada no Plano de Trabalho junto à Caixa Econômica Federal para a construção do Mercado Municipal de Bequimão, por meio do então Programa de Apoio ao Desenvolvimento Agropecuário, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Com uma emenda parlamentar do deputado federal Sarney Filho, foram levantados recursos da ordem de R$ 292.500,00.

Finalizado o mandato de Juca Martins, a continuação da obra ficou a cargo do ex-prefeito Antônio Diniz, que encontrou tudo pronto para dar prosseguimento, mas não teve competência para fazer o trabalho. Além disso, ele deixou várias ilegalidades na obra, que impediram a finalização imediata do Mercado Municipal. Enquanto isso, a realidade do comércio ambulante de Bequimão era de total falta de estrutura e higiene. Durante a administração de Antônio Diniz, as barracas que se espalhavam pela Avenida Antônio Dino e pela Praça 02 de Novembro eram feitas de madeira, lona, palha e a presença de urubus se tornou comum.

Barracas do comércio ambulante na gestão de Antônio Diniz

Em vez de concluir o Mercado Municipal, Antônio Diniz deixou o comércio ambulante em completa falta de higiene

Zé Martins padronizou o comércio ambulante

Logo que assumiu a administração, em 2013, o prefeito Zé Martins tentou retomar a obra do Mercado Municipal, que havia sido conquistada por seu grupo político, mas esbarrou nas irregularidades deixadas por seu antecessor. Para amenizar a situação, distribuiu tendas padronizadas aos ambulantes, deixando o local mais organizado.

Em maio deste ano, foi firmado um acordo entre feirantes, Ministério Público e Prefeitura de Bequimão para o remanejamento dos ambulantes que trabalhavam na Avenida Antônio Dino. Cumprindo esse compromisso, houve um deslocamento, provisório, da comercialização de alimentos para o Mercado do Peixe.

Agora, quando a obra no Mercado Municipal já está sendo finalizada, políticos da oposição estão usando os feirantes para simular uma pressão contra o prefeito. O comércio que já estava organizado, provisoriamente, no mercado que fica próximo ao Porto, foi deslocado para a frente do novo mercado e para a Praça 02 de Novembro, desordenando o trabalho que havia sido feito pela Prefeitura, Ministério Público e feirantes. No final das contas, o grupo que não teve competência de finalizar a obra quer aparecer como responsável pela conclusão do mercado.

Mas, o povo de Bequimão está atento e sabe quem é o verdadeiro responsável por entregar, definitivamente, o Mercado Municipal aos bequimãoenses. Até o final de outubro, a obra será inaugurada e com feirantes treinados para melhor atendimento, em local mais adequado.

Prefeito Zé Martins articula parcerias para inserção de mão de obra local nas obras para construção da Ponte do Rio Pericumã

Além de qualificar mão de obra local em atividades que serão demandadas na construção da ponte, o Prefeito buscou o Sebrae para preparar os comerciantes e empreendedores do município para a chegada de novas demandas de consumo.

 

Prefeito Zé Martins, Edilson Baldez (FIEMA), João Martins (SEBRAE) e Marco Moura (SENAI) articulam parcerias visando oportunidades de emprego e negócios advindos da construção da Ponte do Pericumã

O Prefeito Zé Martins está ultimando os detalhes e termos de parcerias para garantir que as obras de construção da Ponte sobre o Rio Pericumã, de responsabilidade do Governo do Estado do Maranhão, trarão novas oportunidades de emprego, geração de renda e negócios para a população do município de Bequimão, localizado estrategicamente na porta de entrada do litoral ocidental maranhense.

 

Na semana passada, o prefeito esteve reunido com o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão – FIEMA, Edilson Baldez, o superintendente do SEBRAE, João Martins e o superintendente do SENAI, Marco Moura, para definir os termos da futura parceria com as instituições do Sistema S.

 

“Informações do governo do estado calculam que as obras de construção da Ponte vão gerar mais de 500 empregos. Nosso esforço então será para garantir que o máximo possível de vagas sejam ocupadas por trabalhadores de Bequimão e de municípios vizinhos, mas isso só vai acontecer se tivermos mão de obra qualificada e preparada para atender essa demanda de forma eficiente”, explica Zé Martins, que  informa que estão sendo negociados cursos técnicos profissionalizantes para as atividades de pedreiro, armador, ferreiro, entre outras.

 

Parceria da Prefeitura de Bequimão com instituições do Sistema S prevê a ofertas de cursos profissionalizantes e de gestão empresarial para trabalhadores e empreendedores locais

O convênio para a oferta de cursos profissionalizantes prevê inicialmente a oferta de treinamentos de iniciação profissional, aperfeiçoamento e qualificação.

 

Cada curso terá um perfil diferenciado, devendo os candidatos preencherem os pré-requisitos e critérios necessários para obtenção da vaga.

 

De acordo com o prefeito Zé Martins, a parceria vai possibilitar qualificação profissional não apenas dos jovens mas, também, de adultos em busca de recolocação no mercado de trabalho.

 

Para o presidente da FIEMA, Edilson Baldez, além do conhecimento, esta oportunidade vai gerar ainda a possibilidade de ingressar no mercado de trabalho ou investir no seu próprio negócio, melhorando a qualidade e aumentando a oferta de serviços no município e na região.

 

“Para o Sistema FIEMA é uma grande satisfação essa parceria. Atendendo a essa demanda do prefeito estamos também cumprindo nossa missão de levar educação profissional de qualidade para o povo maranhense”, completou.

 

Os termos de parceria com as instituições devem ser formalizados em algumas semanas.

Oportunidades de negócios – O Superintendente do Sebrae, João Martins, explica que a própria instituição realizou estudos por meio do Observatório Sebrae, onde foram analisados os impactos que a obra de construção da ponte deve trazer para a economia do município, demandando melhor preparo dos empreendedores já atuantes no município e sinalizando novas oportunidades de negócios que chegarão junto com o início e evolução da obra.

 

“O diagnóstico realizado pelo Sebrae nos alertou que é preciso preparar melhor nossos empreendedores para atenderem os novos clientes que chegarão. Também mostrou que nossa cidade será terreno fértil para novos investimentos privados que serão atraídos com a conclusão da obra”, acredita o prefeito.

 

Pela parceria que está sendo articulada com o Sebrae deverá ser oferecida uma série de treinamentos e programas de orientação e consultoria empresarial focando nas oportunidades identificadas no estudo de impacto socioeconômico.

 

“Vamos adequar nossas atividades com soluções e serviços especializados, para que atendam da maneira mais eficiente e com foco em resultados, visando melhorar a gestão e sustentabilidade das empresas locais”, aponta o diretor superintendente do SEBRAE, João Martins.

 

O executivo informa ainda que a parceria deverá envolver tanto soluções de educação empreendedora como ações de políticas públicas de fomento aos pequenos negócios; e eventos e ações programadas de acesso ao mercado para os empresários do município, como rodadas de negócios com a empresa responsável pela obra – Consórcio Epeng – cujo canteiro de obras já está instalado em Bequimão.

 

Governador Flávio Dino e prefeito Zé Martins inauguram Ponte do Balandro e CRAS

O dia 29 de agosto de 2017 foi histórico para o município de Bequimão. Neste dia, que ficará na memória dos bequimãoenses, foi inaugurada a Ponte do Balandro, uma das mais sonhadas e importantes obras locais. O governador do Estado, Flávio Dino, e o prefeito Zé Martins entregaram ao povo a nova ponte, durante cerimônia realizada pela manhã, com a presença de autoridades e de grande parte da população. Também foram inaugurados o prédio que abrigará o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), sistemas simplificados de abastecimento de água e o governador fez a distribuição simbólica de fardamento aos alunos das escolas estaduais.

A ponte sobre o Rio Itapetininga, mais conhecida como Ponte do Balandro, recebeu investimentos de mais de R$ 2,9 milhões. A nova estrutura mede 72 metros de comprimento e 12 metros de largura, com duas pistas para veículos e uma passarela de cada lado para pedestres. Segundo estudo técnico realizado pelo Observatório Sebrae, mais de 40% da população de Bequimão se beneficiará, diretamente, com essa obra.

Ficou mais fácil o acesso para as comunidades de Balandro, Santa Vitória, Barroso, Floresta, Santana, Centrinho de Santana, Juraraitá, Beirada, Cai-Cai, Iribuí, Itaputíua, Calhau, Ponta do Soares, Carrapicho e Suassuí. A ponte também encurtará a distância para quem mora na região do Jacioca. O estudo do Sebrae apontou, ainda, que a obra dará melhores condições para o escoamento da produção dos agricultores familiares e pescadores, além de abrir novas oportunidades de negócios com o ecoturismo, gastronomia e hotelaria.

“A inauguração da Ponte do Balandro, obra tão sonhada, é uma prova de respeito ao povo desta terra e fruto do trabalho de muitas mãos, que o senhor coroa agora”, disse o prefeito Zé Martins ao governador. A parceria institucional entre a Prefeitura de Bequimão e o Governo do Maranhão está dando novos resultados. De acordo com o prefeito, o município foi contemplado com o programa Escola Digna, para a construção de colégios no Marajatíua e Santa Rita. Também já foram aprovados mais três sistemas simplificados de abastecimento d’água. Ele disse que aguarda por mais um ônibus escolar e uma ambulância. Na cerimônia, o governador garantiu que esses benefícios chegarão a Bequimão.

“Passadas as eleições, as diferenças precisam ser deixadas de lado, em respeito e atenção ao povo. Por isso, quero dizer, governador, que Bequimão e a minha gestão sempre estarão de braços abertos para quem quiser lutar em favor dos sonhos de desenvolvimento que alimentamos no nosso município”, ressaltou Zé Martins. O prefeito anunciou, ao final do seu discurso, que conseguiu, junto ao Ministério da Integração, recursos para asfaltar o trecho que vai da entrada do Barroso até a Ponte do Balandro.

O governador Flávio Dino, por sua vez, amenizou o clima que seu grupo, em Bequimão, tentou criar na semana que antecedeu ao evento. “Eu não estou aqui em nome de divisões. Estou aqui em nome de união. É importante a gente entender e valorizar, ainda mais, a união que permite conquistas como esta ponte. Nós estamos fazendo esta ponte no pior momento político e econômico das últimas décadas, onde falta dinheiro para tudo. Essa é a realidade do governo federal, do governo do estado e tenho certeza que é a realidade da prefeitura. Precisamos, então, fazer escolhas. Essa Ponte do Balandro está erguida porque eu escolhi fazer a ponte”, enfatizou.

Participaram dos atos o deputado federal Waldir Maranhão, os deputados estaduais Zé Inácio, Othelino Neto, os secretários estaduais Marcelo Tavares (Casa Civil); Flávia Alexandrina Almeida (Cidades e Desenvolvimento Urbano); Laurinda Pinto (Mulher), o superintendente do Sebrae/MA, João Martins, o vice-prefeito de Bequimão, Sidney Nogueira (Magal), vereadores e secretários.

Fotos: Rodrigo Martins

Cruz Vermelha Viva atende comunidades quilombolas em parceria com Prefeitura de Bequimão

Mais de 1.400 moradores das 11 comunidades quilombolas de Bequimão foram atendidos pela operação Cruz Vermelha Viva. A ação, promovida entre os dias 24 e 29 de julho, foi viabilizada pelo prefeito Zé Martins e pela secretária de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Dinha Pinheiro, que fizeram a parceria, garantindo apoio logístico, estrutural e material de uso. Esta é a segunda vez que o projeto chega ao município. A primeira edição foi em 2015.

Nos seis dias de operação, era fácil encontrar, pelo interior do município, profissionais e estudantes universitários com os coletes vermelhos e detalhes em amarelo e branco. Era o sinal de que ali estavam sendo realizadas ações sociais, com doação de mantimentos, roupas, calçados e, principalmente, atendimentos em saúde. “Tudo isso foi feito de duas maneiras: em um local de concentração, em momentos na casa de alguém da comunidade ou nas escolas; a segunda maneira foi a visita domiciliar”, explicou o assistente de Voluntariado, Pedro Oliveira.

A equipe da Estratégia Saúde da Família, da Prefeitura de Bequimão, também colaborou na ação. Em cada lugar, eram feitos testes de glicemia, aferição de pressão arterial, entrega de kits de higiene bucal, aplicação de flúor, palestras sobre a saúde da população negra, aconselhamentos de saúde e de alimentação e orientações de postura física. Ainda teve espaço para o CineCruz, com exibição de filmes nas comunidades, além de recreação e entrega de brinquedos.

Para tantos atendimentos, foram mobilizados enfermeiros e estudantes universitários das áreas de Enfermagem, Medicina, Farmácia, Odontologia, Nutrição e Educação Física. A partir dessa ação, também foi produzido um mapeamento das problemáticas  que afetam as comunidades quilombolas do município, entregue à equipe da Prefeitura de Bequimão.

“Esse diagnóstico nos ajuda muito no planejamento das estratégias que ainda precisamos implantar para garantir melhor qualidade de vida à população quilombola de Bequimão. Podemos dizer que esses 10 profissionais e estudantes vieram colaborar e fizeram história no nosso município”, avaliou a secretária municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Dinha Pinheiro.

Para o prefeito Zé Martins, essas atividades que funcionam como uma espécie de mutirão dão um impulso aos atendimentos prestados no dia a dia. “Prestamos uma assistência mais sistematizada e contínua com as nossas equipes da Estratégia Saúde da Família, que atendem nossas comunidades. Mas é sempre bom ter a colaboração e um olhar de fora, para que, inclusive, possamos identificar o que precisa ser aprimorado no nosso trabalho. A Cruz Vermelha prestou um trabalho muito importe e bonito à nossa população. Queremos continuar com essa parceria”, enfatizou o prefeito.

Colaboraram com a operação Cruz Vermelha Viva, em Bequimão, as secretarias da Saúde, Administração e Transporte. O trabalho alcançou as comunidades quilombolas de Sibéria, Pericumã, Marajá, Rio Grande, Juraraitá, Ariquipá, Sassuí, Conceição, Ramal do Quindíua, Mafra e Santa Rita.

Bequimão recebe duas capacitações empresariais do Sebrae na mesma semana

Em parceria com a Prefeitura Municipal de Bequimão, empresários e potenciais empreendedores do município fizeram duas capacitações promovidas pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), por meio da Unidade Regional de Pinheiro. De 17 a 21, aconteceu o curso Gestão Financeira na Medida e, de 19 a 21, foi realizado o curso Aprender a Empreender.

Pelo curso Gestão Financeira na Medida, foram capacitados 24 empresários, gestores de pequenos negócios, funcionários e potenciais empreendedores locais. Os participantes foram estimulados a desenvolver competências necessárias para organizar o fluxo de caixa, planejar os gastos, avaliar demonstrativos de resultados e formar o preço adequado do produto ou serviço oferecido. Além da capacitação teórica, o curso ofereceu consultorias individuais aos participantes.

Do curso Aprender a Empreender, participaram 16 pequenos empresários, gestores de pequenos negócios, estudantes e potenciais empreendedores dos segmentos de hospedagem e alimentação e demais atividades relacionados ao setor de serviços do município. O curso foi destinado àqueles que planejam montar um negócio ou que já possuem. Foram trabalhadas as características e os comportamentos do empreendedor e a importância desse perfil na gestão de um pequeno negócio.

A Prefeitura Municipal de Bequimão encontrou no Sebrae/MA um grande aliado para ações de fortalecimento do empreendedorismo local. O marco para a consolidação dessa parceria foi a implantação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas e a instalação da Sala do Empreendedor com seus agentes de desenvolvimento. A proposta do prefeito Zé Martins é estimular a geração e circulação de renda no próprio município.

Noite de louvor e adoração marca início das comemorações pelos 82 anos de Bequimão

Como já acontece há cinco anos, a véspera do aniversário de Bequimão foi marcada por momentos de louvor e adoração a Deus. A Prefeitura Municipal promoveu, no domingo (18), uma programação especialmente voltada ao público evangélico. Neste ano, a Praça 02 de Novembro, no Centro, ficou lotada para a apresentação de três bandas de música gospel.

O prefeito Zé Martins, ao participar do evento, sancionou a Lei nº 02/2017, que institui o Dia da Marcha para Jesus, de autoria do vereador Professor Zeca. “Temos um prefeito muito sensível às demandas do público evangélico do município. Podemos dizer, sem medo de errar, que nunca houve uma gestão que nos desse tanta atenção. Aproveitei essa abertura para propor essa lei que torna o dia 18 de junho, oficialmente, o Dia da Marcha para Jesus”, afirmou o vereador.

A noite começou com o grupo bequimãoense Louvor Eterno, do povoado Águas Belas. O talento dos músicos que formam a banda local surpreendeu quem estava na praça. Logo depois, o diácono Rogério Paixão, da igreja Assembleia de Deus, fez uma pregação para destacar o quanto é significativo reunir os evangélicos das diversas congregações que têm sede no município.

O louvor continuou com as bandas Eluzai, de São Bento, e com a grande atração da noite, a banda Som e Louvor. Os músicos cearenses chamaram o prefeito Zé Martins ao palco e fizeram uma oração por seu trabalho à frente da Prefeitura de Bequimão. “Eles disseram que em Fortaleza, na região em que eles moram, nunca um prefeito deu oportunidade para os evangélicos. Então, disseram ao povo bequimãoense que devemos abraçar e orar por ele. Foi muito bom. Acho que o melhor de todos os anos”, avaliou o diácono Rogério, que estava na organização do evento.

Participaram dessa noite especial as caravanas dos povoados Pontal, Santana, Paricatíua, Areal, Quindíua, Águas Belas, Ariquipá, Vila do Meio, Buritirana, Jacioca, Barroso e Mojó, além de visitantes dos municípios de Alcântara, Pinheiro e Peri-Mirim.

Programação cultural, esportiva e inauguração de obras vão marcar aniversário de 82 anos de Bequimão

Shows, inauguração de obras, desfile cívico, gincana e competições esportivas estão na programação do aniversário de 82 anos de emancipação do município de Bequimão. A Prefeitura Municipal de Bequimão, por meio de sua Secretaria de Cultura e Promoção da Igualdade Racial divulgou as atrações que vão marcar as comemorações no dia 19 de junho.

Um dia antes, como acontece há cinco anos, o público evangélico dará início às celebrações. Neste ano, começará às 16h, com a Marcha para Cristo, reunindo evangélicos das diversas congregações que têm sede no município. Às 19h, haverá um culto, na Praça Dois de Novembro, com pregação dos pastores e louvor com as bandas locais. A noite será encerrada com a banda gospel Som e Louvor.

No dia 19, logo cedo, às 5h, a cidade será acordada com uma queima de fogos. A partir das 7h, em frente a Prefeitura, será realizada a solenidade do aniversário, com apresentação da banda da escola de música, hasteamento das bandeiras e pronunciamento do prefeito. Logo em seguida, a população de Bequimão será convidada a cantar os parabéns e fazer a partilha do bolo.

A programação segue com o desfile cívico das escolas do município, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e com uma cavalgada. Às 10h, terão início as competições esportivas (corrida e ciclismo). Às 14h, a juventude bequimãoense se encontra em frente à Unidade Escolar Estado de Minas Gerais para a Gincana e, no Estádio Vivaldão, acontecerá a abertura da Taça Cidade de futebol. Às 17h, logo após a Gincana, todo mundo vai dançar e se exercitar com uma aula de zumba.

Também às 17h será celebrada uma missa em ação de graças pela inauguração da Praça Santo Antônio e da Escola Municipal Benedita Gusmão Moraes, construídas pelo prefeito Zé Martins. Após a celebração, será feito o descerramento das placas, marcando a entrega dessas obras ao povo de Bequimão. “O maior presente que nossa terra pode receber é o nosso trabalho e dedicação, que são constantes. Enfrentamos todas as dificuldades para andar de cabeça erguida e cumprir com o compromisso de promover melhores dias para o povo bequimãoense”, destacou o prefeito.

Atrações culturais

Para completar as comemorações do aniversário de 82 anos de Bequimão, a noite será animada por diversas manifestações culturais, com destaque para a apresentação do Boizinho do Batutinhas, Bumba-Meu-Boi Estrela de Bequimão, além dos shows da dupla Criolina (formada por Alê Muniz e Luciana Simões) e Fabrícia e banda.

Um pouco de história

O local onde hoje é situado o município de Bequimão era conhecido, inicialmente, como Cabeceiras, por estar situado às margens (ou à cabeceira) do Rio Itapetininga. Mais tarde, a Igreja Católica recebeu doação de uma área para construção de uma capela que foi dedicada a Santo Antônio, por isso a Freguesia passou a se chamar Santo Antônio e Almas. A ideia partiu de Antônio Rodrigues.

Com o crescimento da população, também aumentava a vontade de tornar aquele povoado, que fazia parte de Alcântara, um município. Foi aí que os habitantes se organizaram, tendo à frente o capitão José Mariano Gomes de Castro e Holfênio João Cantanhedo, parar buscar a emancipação, que ocorreu 1923. Instituiu-se, então, o município de Godofredo Viana, nome do então governador do Estado do Maranhão.

Mas a atual denominação de Bequimão aconteceu sete anos depois, em 1930, pelo decreto estadual nº 7, de 24 de novembro de 1930. No ano seguinte, entretanto, o município voltou a perder sua autonomia, que seria restaurada quatro anos depois, por meio do decreto estadual nº 855, de 19 de junho de 1935. Neste 19 de junho de 2017, Bequimão completa 82 anos, com população estimada, segundo o IBGE, 20.867 habitantes, com uma área territorial de 797.716 km².