Projeto Cinturão Verde vende seus primeiros produtos em feira livre

TODAS AS FOTOS PODEM SER VISUALIZADAS NO SITE CLUBE DA FOTO (Clique AQUI)

Agricultor Reginaldo Rodrigues mostra com orgulho seus produtos do Projeto Cinturão Verde

Agricultor Reginaldo Rodrigues mostra com orgulho seus produtos do Projeto Cinturão Verde

Após 40 dias de plantio, o Projeto Cinturão Verde, criado pelo prefeito Zé Martins, começa mostrar seus primeiros frutos. Com o objetivo de produzir hortaliças para abastecer o mercado local, visando à geração de emprego e renda nas comunidades com mais qualidade de vida, o Projeto Cinturão Verde está beneficiando dezenas de agricultores familiares do município de Bequimão.

PLA3

O Projeto visa beneficiar centenas de agricultores, onde a produção será vendida em feiras livres, e fornecida para a merenda escolar através do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) e Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

PLA5

A prefeitura de Bequimão, através da Secretaria de Agricultura, distribuiu 18 kits de irrigação por gotejamento, beneficiando inicialmente 18 comunidades de pequenos produtores rurais de Bequimão. O Projeto Cinturão Verde foi iniciado dia 9 de novembro e após 40 dias a primeira remessa da produção foi colocada à venda no mercado bequimãoense, onde os produtores venderam suas colheitas.

PLA1

Com a boa aceitação dos consumidores, os produtores já fazem projetos para o futuro. De acordo com agricultor José dos Santos Rodrigues, morador da comunidade Ariquipá, o Projeto Cinturão Verde veio para mudar a história da agricultura em Bequimão. “Neste primeiro momento eu plantei 420 pés de alface roxa, 100 pés de maxixe e um canteiro de rúcula. Mas agora após ver a produção, vou dobrar esse plantio na segunda remessa”, destacou.

WP_20151222_07_46_45_Pro

A agricultora Maria Cunha Ferreira, moradora da comunidade Benfica, estava sorrindo atoa com sua produção. “De inicio confesso que não acreditava no Projeto Cinturão Verde. Plantei apenas 300 pés de alface, 600 pés de quiabo e 200 pés de vinagreira. Hoje se pudesse fazer diferente, dobraria minha produção. Na próxima plantação vou cultivar muito mais. É bom pra todo mundo, a gente come e ainda fatura”, disse.

WP_20151222_07_45_13_Pro

Enquanto isso o agricultor Reginaldo Rodrigues Pacheco, da comunidade Areal, fazia a festa vendendo suas hortaliças na praça. “Eu já cultivava no toco mesmo, mas o que produzia não dava nem pra fazer duas sopas. Agora plantei através do Projeto Cinturão Verde; 200 pés de vinagreira, 50 pés de couve, fiz 6 canteiros de cheiro verde e um canteiro de cebola”, ponderou.

WP_20151222_07_42_40_Pro

A consumidora Maria Augusta Souza, moradora do bairro Cidade Nova, falou da importância de uma feira livre com produtos naturais cultivados em Bequimão. “É bom para a saúde, para o bolso dos produtores e isso movimenta a economia do município. Quando soube desta feira, vim correndo, porque sei que as pessoas gostam de produtos bons. Essa iniciativa do Prefeito Zé Martins merece prêmio”, destacou.

WP_20151222_09_01_32_Pro

Durante a feira, a Secretaria de Agricultura, por intermédio do secretário Creuber Pereira, distribuiu cestas para famílias carentes de Bequimão. A cesta era composta por (Peixes, verduras, farinha, feijão e melancia). Todo produto foi cultivado pelos bequimãoenses. As famílias beneficiadas foram selecionadas pela Secretaria de Assistência Social de Bequimão.

Anúncios