Prefeito Zé Martins e comitiva de Bequimão prestigiam abertura do Festival Gastronômico – Delícias do Mar, em São Luís

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), e uma comitiva formada por gestores do município participaram do lançamento do Festival Gastronômico – Delícias do Mar, nesta quarta-feira (05), em São Luís. O evento promovido pelo Sebrae/MA acontecerá em municípios do litoral maranhense durante o mês de abril.

Em Bequimão, quatro restaurantes apresentarão seus pratos, no povoado Paricatíua, no domingo (09). A proposta do Sebrae é melhorar a gestão dos restaurantes e do atendimento ao público, promovendo o empreendedorismo, o turismo local, a valorização da cultura e a culinária maranhense. Tudo isso para estimular o consumo nos pequenos negócios. “O festival foi idealizado para ajudar na dinâmica dos municípios envolvidos, proporcionando o fortalecimento dessa cadeia produtiva considerável, que é o turismo. São municípios com forte apelo turístico, ainda apresentando diversos gargalos para o seu pleno desenvolvimento”, ressaltou o superintendente do Sebrae/MA, João Martins, no lançamento que ocorreu no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana.

Para o prefeito Zé Martins, a inclusão de Bequimão no roteiro do festival demonstra que o município tem forte potencial na culinária e também no turismo. “O sabor dos pratos típicos da nossa região, tendo os frutos do mar como principais ingredientes, é único e agrada o paladar de todos que experimentam. É mais um recurso que podemos aprimorar para geração de mais renda no nosso município, porque envolve uma cadeia que vai desde os pescadores até os profissionais que atuam nos restaurantes”, enfatizou Zé Martins.

Ao todo, 47 restaurantes de nove cidades da Ilha de São Luís e do Litoral Ocidental Maranhense participarão do festival: São Luís, São José de Ribamar, Raposa, Alcântara, Bequimão, Guimarães, Cedral, Porto Rico do Maranhão e Cururupu. Em Bequimão, o lançamento acontece no domingo, dia 09 de abril, a partir das 12h, no restaurante Estação Marítima, na comunidade Paricatíua. Fizeram parte da comitiva de Bequimão o vice-prefeito Sidney Magal (PT), a secretária de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Dinha Pinheiro, e o agente de desenvolvimento, Rodrigo Martins.

Anúncios

Time do Quilombo Conceição fica entre os quatro melhores da Copa Estadual de Quilombos

comcO quilombo Conceição que foi o campeão da fase classificatória realizada no município de Bequimão, onde 11 comunidades quilombolas disputaram; participou da fase de “Mata-Mata” realizada em São Luís, e ficou na 4ª colocação entre todos os quilombos do Maranhão que estiveram no torneio.

A equipe de Conceição comandada pelo técnico Heliones estreou nas oitavas de final na tarde deste sábado (17) no Campo do Ipem, no bairro Calhau, contra a comunidade quilombola de Cotia I do município de Matinha, também na baixada maranhense, e venceu por 1X0 com gol de Thiago. Na mesma tarde, às 17h Conceição voltou a  campo contra uma comunidade do município de Serrano, mas acabou sendo derrotada por 3×1, e eliminada da grande final.

comc1

Já neste domingo (18) a equipe da Conceição voltou a campo às 8h da manhã para enfrentar Cujupe, comunidade alcantarense e acabou perdendo por 5×4 nas penalidades máximas, ficando assim, com a 4ª colocação do campeonato. O secretário municipal de Esportes de Bequimão esteve presente durante os jogos em São Luís representando o prefeito Zé Martins (PMDB).

EQUIPE DA CONCEIÇÃO:

  • Elivelton (Goleiro)
  • Bruno e Wesley (Zagueiros)
  • Rosivan e Joelber (Laterais)
  • João Edson, Delvian (Volantes)
  • Adailton, Thiago (Meias)
  • Breno, Elieldo (Atacantes)

RESERVAS:

  • Rogério (Goleiro)
  • Albert (Zagueiro)
  • Jalbert (Lateral)
  • Robert (Atacante)
  • Roberto (Meia)
  • Eliones (Atacante)
  • Carlos Eduardo (Volante)

TÉCNICO: Heliones

Encontro de bequimãoenses reúne dezenas de pessoas na Cidade Olímpica

DSC_5738-1A comunidade bequimãoense que mora no bairro Cidade Olímpica, em São Luís, convidou o pré-candidato a prefeito de Bequimão, Zé Martins, para um almoço, que aconteceu no dia 17 de julho. Aproximadamente, 150 pessoas compareceram ao encontro organizado pelos amigos Reginaldo, Gereba, Búfalo e João de Curica.

DSC_5818

Além dos bequimãoenses que residem na Cidade Olímpica, o encontro contou com os conterrâneos que moram na Cidade Operária, Jardim América e Janaína. Zé Martins falou sobre as obras e ações realizadas nos últimos quatro anos, que fizeram de Bequimão um lugar melhor.

DSC_5766

Os bequimãoenses que moram na capital reconhecem os avanços conquistados no município e, por isso, garantiram total apoio à candidatura de Zé Martins. Durante a reunião, os conterrâneos repetiram em seus discursos que, quando voltam à terra natal, ficam orgulhosos com o que encontram. Bequimão se desenvolveu, nos últimos anos, como nunca havia acontecido em sua história.

DSC_5729

Além do almoço especial, o encontro foi animado pelo ritmo que embala a região da Baixada Maranhense, o Reggae.

Com uma colônia muito grande na capital, Bequimão está entre os municípios da baixada maranhense que mais tem filhos morando em São Luís. A prova disso foi o encontro no dia 17, na Cidade Olímpica.

VEJAM MAIS FOTOS CLICANDO AQUI

FOTOS: RODRIGO MARTINS

Sem prefeito, São Luís vive alagada, com trânsito caótico e cheia de lixo…

coroado2As chuvas de sábado e domingo mostraram a ineficiência dos serviços de drenagem realizados pela prefeitura no Coroado, Cohatrac e Renascença. Esburacadas e sem sinalização adequada, avenidas levavam a lugar algum. E por falta de pagamento da prefeitura à empresa responsável pela coleta, lixo se espalha por todos os lados. Esta é a mudança de Holandinha/Flávio Dino na capital maranhense.

Em apenas três dias, a São Luís do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) mostrou que não existe.

Serviços de drenagem mal executados ou inexistentes resultaram em alagamentos em vários bairros de São Luís. Coroado, Coroadinho, Cohatrac, Renascença e diversas outras áreas ficaram inundadas por todo o final de semana.

Os reflexos da incompetência da prefeitura continuaram segunda-feira, com o caos no trânsito.

Mal sinalizadas e cheias de buracos, as avenidas travaram nos horários de pico, muitas vezes por causa do que restou das inundações: poças d’água que não tinham para onde escorrer.

Para completar, a prefeitura deixou de honrar os pagamentos à empresa responsável pela coleta de lixo – que, por sua vez, não teve como pagar os empregados.

E estes resolveram paralisar por todo o final de semana.

O resultado é o lixo, misturado à lama resultante dos alagamentos do fim de semana, em meio ao trânsito caótico – o que resultou em manifestações em vários bairros.

Esta é a imagem exata da mudança que Holandinha impôs a São Luís.

E confirma por que ele tem acima de 70% de rejeição.

Mas esta é uma outra história…

 

Fonte: Blog do Márco D’Eça