Sebrae e Prefeitura de Bequimão realizam Oficina de Auto Maquiagem em parceria com a Mary Kay

Aconteceu nos dias 10 e 11 de abril (terça e quarta-feira), a oficina de auto maquiagem, promovida pelo Sebrae/Ma, através da Unidade Regional de Pinheiro em parceria com a Mary Kay e a Prefeitura Municipal de Bequimão, por meio da Sala do Empreendedor com apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social. O curso chamou atenção e teve uma turma muito grande que se dedicou durante os dois dias de oficina.

Participaram da oficina 75 pessoas, incluindo empreendedoras, estudantes, profissionais liberais e potenciais empreendedoras do segmento de Salão de Beleza e Estética do município de Bequimão. Após a oficina todos os participantes ficaram satisfeitos.

Durante a capacitação as participantes aprenderam como se auto maquiar com a utilização de bons produtos, receberam orientações técnicas, e procedimentos atuais, que valorizam o formato e os traços do rosto e a saúde da pele, receberam ainda, orientações na adequação da maquiagem ao local e à ocasião, observando às tendências de mercado, moda e beleza.

A oficina foi ministrada pelas consultoras e diretoras de vendas da Mary Kay, Ana Azevedo e Silvana Nolêto. Ao final da capacitação, 8 (oito) novas empresárias se tornaram Consultoras de Beleza Independente Mary Kay. Uma grande oportunidade de ganho e sucesso para as profissionais liberais e empreendedoras que participaram da oficina, que encontrarão na venda direta, uma oportunidade de negócio e uma fonte de renda mensal vendendo produtos Mary Kay, que é uma das maiores empresas de vendas diretas no segmento de cosméticos e cuidados com a pele do mundo.

O secretário de Assistência Social de Bequimão, Josmael Castro, esteve presente durante a oficina, além do Coordenador da Sala do Empreendedor de Bequimão, Rodrigo Martins. O Sebare foi representado pela gerente regional de Pinheiro, Graça Fernandes.

Fotos: Rodrigo Martins

Anúncios

Participantes do curso de formação de facilitadores de metodologia para Jovens Empreendedores receberam certificados em Bequimão

Investir em conhecimento e andar na contra-mão da crise, pode ser a solução para conquistar um futuro promissor.  Pensando nisso, o prefeito de Bequimão, Zé Martins, fechou uma parceria com o Sebrae Maranhão, Regional Pinheiro para capacitar profissionais que atuarão como facilitadores da metodologia empreendedora no município. O curso que teve duração de uma semana, começou na última segunda-feira (2) e encerrou-se neste último sábado (07). O curso de formação de facilitadores da metodologia Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), visa qualificar professores da rede pública e privada na cidade de Bequimão.

Participaram da formação os professores das escolas Benedita Gusmão Moraes, da rede publica municipal, e do Colégio Bequimãoense de Educação Infantil e Ensino Fundamental Batutinhas, da rede privada de ensino. Foram certificados 26 (vinte e seis) professores que passaram uma semana em capacitação para aplicar a metodologia com cerca de 350 alunos do município.

O JEPP é destinado a fomentar a educação e a cultura empreendedora. O curso apresenta práticas de aprendizagem, considerando a autonomia do aluno para aprender e o desenvolvimento de atributos e atitudes necessários para a gerência da própria vida pessoal, profissional e social.

A implantação do Programa Nacional de Educação Empreendedora em Bequimão, foi resultado de uma articulação do superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, junto ao gestor municipal, que explicou os pontos estruturantes da metodologia adotada pelo JEPP na grade de ensino escolar e a importância da cultura empreendedora para o desenvolvimento do município.

Participaram da entrega de certificados, a gerente regional do Sebrae em Pinheiro, Graça Fernandes, o secretário municipal de Indústria e Comércio, Ademar Costa, e o coordenador da Sala do Empreendedor, Rodrigo Martins, além dos gestores das escolas participantes e professores capacitados.

Fotos: Rodrigo Martins

Sebrae capacita professores de Bequimão para atuar no programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos

Durante uma semana, 34 professores que atuam nas redes pública e privada de ensino da cidade de Bequimão, participarão do curso de formação de facilitadores da metodologia Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP). O curso iniciou nesta segunda-feira (2) e encerrará neste sábado (7) com carga horária de 45 horas/aulas. Inicialmente a escola municipal Benedita Gusmão Moraes, no bairro Ferro de Engomar, e o Colégio Bequimãoense de Educação Infantil e Ensino Fundamental Batutinhas, integrarão o programa.

O JEPP é uma metodologia de trabalho escolar promovida pelo Sebrae como forma de estimular o comportamento empreendedor dos alunos e culmina na elaboração de um plano de negócios. O programa é composto por nove cursos com conteúdo programático que favorece o desenvolvimento de habilidades e comportamentos empreendedores, levando o aluno a querer galgar novos horizontes e planejar o seu futuro.

O Sebrae pretende com o programa incentivar o empreendedorismo desde as séries iniciais do ensino fundamental, proporcionando aos alunos trabalhar de forma criativa e inovadora, para isso utilizando uma linguagem adequada com a idade e o contexto no qual o jovem está inserido.

A cidade, localizada no coração da Floresta dos Guarás, possui quase 24 mil habitantes, segundo dados do IBGE, lá, cerca de 350 alunos participarão do JEPP, uma das metodologias que integram o Programa Nacional de Educação Empreendedora do Sebrae.

A implantação da educação empreendedora em Bequimão é resultado de uma articulação da superintendência do Sebrae Maranhão, por meio do diretor superintendente, João Martins, junto a Prefeitura Municipal de Bequimão, com a execução da unidade regional do Sebrae em Pinheiro.

Foto: Rodrigo Martins

 

Reinaugurada a Sala do Empreendedor de Central do Maranhão

 

A reimplantação deixa claro o interesse da administração de Central do Maranhão em promover o desenvolvimento das empresas locais.

 

Central do Maranhão – A prefeitura da cidade de Central do Maranhão em parceria com o Sebrae, por meio da unidade regional de Pinheiro, reinaugurou na última quinta-feira (15), a Sala do Empreendedor do município. A nova estrutura do espaço já está em funcionamento no prédio da prefeitura municipal e é fruto de uma articulação da diretoria executiva do Sebrae no Maranhão, por meio do diretor superintendente, João Martins e Unidade de Políticas Públicas do Sebrae Maranhão, junto a prefeitura de Central do Maranhão, que é a responsável pelo espaço.

A Sala é um espaço para que os pequenos empresários esclareçam dúvidas e busquem informações sobre formalização, gestão e acompanhamento de suas empresas de uma maneira mais ágil, direta e desburocratizada.

Cabe também à Sala do Empreendedor, realizar o levantamento das demandas do empresariado local e solicitar ao Sebrae, cursos e capacitações que atendam aos empresários dos seus respectivos municípios.  O local é de responsabilidade das prefeituras municipais, que disponibilizam o espaço e nomeiam os funcionários, que após serem capacitados pelo Sebrae, atuam como Agentes de Desenvolvimento Local (ADL). Em Central serão dois agentes realizando atendimentos diariamente.

A reinauguração da Sala do Empreendedor de Central do Maranhão contou com a presença do prefeito de Central do Maranhão, Ismael Monteiro, do diretor superintendente do Sebrae Maranhão, João Martins, da gerente regional do Sebrae em Pinheiro, Graça Fernandes, além de prefeitos de vários municípios da região e ainda secretários municipais de Central.

Da esq. para dir. Anderson Wilker (Prefeito de Alcântara), Oswaldo Gomes (Prefeito em exercício de Guimarães), Jadilson Coelho (Prefeito de Mirinzal), Professora Rosinha (Prefeita de Cururupu), Ismael Monteiro (Prefeito de Central), João Martins (Diretor Superintendente do Sebrae-MA) e José Martins (Prefeito de Bequimão), que participaram da inauguração.

 

Na ocasião, o diretor superintendente do Sebrae Maranhão, João Martins, destacou a importância da sala do empreendedor para o empresariado local e afirmou que a população precisa contribuir para o crescimento do município.

“A sala do empreendedor não é da prefeitura de Central, não é do Sebrae, a sala é do povo de Central, dos empresários locais, sendo um elo importante entre o Sebrae e o empresariado daqui. Por meio dela, temos condições de ouvir de uma maneira muito mais precisa as demandas e os anseios do empresariado local e isso sem dúvida amplia a nossa capacidade de atendimento e tornando-o ainda mais qualificado e eficiente”, assinalou Martins.

Sobre a parceria com o Sebrae, o prefeito Ismael Monteiro, reforçou os benefícios gerados ao desenvolvimento de Central.

“Eu agradeço imensamente essa parceria que o Sebrae tem com o nosso município e com a nossa gestão, com essa união estamos cumprindo com o nosso papel de buscar benefícios para todos os seguimentos da sociedade centralense. A reinauguração da Sala do Empreendedor é apenas a materialização desta parceria, mais uma iniciativa nossa para demonstrar que a proximidade com o Sebrae e com os empresários é uma busca constante da nossa administração”, pontuou Monteiro.

A reimplantação do espaço no município, demonstra que as diretrizes propostas pela Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas estão sendo implementadas, o que deixa claro o interesse da administração de Central do Maranhão em promover o desenvolvimento das empresas locais.

A gerente regional do Sebrae em Pinheiro, Graça Fernandes, que atende 25 municípios nas regiões da baixada e do litoral ocidental maranhense, destacou a parceria do Sebrae com a prefeitura de Central do Maranhão, afirmando que a reinauguração da Sala do Empreendedor potencializará as ações de capacitação e acompanhamento empresarial na cidade.

“A prefeitura de Central é uma parceira de primeira hora, já desenvolvemos diversas ações em parceria nos últimos meses e a reinauguração da Sala do Empreendedor irá com certeza ampliar essa parceria e consequentemente a quantidade de ações no município”, disse Fernandes.

A diretoria executiva do Sebrae Maranhão, por meio do diretor superintendente, João Martins, juntamente com a Unidade de Políticas Públicas (UPP) do Sebrae no Maranhão e suas unidades regionais, tem trabalhado de maneira constante no apoio e orientação das prefeituras que demonstrem interesse em desenvolver o empreendedorismo local. O foco principal é garantir um ambiente favorável ao desenvolvimento do empreendedorismo, beneficiando os pequenos negócios locais, responsáveis pela geração de receita nos municípios. Com a Sala do Empreendedor de Central do Maranhão, são 71 espaços implantados no estado.

Maranhão se destaca em ações da Rede Nacional da Empresa Íntegra

O estado recebeu méritos do Sebrae Nacional e CGU, parceiros do programa no País, pelas ações desenvolvidas em 2017 e número de empresários sensibilizados.

 

O Sebrae Nacional e a Controladoria Geral da União estão vindo na contramão do que é vivenciado no País quanto à questão da corrupção, ajudando os pequenos negócios a adotarem medidas de integridade no segmento empresarial. Os dois parceiros comemoram os resultados do Programa Empresa Íntegra, que objetiva divulgar a Lei Anticorrupção (nº 12.846/2013) para as micro e pequenas empresas e que no segundo semestre de 2017, sensibilizou 3.339 empresários brasileiros, dentre os quais 1.200 foram maranhenses.

Com 36% do total dos resultados, o Maranhão ficou em primeiro lugar entre os 12 estados integrantes da Rede Nacional da Empresa Íntegra (REI). “Estamos muito satisfeitos com os números, porque refletem diretamente um esforço conjunto do Sebrae e CGU-MA para divulgar o programa entre os pequenos negócios maranhenses. Contamos muito com a capilaridade do Sebrae, trabalhando com maior proximidade com as pequenas empresas ligadas aos projetos, programas e ações que executamos no estado, bem como por meio de eventos próprios e de parceiros institucionais”, informa o diretor superintendente do Sebrae estadual, João Martins.

Entre as regiões, o Nordeste foi que mais sensibilizou empresários em 2017 para o programa que promove a ética e a integridade nas empresas, num total de 2.000 empreendedores – o Maranhão, que impactou 1.200 empresários com seis grandes ações ficou em primeiro lugar, seguido pela Paraíba (750), Distrito Federal (437) e o Pará (450).

Sebrae e CGU reafirmaram o compromisso de manter a forte parceria em 2018 no Maranhão, após recente videoconferência que reuniu os gestores nacionais do programa e toda a rede de disseminadores nas cinco regiões brasileiras.

“É essencial que os empreendedores maranhenses atuem em um negócio íntegro em todas as suas vertentes: de suas relações comerciais ao cumprimento das leis e normas, perpassando valores de ética, confiabilidade, segurança e, acima de tudo, respeito aos clientes, parceiros, colaboradores e fornecedores”, destaca o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, informando que o programa é disseminado no estado por meio da Unidade de Políticas Públicas em parceria com as unidades regionais da instituição.

A superintendente regional da CGU-MA, Leylane Maria da Silva, reitera a declaração do diretor executivo do Sebrae, ao comentar que a corrupção não é apenas uma questão governamental, mas acontece em toda a sociedade, incluindo nas micro e pequenas empresas.

“Os pequenos negócios respondem por mais de 95% das empreendimentos brasileiros e estes transacionam o tempo todo com o governo, seja prestando serviços, seja fornecendo produtos, equipamentos, suprimentos e outros. Se a sociedade não entender que as empresas precisam ser íntegras e se relacionarem de forma íntegra entre si, com o mercado e o governo, as medidas anticorrupção não serão totalmente eficientes. Por isso, o Programa Empresa Íntegra é de suma importância para sensibilizar e conscientizar o empresário a querer adotar a integridade empresarial, com medidas éticas e seguras em suas relações comerciais. O programa é, na verdade, uma medida preventiva contra a corrupção”, explica Leylane Maria da Silva.

O programa

Criado pelo Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e pelo Sebrae Nacional, o Programa Empresa Íntegra promove a ética e a integridade em empresas de todo o Brasil, numa união de esforços para fomentar a temática entre os pequenos negócios.  Além da publicação de materiais como as cartilhas Integridade para Pequenos Negócios e Proteja sua Empresa Contra a Corrupção, foi elaborado o infográfico Empresa Íntegra, um guia sobre como proteger a empresa da corrupção e produzido um vídeo sobre integridade nos pequenos negócios – todos disponíveis no portal Programa Empresa Íntegra.

Em dezembro de 2014, foi assinado o Acordo de Cooperação entre a CGU e o Sebrae Nacional para a conjugação de esforços no sentido de promover a integridade das micro e pequenas empresas brasileiras. Ao longo dos dois primeiros anos, foram realizados diversos eventos de capacitação pelo país, workshops e palestras, para disseminar o tema aos empresários.

Para mais informações, procure o Sebrae mais próximo ou visite o site do programa.

Bequimão vai receber o Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos

Bequimão é o mais novo município do Litoral Ocidental Maranhense a receber o Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP). Vinte e sete gestores de escolas das redes pública e privada de ensino e de faculdades particulares, participaram na manhã da última sexta-feira (02), da reunião de sensibilização do Programa Nacional de Educação Empreendedora (PNEE) do Sebrae. O PNEE foi criado para ampliar, promover e disseminar nos currículos das instituições de ensino os conteúdos sobre empreendedorismo aos jovens.

A meta da Secretaria Municipal de Educação de Bequimão é realizar em 2018 o programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) de maneira piloto, inicialmente em duas escolas, sendo uma na sede e outra na zona rural, atendendo cerca de 600 alunos. A casa Familiar Rural, um projeto sem fins lucrativos apoiado pela Prefeitura de Bequimão, também será contemplada, os 50 alunos da instituição também receberão ensino empreendedor.

A rede privada de escolas de Bequimão será representada pela Escola Os Batutinhas que também implantará o programa JEPP. Com 120 alunos, a escola já se destaca por manter em sua grade curricular uma disciplina que contempla o ensino do empreendedorismo. O JEPP será mais uma ferramenta a ser aplicada com os alunos em sala de aula.

A implantação da educação empreendedora no município de Bequimão é resultado de uma articulação da superintendência do Sebrae Maranhão, através do Diretor Superintendente João Martins, junto a prefeitura municipal de Bequimão, com a execução da unidade regional do Sebrae em Pinheiro.

A reunião contou com a presença do gerente em exercício da unidade regional do Sebrae em Pinheiro, Breno Soeiro, da coordenadora estadual de Educação Empreendedora do Sebrae no Maranhão, Raissa Amaral, do secretário municipal de Educação de Bequimão, Professor Aristides França e do coordenador da Sala do Empreendedor, Rodrigo Martins, além de professores, diretores, coordenadores e gestores das redes de ensino do município.

 

Fotos: Rodrigo Martins

Sebrae e prefeitura de Bequimão capacitam empresários locais com curso de chocolates

O projeto de valorizar os empreendedores bequimãoenses tem seguido as metas do prefeito Zé Martins. Com isso, nesta sexta-feira (26), foi encerrado na cidade de Bequimão, o curso de “Chocolates”, promovido pelo Sebrae/Ma, através da Unidade Regional de Pinheiro em parceria com a Prefeitura Municipal de Bequimão, por meio da Sala do Empreendedor e da fabrica de chocolates e produtos alimentícios Jazam com o apoio do Sindicato do Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) de Bequimão.

Foram capacitados trinta e três (33) pequenos empreendedores e potenciais empreendedores do setor de alimentos e serviços do município de Bequimão. Durante a capacitação os participantes aprenderam como produzir ovos de páscoa, bombons, trufas, recheios, técnicas de derretimento, decoração e tortas geladas de diversos sabores. A capacitação foi ministrada pela culinarista e consultora do Sebrae, Raimunda Nonata, conhecida por “Tia Noca”.

Ao final do curso, foi realizada a entrega dos certificados e em seguida a distribuição e degustação dos produtos produzidos pelos próprios participantes.

Fotos: Rodrigo Martins

 

Sebrae capacita secretários municipais de Alcântara

O trabalho é resultado de um encontro institucional, realizado em novembro do ano passado e tem foco no planejamento estratégico de ações da gestão municipal.

 

Com o objetivo de discutir ações a serem implementadas na cidade de Alcântara no ano de 2018, o Sebrae Maranhão em parceria com a prefeitura local, realizou na última quinta-feira (18), um encontro onde foi traçado o planejamento estratégico para que as secretarias municipais trabalhem gestão pública com foco em resultados. Cerca de vinte e sete servidores participaram do momento, entre secretários, subsecretários e diretores. A capacitação com enfoque em gestão de qualidade, foi conduzida pelo consultor credenciado junto ao Sebrae, Tadeu Borba.

O trabalho é resultado de um encontro institucional, realizado em novembro do ano passado, que reuniu o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, a gerente regional em Pinheiro, Graça Fernandes e a gerente de políticas públicas do Sebrae no Maranhão, Cristiane Corrêa e a de Atendimento, Soluções e Interlocuções, Giovana Figueiredo, juntamente com o prefeito de Alcântara, Anderson Wilker e todo o seu secretariado.

“Temos absoluta certeza que a competente equipe de gestão que atende o município de Alcântara sairá desse planejamento ainda mais capacitada, ainda mais motivada a desenvolver um trabalho de qualidade e com compromisso na gestão pública. Quando o gestor e sua equipe planejam os passos que serão dados dentro da administração, ele aumenta consideravelmente as chances de êxito em suas ações e é isso que foi repassado para todos eles e só quem irá ganhar com essas ações é a população de Alcântara”, garantiu João Martins, diretor superintendente do Sebrae no Maranhão.

 

A necessidade da elaboração de um planejamento para atuação das secretarias foi uma demanda levantada pelo prefeito Anderson Wilker durante o encontro em novembro, que solicitou ao superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, um trabalho diferenciado que contemplasse as pastas de trabalho do município.

No encontro, realizado na última quinta-feira (18), a gerente regional do Sebrae em Pinheiro, Graça Fernandes, abriu a reunião afirmando a importância do momento para o desenvolvimento do município. “O objetivo dessa reunião junto com o capital humano do poder público é unir as propostas e potencializar as demandas sociais que a cidade tem a oferecer”, apontou Fernandes.

Marcelina Serrão, secretária municipal de cultura e turismo de Alcântara, participou da capacitação e reafirmou que o planejamento é essencial para que o poder público possa desenvolver as ações de maneira mais eficiente, contemplando um número maior de cidadãos, com serviços de maior qualidade.

“Com esse planejamento nós poderemos atender melhor a população, oferecendo serviços que já são garantidos a eles de forma cada vez mais adequada e com ainda mais responsabilidade. A nossa maior preocupação é sempre oferecer o melhor serviço a população alcantarense e para isso contamos com as parcerias, como a do Sebrae que tem nos ajudado muito nesse sentido”, afirmou Serrão.

Sebrae realiza mapeamento das potencialidades turísticas do Pólo Floresta dos Guarás

Aconteceu na última segunda-feira (15), a reunião de discussão do projeto de roteirização turística do Pólo Floresta dos Guarás em São Luis. Durante a reunião foi apresentado um documento realizado pelo Sebrae/Ma, em parceria com as prefeituras municipais de Bequimão, Cururupu, Guimarães e Porto Rico do Maranhão que integram o Pólo. O documento tem como base a análise do mapeamento das potencialidades turísticas, da avaliação dos atrativos e da proposta de roteiro turístico de cada município.

O superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, destaca a valorização do Pólo Turístico Floresta dos Guarás, que fica localizado no Litoral Ocidental Maranhense. “Decidimos trabalhar por uma questão territorial o desenvolvimento do Pólo Turístico Floresta dos Guarás. O Pólo trabalha dez municípios do litoral ocidental, indo de Bequimão até Apicum-Açu, onde temos uma riqueza muito grande, que envolvem comunidades quilombolas, cultura de bumba-meu-boi, incluindo os sotaques de costa de mão e zabumba, o que já acontecem eventos de natureza potencialmente turísticos na região. Fizemos um estudo e buscamos o diagnóstico para confirmar isso. A partir do momento que confirmamos, fomos buscar também no Ministério do Turismo as informações referentes aos municípios que estavam habilitados dentro do plano de roteirização turística para a região. Após a confirmação das informações técnicas, nós entendemos que seria oportuno o Sebrae investir na região da Floresta dos Guarás”, enfatizou.

O superintende destacou ainda, o potencial do turismo religioso na região do Litoral Ocidental Maranhense. “Fizemos também um estudo do potencial do turismo religioso na região, levando em conta o Festejo de São Sebastião que acontece nos 10 municípios que compõem o Pólo da Floresta dos Guarás, e se inicia dia 18 de janeiro e vai até dia 22, mobilizando as comunidades da zona rural, sede do município, do estado do Pará, de municípios do Maranhão, além da capital São Luís. Há uma manifestação cultural muito forte e isso acaba aquecendo a economia do município e da região do ponto de vista de restaurantes, pousadas e comércio. Há uma visitação forte e o Sebrae aproveita para capacitar esses profissionais que trabalham com atendimento nesses estabelecimentos comercias”, finalizou João Martins. 

Estiveram presentes na reunião o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Maranhão (Edilson Baldez), o diretor superintendente João Martins, o prefeito de Central do Maranhão (Ismael Monteiro) e da prefeita de Cururupu (professora Rosinha), a Gerente Regional de Pinheiro e sua equipe, o Secretário Adjunto de Turismo do Estado, além dos secretários municipais de Turismo e dos representantes das prefeituras dos municípios do Litoral Ocidental que fazem parte do Pólo e do Conguarás.

 

 

 

 

Fotos: Rodrigo Martins

 

Merendeiras de escolas municipais de Bequimão serão capacitadas em curso de manipulação de alimentos

O objetivo é investir na capacitação dos profissionais que atuam na rede municipal de ensino. A ação será realizada pelo Sebrae em parceria com a prefeitura municipal de Bequimão.

Ao centro, diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, ao lado do prefeito de Bequimão, Zé Martins, juntamente com suas equipes técnicas

Em busca de garantir qualidade na alimentação oferecida aos alunos das escolas municipais de Bequimão, o Sebrae Maranhão em parceria com a prefeitura, irá capacitar as merendeiras que produzem as refeições nas 39 escolas do município (zona urbana e rural), por meio do curso de Boas Práticas em Manipulação de Alimentos.

Para alinhar detalhes da capacitação, o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, acompanhando da equipe técnica da unidade regional do Sebrae em Pinheiro, foi recebido no último dia 08, pelo prefeito de Bequimão, Zé Martins e secretariado do município.

A iniciativa do Sebrae, proposta e aceita pela prefeitura de Bequimão, surgiu da necessidade apresentada pela prefeitura, sensibilizada com questões de biossegurança. Nesse sentido, o curso visa qualificar a mão de obra das merendeiras do município, a partir da manipulação dos alimentos extraídos da produção local, por meio do aproveitamento das frutas nativas da cidade.

O objetivo é fomentar práticas alimentares sustentáveis no município, além de incentivar o consumo da matéria-prima da cidade, através da utilização do material frutífero e orgânico oriundos de produtores rurais de Bequimão.

Para o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, a importância desse tipo de capacitação vai além do fomento educacional, uma vez que, proporciona impacto na área social, no quesito da qualidade de vida dos estudantes e na área econômica do município, no que diz respeito ao aquecimento do comércio agrícola local.

“O propósito do Sebrae é unificar as cadeias que movimentam o município de Bequimão, pois a partir do momento que inicia um projeto dessa natureza, dinamiza todo um conjunto de ações para beneficiar a merendeira, capacitando-a, o aluno, no consumo de uma refeição saudável e o produtor rural, quando há compra dos alimentos dele pela prefeitura. Ou seja, a instituição age com uma complexidade empreendedora interessante e assim contribui para as políticas públicas da região, que é a mais beneficiada’’, afirma o superintendente.

Segundo o prefeito de Bequimão, Zé Martins, a capacitação irá atender a demanda da secretaria municipal de educação, que está preocupada em atender com zelo e qualidade os alunos das escolas municipais. “É um compromisso desta gestão, valorizar o servidor público para melhor atender aos cidadãos e essa capacitação é mais uma demonstração de nosso compromisso com o desenvolvimento do município de Bequimão”, enfatizou Martins.

O curso 

O curso terá carga horária de 90 horas-aulas e visa transmitir os conceitos das boas práticas de manipulação, processamento e os padrões de procedimentos operacionais de sanitização, para a melhoria da qualidade dos alimentos processados e manipulados. O início do treinamento ainda será divulgado e abrangerá as 39 escolas da rede municipal de ensino, na zona urbana e rural de Bequimão.

Serão abordados conceitos da boa prática de manipulação de alimentos, do nível básico até os conhecimentos técnicos de culinária. Higiene pessoal, ambiente, armazenamento, conservação dos alimentos e ferramentas propícias para a realização de alimentação saudável e orgânica.

Aprendizado

Segundo o nutricionista da prefeitura, Eduardo Almeida, é muito importante o cuidado com a merenda escolar, sendo este um importante fator no processo de aprendizagem dos alunos. “A alimentação balanceada constitui um dos alicerces do processo de aprendizagem, nela estão contidos todos os subsídios nutricionais que possibilitarão melhor rendimento do aluno na sala de aula”, ressaltou Almeida.

Para a coordenadora do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) do município, Graça Ribeiro, a expectativa é grande em receber a qualificação logo no começo do ano letivo. “Trabalhar com alimentação requer muito cuidado com a segurança alimentar e quanto mais capacitados, melhor iremos direcionar as atividades desse ano. Enquanto coordenadora estou animada com a abertura deste curso’’, afirmou Ribeiro.