Prefeito Zé Martins articula parcerias para inserção de mão de obra local nas obras para construção da Ponte do Rio Pericumã

Além de qualificar mão de obra local em atividades que serão demandadas na construção da ponte, o Prefeito buscou o Sebrae para preparar os comerciantes e empreendedores do município para a chegada de novas demandas de consumo.

 

Prefeito Zé Martins, Edilson Baldez (FIEMA), João Martins (SEBRAE) e Marco Moura (SENAI) articulam parcerias visando oportunidades de emprego e negócios advindos da construção da Ponte do Pericumã

O Prefeito Zé Martins está ultimando os detalhes e termos de parcerias para garantir que as obras de construção da Ponte sobre o Rio Pericumã, de responsabilidade do Governo do Estado do Maranhão, trarão novas oportunidades de emprego, geração de renda e negócios para a população do município de Bequimão, localizado estrategicamente na porta de entrada do litoral ocidental maranhense.

 

Na semana passada, o prefeito esteve reunido com o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão – FIEMA, Edilson Baldez, o superintendente do SEBRAE, João Martins e o superintendente do SENAI, Marco Moura, para definir os termos da futura parceria com as instituições do Sistema S.

 

“Informações do governo do estado calculam que as obras de construção da Ponte vão gerar mais de 500 empregos. Nosso esforço então será para garantir que o máximo possível de vagas sejam ocupadas por trabalhadores de Bequimão e de municípios vizinhos, mas isso só vai acontecer se tivermos mão de obra qualificada e preparada para atender essa demanda de forma eficiente”, explica Zé Martins, que  informa que estão sendo negociados cursos técnicos profissionalizantes para as atividades de pedreiro, armador, ferreiro, entre outras.

 

Parceria da Prefeitura de Bequimão com instituições do Sistema S prevê a ofertas de cursos profissionalizantes e de gestão empresarial para trabalhadores e empreendedores locais

O convênio para a oferta de cursos profissionalizantes prevê inicialmente a oferta de treinamentos de iniciação profissional, aperfeiçoamento e qualificação.

 

Cada curso terá um perfil diferenciado, devendo os candidatos preencherem os pré-requisitos e critérios necessários para obtenção da vaga.

 

De acordo com o prefeito Zé Martins, a parceria vai possibilitar qualificação profissional não apenas dos jovens mas, também, de adultos em busca de recolocação no mercado de trabalho.

 

Para o presidente da FIEMA, Edilson Baldez, além do conhecimento, esta oportunidade vai gerar ainda a possibilidade de ingressar no mercado de trabalho ou investir no seu próprio negócio, melhorando a qualidade e aumentando a oferta de serviços no município e na região.

 

“Para o Sistema FIEMA é uma grande satisfação essa parceria. Atendendo a essa demanda do prefeito estamos também cumprindo nossa missão de levar educação profissional de qualidade para o povo maranhense”, completou.

 

Os termos de parceria com as instituições devem ser formalizados em algumas semanas.

Oportunidades de negócios – O Superintendente do Sebrae, João Martins, explica que a própria instituição realizou estudos por meio do Observatório Sebrae, onde foram analisados os impactos que a obra de construção da ponte deve trazer para a economia do município, demandando melhor preparo dos empreendedores já atuantes no município e sinalizando novas oportunidades de negócios que chegarão junto com o início e evolução da obra.

 

“O diagnóstico realizado pelo Sebrae nos alertou que é preciso preparar melhor nossos empreendedores para atenderem os novos clientes que chegarão. Também mostrou que nossa cidade será terreno fértil para novos investimentos privados que serão atraídos com a conclusão da obra”, acredita o prefeito.

 

Pela parceria que está sendo articulada com o Sebrae deverá ser oferecida uma série de treinamentos e programas de orientação e consultoria empresarial focando nas oportunidades identificadas no estudo de impacto socioeconômico.

 

“Vamos adequar nossas atividades com soluções e serviços especializados, para que atendam da maneira mais eficiente e com foco em resultados, visando melhorar a gestão e sustentabilidade das empresas locais”, aponta o diretor superintendente do SEBRAE, João Martins.

 

O executivo informa ainda que a parceria deverá envolver tanto soluções de educação empreendedora como ações de políticas públicas de fomento aos pequenos negócios; e eventos e ações programadas de acesso ao mercado para os empresários do município, como rodadas de negócios com a empresa responsável pela obra – Consórcio Epeng – cujo canteiro de obras já está instalado em Bequimão.

 

Anúncios

Bequimão recebe duas capacitações empresariais do Sebrae na mesma semana

Em parceria com a Prefeitura Municipal de Bequimão, empresários e potenciais empreendedores do município fizeram duas capacitações promovidas pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), por meio da Unidade Regional de Pinheiro. De 17 a 21, aconteceu o curso Gestão Financeira na Medida e, de 19 a 21, foi realizado o curso Aprender a Empreender.

Pelo curso Gestão Financeira na Medida, foram capacitados 24 empresários, gestores de pequenos negócios, funcionários e potenciais empreendedores locais. Os participantes foram estimulados a desenvolver competências necessárias para organizar o fluxo de caixa, planejar os gastos, avaliar demonstrativos de resultados e formar o preço adequado do produto ou serviço oferecido. Além da capacitação teórica, o curso ofereceu consultorias individuais aos participantes.

Do curso Aprender a Empreender, participaram 16 pequenos empresários, gestores de pequenos negócios, estudantes e potenciais empreendedores dos segmentos de hospedagem e alimentação e demais atividades relacionados ao setor de serviços do município. O curso foi destinado àqueles que planejam montar um negócio ou que já possuem. Foram trabalhadas as características e os comportamentos do empreendedor e a importância desse perfil na gestão de um pequeno negócio.

A Prefeitura Municipal de Bequimão encontrou no Sebrae/MA um grande aliado para ações de fortalecimento do empreendedorismo local. O marco para a consolidação dessa parceria foi a implantação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas e a instalação da Sala do Empreendedor com seus agentes de desenvolvimento. A proposta do prefeito Zé Martins é estimular a geração e circulação de renda no próprio município.

Sebrae no Maranhão alerta MEI para envio da Declaração Anual Simplificada do Microempreendedor Individual

O MEI deve ficar atento ao prazo para envio da declaração, garantindo assim os seus benefícios e evitando problemas junto à Receita Federal.

 

Encerra nesta quarta-feira (31), o prazo para envio da Declaração Anual Simplificada, do Microempreendedor Individual, MEI (DANS -MEI).O documento representa o faturamento bruto do empreendedor, relativo ao ano de 2016. O Sebrae no Maranhão alerta MEIs maranhenses, para que façam o envio da DAS, afim de evitar multas no valor de R$ 25,00 e até o cancelamento da sua inscrição.

A analista técnica da unidade regional do Sebrae em São Luís, Marise Abdalla, traz esclarecimentos importantes para você,  que é um dos 92 mil MEIs maranhenses e que ainda não fez a sua DANS-MEI. Assista ao Vídeo.

Sebrae no Maranhão leva cidadania empresarial para a Ação Global

No evento dedicado à solidariedade, o Sebrae no Maranhão contou com orientações, consultoria e ações de educação empreendedora.

 

Os resultados da participação do Sebrae no Maranhão no Ação Global superaram as expectativas. O evento ocorreu na Cidade Universitária Dom Delgado – Universidade Federal do Maranhão (Ufma), localizada na região do Itaqui-Bacanga, no último sábado (27), das 08h às 17h.

 Com orientações, consultorias, divulgação do portfólio de serviços e cursos do Sebrae e uma ação de educação empreendedora por meio de um quiz aplicado de forma lúdica e divertida, foram cerca de 150 atendimentos realizados durante a Ação Global.

Para o Diretor Superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, “o empreendedorismo é uma forma de inclusão social. Afinal, auxilia no resgate da cidadania de milhões de pessoas por lhes dá condições de produzir e sustentar-se”, declarou.

O Diretor Superintendente também ressaltou a importância de conscientizar a população da atuação do Sebrae. “Temos um atendimento voltado para tirar dúvidas, orientar e mostrar como é necessário procurar o Sebrae na hora que você decidir empreender. Nossa instituição é a casa do pequeno negócio”, completou.

“A educação empreendedora é uma forma de despertar o empreendedorismo nas pessoas. Por isso, ações simples como as realizadas na Ação global, são importantes para despertar o interesse de adultos e crianças para o empreendedorismo e futuramente podem ser essenciais para formação de uma geração que gera sua própria renda e contribui para o desenvolvimento socioeconômico da sua região”, afirmou.

A atriz e bacharel em História, Cristiane Meireles, participou do quiz sobre empreendedorismo e achou a ação interessante. “Pude conhecer mais sobre o trabalho do Sebrae e também características de um empreendedor. Sinto-me empreendedora, como atriz vejo que o mercado das artes em São Luís é muito limitado ainda e essa ação já me deu ideias legais de como empreender nessa área”, disse.

A costureira Raimundo Nonata Gomes, moradora da Vila Isabel, na área Itaqui-Bacanga, descobriu há dois anos um talento para o corte e costura, fez o curso e como estava desempregada, resolveu atuar nessa área. Hoje essa é a sua fonte de renda e a forma como sustenta sua família.

“Quero me formalizar. Por isso vim até a Ação Global buscar a orientação do Sebrae. E aqui obtive orientações de como posso fazer isso e das facilidades para ter acesso a crédito, comprar determinados produtos com mais facilidade e também buscar aperfeiçoamento para melhorar minha confecção”, enfatizou.

Ação Global 

O projeto é desenvolvido pelo Serviço Social da Indústria (Sesi) e Rede Globo (TV Mirante) e contou com a parceria de 237 instituições e o trabalho voluntário de 3.415 profissionais de várias áreas. Mais de 80 mil pessoas passaram pelo local durante o evento e foram contabilizados mais de 258 mil atendimentos nos 282 serviços disponibilizados. Os resultados foram divulgados pelo Sesi logo após o término das atividades.

Sebrae e Prefeitura realizam semana do MEI em Bequimão

Microempreendedores do município de Bequimão terão a oportunidade de esclarecer dúvidas, participar de capacitações e palestras sobre gestão financeira, empreendedorismo e o passo a passo da formalização durante a 9ª edição da Semana Nacional do Microempreendedor Individual (MEI) e a 4ª semana de Educação Financeira. Promovida pelo Sebrae/Ma, por meio da Unidade Regional de Pinheiro, em parceria com a Prefeitura Municipal de Bequimão, a ação acontece nos dias 11 e 12 de maio, no Colégio Bequimãoense.

A programação oferece atividades gratuitas a empresários, estudantes e aos potenciais empreendedores que atuam na informalidade, com o objetivo de estimular a formalização de profissionais autônomos nessa categoria e, também, dar condições para que os microempreendedores individuais já formalizados e cadastrados desenvolvam seus negócios e expandam sua atuação no mercado.

Haverá orientações empresariais sobre as obrigações legais do MEI, os serviços de baixa empresarial, a formalização e alteração da empresa, além de palestras e consultorias para esclarecimento de dúvidas.

Segundo o agente de desenvolvimento, Rodrigo Martins, o trabalhador conhecido como informal pode se tornar um Microempreendedor Individual (MEI) legalizado e passar a ter CNPJ, o que facilitará a abertura de conta bancária, o pedido de empréstimos e a emissão de notas fiscais. “O MEI tem direito aos benefícios previdenciários, como auxílio-maternidade, auxílio-doença, aposentadoria, entre outros benefícios”, ressaltou Rodrigo.

O prefeito Zé Martins tem apoiado, constantemente, iniciativas voltadas aos pequenos negócios. “Acreditamos que essa é uma alternativa muito viável no município para geração de mais emprego e renda. Queremos, cada vez mais, fortalecer, com a ajuda do Sebrae/MA, a economia do nosso município”, enfatizou o prefeito.

“A nossa meta é atender este ano 3.500 Microempreendedores Individuais, além dos potenciais empresários e microempresários. Por tanto, nossas equipes técnicas estão preparadas em todas as unidades regionais e pontos de atendimento no estado, somando 37 municípios nesta mega ação que está focada, principalmente, em capacitação”, ressalta o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins.

Os interessados em participar das palestras, consultorias e das orientações empresariais devem procurar a sede da Prefeitura Municipal de Bequimão ou o escritório da Unidade Regional do Sebrae em Pinheiro para se inscrever. A inscrição é grátis e as vagas são limitadas. Informações e inscrições (98) 33812711 / 981418394

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DA SEMANA DO MEI:

Palestra: Empreendedorismo e Formalização

Data: 11 de maio (quinta-feira), às 19h

Palestra: Gestão Financeira

Data: 12 de maio (sexta-feira), às 19h

Local: Colégio Bequimãoense, Praça Santo Antônio, s/n, Centro, Bequimão-MA.

MAIS: As consultorias e as orientações empresariais serão realizadas com agendamento prévio e aplicadas em horário comercial nos dias 11 e 12 de maio.

 

Empresários vimarenses viabilizarão ações após II Festival Gastronômico

No coração da Floresta dos Guarás, o lançamento do evento promovido pelo Sebrae, movimentou a economia de Guimarães e tornou-se opção de lazer para as famílias e visitantes no feriado da Semana Santa.

O município de Guimarães, na microrregião do Litoral Ocidental Maranhense, recebeu no sábado, 15, o último evento de lançamento do II Festival Gastronômico Delícias do Mar, realizado pelo Sebrae no Maranhão.

Na cidade coração da Floresta dos Guarás, mais de 400 pessoas foram ao Espaço Trapiche, às margens da Baía de Cumã, e prestigiaram a ação de marketing idealizada para promover o evento. O resultado foi tão positivo que os empresários já estão organizando mais ações similares para movimentar a economia e os estabelecimentos locais de alimentação fora do lar.

Para o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, o objetivo da instituição é justamente fazer com que os empresários tomem à frente e, com mais conhecimento e gestão adequada, possam se manter no mercado com sustentabilidade.

Vimarenses e turistas que visitavam a cidade durante o ferido da Semana Santa também aprovaram o lançamento do evento, regado a muitas delícias do mar e ao som da voz e do violão do cantor Fernando Pessoa.

Participaram da ação de lançamento do II Festival Gastronômico Delícias do Mar em Guimarães, seis restaurantes vimarenses, um de Cururupu e três de Porto Rico do Maranhão.

Floresta dos Guarás

O Polo Turístico Floresta dos Guarás é um pequeno ecossistema brasileiro, localizada no litoral ocidental do estado e banhada pelo oceano Atlântico, composto por parte da floresta amazônica em sua fauna e flora, mangues, florestas, ilhas desertas e áreas de restingas. Leva esse nome em homenagem à bela ave de plumagem vermelha, comum na região: o guará.

O local, que conta com atrativos naturais e culturais, foi incluído com polo ecoturístico por excelência e envolve os municípios de Bequimão, Cedral, Guimarães, Mirinzal, Porto Rico do Maranhão, Serrano do Maranhão, Cururupu, Bacuri e Apicum Açu. Destaca-se como santuário ecológico formado por baías e estuários onde os rios desaguam em meio a manguezais.

Fonte: Mirinzalense

Governador Flávio Dino recebe campeões do Desafio Universitário Empreendedor

A equipe maranhense que trouxe o título nacional do jogo para o estado, criou protótipo de um aplicativo para quem segue dietas restritivas.

O governador Flávio Dino recebeu o staff do Sebrae no Maranhão e os vencedores do Desafio Universitário Empreendedor.

 

Os quatro universitários maranhenses que conquistaram o primeiro lugar nacional do Desafio Universitário Empreendedor apresentaram ao governador Flávio Dino, na tarde desta sexta-feira, 28, no Palácio dos Leões, a ideia da startup que elaboraram para o jogo e que foi decisiva para levarem a melhor na final nacional da competição que reuniu os finalistas estaduais de todo o Brasil. A startup dos maranhenses é um aplicativo para quem segue dietas restritivas como os intolerantes ou alérgicos a leite, glúten e outras substâncias.

 

Os alunos foram acompanhados pelo staff do Sebrae no Maranhão – presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão, Edilson Baldez das Neves; o diretor superintendente, João Martins; a diretora de Administração e Finanças, Rachel Jordão; a gerente de Soluções e Interlocuções, Giovanna Figueiredo; Raíssa Amaral e Luciani Dória, da equipe de Educação Empreendedora e Marina Lavareda, analista técnica facilitadora do jogo na etapa estadual.

 

Usado pelos empreendedores para “vender” o projeto da startup para potenciais investidores-anjo, o pitch é uma apresentação rápida sobre a ideia de negócio e traz dados como estimativas do mercado e potencial de crescimento, estratégia para crescer com baixo custo, projeção do negócio até cinco anos, dentre outros.

 

Segundo a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), 350 mil crianças brasileiras possuem alergia à proteína do leite de vaca, sendo que 6% a 8% apresenta alergias alimentares e, entre os adultos, o percentual é de 2% a 3%.

 

“Aliado a esse dado, pesquisas apontam que 76% dos brasileiros afirmaram buscar uma alimentação saudável. Isso nos diz muito, porque dá a amplitude do nosso mercado e o que podemos ainda diversificar para que produto possa ser útil a mais pessoas”, apontou a universitária Emilly Martins, do curso de Administração da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), acompanhada pelos demais integrantes da equipe – Mayane Conceição (Ciências Contábeis/Ufma), Betiane de Jesus Silva (Adminsitração/Ufma) e João Pedro de Oliveira (Administração/Uema-Timon).

 

O governador Flávio Dino parabenizou a equipe vencedora pela ideia do negócio. “O aplicativo, da maneira como vocês o idealizaram, ajudaria muito pessoas que, como eu, sofrem com alguma restrição alimentar. É muito louvável o papel do Sebrae em fomentar o empreendedorismo junto aos universitários, despertando o potencial e as habilidades empreendedoras para que ideias como a de vocês possam sair do papel e ter sustentabilidade”, disse.

 

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão, Edilson Baldez das Neves, reforçou a eficácia da disseminação da cultura empreendedora no estado, um trabalho que o Sebrae no Maranhão tem desempenhado com bastante êxito. “Em relação ao Desafio Universitário Empreendedor destaco a parceria que temos com as Instituições de Ensino Superior do estado e o trabalho bem mais efetivo da nossa área de Educação Empreendedora que este ano inovou e fez uso da mentoria para ajudar a equipe do Maranhão a vencer a competição nacional”, sinalizou o presidente do CDE, Edilson Baldez das Neves.

 

Educação Empreendedora 

O Desafio Universitário Empreendedor faz parte das atividades do Programa Nacional de Educação Empreendedora (PNEE), concebido e desenvolvido pelo Sebrae com o objetivo de levar o empreendedorismo às instituições de ensino em todos os níveis de educação, como uma estratégia de criar um ambiente propício para o desenvolvimento de micro e pequenos negócios.

 

“Estamos ajudando estes alunos a entender o universo dos negócios com jogos empresariais e vivências para que eles possam ter mais desenvoltura quando precisarem desenvolver negócios”, afirmou diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, informando que o Sebrae vai continuar a acompanhar estes estudantes para ajudá-los a desenvolver o projeto do aplicativo e transformá-lo em um negócio de fato.

 

Para o ciclo 2016, o Desafio Universitário Empreendedor reuniu mais de 26 mil estudantes universitários e 502 professores de todo país. No Maranhão, foram 316 estudantes universitários de 25 instituições de nível superior, que participaram de jogos de negócios para desenvolver habilidades empreendedoras e corporativas, o que os deixou mais preparados para os desafios do jogo.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Sebrae oferece projeto para gestão de escritórios de advocacia em parceria com a OAB

Projeto piloto foi implantado em Imperatriz para atender a 15 escritórios de advocacia. Agora a OAB e o Sebrae estudam estadualizar a iniciativa

O diretor superintendente do Sebrae, João Martins e o presidente da OAB-MA, Thiago Diaz

São Luís – O Sebrae no Maranhão apresentou o projeto “Administração Estratégica de Escritórios de Advocacia”, focado em atendimento de escritório de advogados.  Apresentação foi feita na Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão, em São Luís, em uma palestra para os novos advogados, que receberam a carteira da OAB, nesta quarta-feira (12).

“Este tipo de atendimento que o Sebrae está fazendo para os advogados veio em boa hora, porque os esses profissionais entendem da doutrina jurídica, mas as vezes não sabem como transformar este conhecimento em valor. Com este tipo de ação do Sebrae podemos dar conhecimento para o advogado gerir seu escritório para que ele seja sustentável e viável enquanto negócio”, comentou o presidente da OAB Seccional Maranhão, Thiago Diaz.

O atendimento aos escritórios de advocacia começou em Imperatriz, com uma espécie de projeto piloto com 15 escritórios atendidos, que foram divididos em três segmentos: novos advogados, com até três nãos de experiência, escritórios com até cinco anos de existência e escritórios com mais de cinco anos de existência.

“Este é um nicho novo para o Sebrae. A ideia é estruturar como uma iniciativa em parceria com a OAB e suas sub seccionais espalhadas pelo estado. Estamos oferecendo os pacotes de cursos e serviços em gestão de escritórios para os advogados e já é resultado de um processo em que as unidades regionais estão oferecendo serviços que podem virar produtos estaduais. A Unidade Regional de Imperatriz fez este papel e articulou o projeto inicial”, contou o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins.

PALESTRA

A palestra foi ministrada pelo consultor credenciado Joseane César de Souza, que escreveu um livro sobre o assunto, e acompanhada pelo gerente da Unidade Regional do Sebrae em Açailândia, Danilo Borges, que implantou o projeto em Imperatriz, durante a solenidade de compromisso de 70 novos advogados.

Agora as duas instituições irão trabalhar para fechar um convênio de cooperação no sentido de estadualizar a iniciativa, que já levou a execução de quatro cursos de “Gestão de Escritórios de Advocacia” em Caxias, Codó, Açailândia e São Luís. “As conquistas vêm do trabalho e esta conquista é resultado de um trabalho muito bem feito pelo Sebrae. Vamos ampliar para o Maranhão todo”, finalizou Thiago Diaz.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Sebrae e Ufma alinham convênio na área de Turismo

Instituição que apoia os pequenos negócios poderá contribuir para ampliar o conhecimento dos futuros turismólogos com estudos, pesquisas e diagnósticos do setor.

 

Em reunião recente com a Magnífica Reitora da Universidade Federal do Maranhão, Nair Portela, o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, tratou sobre Termo de Cooperação Técnica que as duas instituições irão assinar em breve para o desenvolvimento do turismo no Maranhão.

Na conversa, que aconteceu na sede da Reitoria da Ufma, em São Luís,foi destacado o papel do Sebrae no desenvolvimento de projetos e ações relevantes na área do Turismo no estado, tendo muito a contribuir com a Universidade, principalmente com estudos e diagnósticos voltados para o setor.

Na oportunidade, foi discutido, também, um Programa de Empreendedorismo voltado para a Academia e que poderá ser proposto pelo Sebrae. Na última semana, a equipe do Maranhão que disputou o Desafio Universitário Empreendedor foi a grande campeã nacional da competição e três integrantes do grupo são alunas da Ufma.

Para o diretor superintendente do Sebrae a vitória do Maranhão no jogo que tem o objetivo de desenvolver as habilidades empreendedoras dos universitários mostra o quanto a teoria pode se beneficiar com a prática e vice-versa.

“A extensão faz parte do tripé da universidade, juntamente com o ensino e a pesquisa, e nós do Sebrae estamos totalmente disponíveis para contribuir, dentro da nossa expertise, para ampliar o conhecimento dos futuros profissionais do Maranhão”, sinalizou João Martins que, na reunião, esteve acompanhado pelo gestor de Turismo da instituição, Luís Pinheiro Marques.

Primeiras ações –  Ainda segundo o diretor superintendente do Sebrae, as primeiras ações da cooperação institucional serão a realização dos inventários turísticos dos municípios da Floresta dos Guarás e a consultoria especializada para roteirizar o turismo religioso na região a partir dos festejos de São Sebastião.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Sebrae apoiará projeto de fazenda experimental de sururu em Bequimão

A instituição fará ações de acesso ao mercado, governança e planejamento do negócio, organização de compradores. O projeto fica em povoado localizado a 10 quilômetros da sede

O Sebrae no Maranhão dará apoio ao projeto de uma fazenda experimental de sururu no município de Bequimão. O anúncio foi feito pelo diretor superintendente da instituição, João Martins, logo após uma reunião com o vice-prefeito de Bequimão, Sidney Nogueira, o presidente do Sindicato dos Pescadores de Bequimão, Odoriel de Paricatíua, e a consultora Isabela Neiva Moreira.

De acordo com Martins, o Sebrae irá dar o suporte aos aqüicultores da fazenda experimental de Bequimão em várias frentes de trabalho. ”Vamos trabalhar para identificar acessos ao mercado, no planejamento do negócio, na organização da produção, passando pela venda a comercialização ao consumidor final, além da organização dos compradores e na governança do negócio”, explicou o diretor superintendente do Sebrae.

A fazenda está localizada no povoado de Paricatíua, distante 10 quilômetros da sede do município, e fica na foz do rio Itapetininga, que deságua na baía de Cumã, no litoral ocidental maranhense. O cultivo de Sururu é feito com a técnica de “long line”, em que o sururu é cultivado em grandes cordas esticadas ao longo da margem da foz do rio e hoje é mantida com o trabalho das populações ribeirinhas.

“Esta é uma alternativa de renda para estas populações que dependem da pesca artesanal e do extrativismo marinho em períodos de defeso. Estamos chegando a época da primeira colheita e o apoio do Sebrae será muito bem-vindo”, afirmou Sidney Nogueira, vice-prefeito de Bequimão.

FESTIVAL

Uma das primeiras ações agendadas durante a reunião foi a organização de um festival do sururu, que deverá acontecer em julho. “Será uma forma de divulgar o produto e ainda movimentar o turismo na região”, comentou Martins.

Além da Prefeitura Municipal de Bequimão, do Sindicato dos Pescadores de Bequimão e do Sebrae, o projeto da fazenda experimental de sururu do povoado de Paricatíua também conta com o apoio do Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) que viabilizou as consultorias que ajudaram a desenvolver o cultivo do sururu.

O apoio ao projeto da fazenda experimental de sururu do povoado de Paricatíua não é a única atividade de apoio aos pequenos negócios rurais que o Sebrae desenvolve em Bequimão. Desde 2015, a instituição apoia os criadores de ovinos e caprinos com consultorias e apoio às feiras e eventos na região.

Além disso, o Sebrae mantém projetos em piscicultura e a partir de 2016 passou a desenvolver os projetos de Desenvolvimento Econômico Territorial (DET) e Negócio Certo Rural, este último em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

 

Fonte: Comunicação Sebrae