Imagem

Participe do lançamento do livro Pietas & Labor

Anúncios
por A Tribuna de Bequimão
Imagem

Sebrae quer estruturar turismo religioso na Baixada e Litoral Ocidental

 

img-20160120-wa0009

Os festejos de São Sebastião, homenageado em diversos municípios das duas regiões, deram início ao estudo do Sebrae.

 

Estruturar como produtos turísticos os festejos religiosos mais significativos da Baixada e Litoral Ocidental Maranhenses é mais um desafio que o Sebrae estadual resolveu levar para si com o firme propósito de ampliar as oportunidades aos pequenos negócios nessas duas regiões.  No mês de janeiro, a instituição iniciou o mapeamento das festas em homenagem aos santos por meio do Observatório Sebrae e uma equipe de consultores já está em campo realizando o estudo.

O mapeamento está centralizado, em um primeiro momento, nos 24 municípios da regional do Sebrae em Pinheiro, incluindo os 11 atendidos pelo Projeto de Desenvolvimento Econômico e Territorial – DET Litoral Ocidental: Alcântara, Apicum-Açu, Bacuri, Bequimão, Cedral, Central do Maranhão, Cururupu, Guimarães, Mirinzal, Porto Rico do Maranhão e Serrano do Maranhão.

 

Os consultores do Sebrae já percorreram os municípios de Bacuri e Peri-Mirim e povoados de Bequimão onde acontecem o Festejo de São Sebastião; Alcântara, que tem na Festa do Divino Espírito Santo e São Benedito suas principais expressões do turismo religioso; Pinheiro, onde acontece o Festejo de Santo Inácio de Loyola, além de Serrano do Maranhão e Apicum-Açu.

 

“A ideia é deixar que essas manifestações culturais, que são tão arraigadas aqui no Maranhão como já constataram estudos na área de Antropologia, deixem de ser somente atrativos e sejam estruturados como produtos turísticos a somar com o desenvolvimento das regiões da Baixada e Litoral Ocidental Maranhense. Para que possamos ter êxito no nosso objetivo, no entanto, precisaremos que gestores municipais e a própria comunidade dessas localidades estejam conscientes da importância econômica dos festejos”, aponta o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, comentando que as pesquisas iniciais nas duas regiões indicam que tanto prefeitos quanto a população local, em sua maioria, só percebem o caráter religioso e cultural dessas festividades.

 

“Porém, os festejos religiosos podem ser esteio para o fortalecimento de diversas atividades econômicas se forem, a exemplo do comércio varejista, dos meios de alimentação e hospedagem e da produção associada ao turismo, contribuindo para a oferta de mais trabalho e renda para a população, melhorando o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos municípios. Desde que estejam estruturados como produtos turísticos”, sinaliza Martins.

O diretor superintendente do Sebrae-MA, João Martins, ressalta que os festejos religiosos podem ser esteio para o fortalecimento de diversas atividades econômicas nos municípios.

O diretor superintendente do Sebrae-MA, João Martins, ressalta que os festejos religiosos podem ser esteio para o fortalecimento de diversas atividades econômicas nos municípios.

No Brasil, os números do turismo religioso são estimulantes: dos R$ 492 bilhões movimentados no país pelo setor em 2016, segundo o Ministério do Turismo (MTur), cerca de 3%, ou seja, R$ 15 bilhões foram alavancados pelo segmento. “Os valores são significativos e, o Maranhão, com suas festividades religiosas de características ainda originais, pode, sem sombra de dúvidas, vir a ser um grande expoente nacional do turismo religioso”, acredita o diretor superintendente do Sebrae estadual.

 

No país, as principais festas religiosas são voltadas ao catolicismo e às religiões afro-brasileiras, o que se repete no Maranhão. Nas regiões da Baixada Maranhense e Litoral Ocidental, os festejos religiosos são coordenados pelas paróquias ligadas à Igreja Católica, quilombos e centenas de terreiros de cultos afro.

 

Após a conclusão do diagnóstico, que finaliza em março, o Sebrae vai analisar os resultados, iniciar o processo de conscientização de gestores públicos e população local ao mesmo tempo em que estrutura ações efetivas para concretizar o seu intento de estruturar o turismo religioso na Baixada Maranhense e Litoral Ocidental.

 

Roteiros da fé no Brasil e Maranhão

Os principais roteiros de fé do país estão localizados nas cidades de Aparecida (São Paulo), onde está a Catedral de Nossa Senhora de Aparecida; Belém (Pará), promotora da Festa do Círio de Nazaré; Juazeiro do Norte, no Vale do Cariri, extremo sul do Ceará, onde a estória de vida e os milagres do Padre Cícero alimentam a esperança de milhões de devotos do santo; Brejo da Madre de Deus, no agreste pernambucano, cenário da peça Nova Jerusalém e Nova Trento, em Santa Catarina, que passou a receber um número grande de visitantes após a beatificação de Madre Paulina em 1991, e sua consequente canonização em 2002, fazendo dela a primeira santa brasileira.

 

No Maranhão, além do município de Alcântara com suas Festas do Divino e de São Benedito, as festas religiosas de maior destaque no estado são os Festejo de São José de Ribamar (município de mesmo nome), São Raimundo Nonato dos Mulundus (em Vargem Grande) e de São Sebastião (em Passagem Franca e Carutapera). No município de Vargem Grande, inclusive, o Sebrae já realizou um levantamento sobre o festejo e a unidade regional em Chapadinha está dando andamento às ações para o desenvolvimento do empreendedorismo nas homenagens a São Raimundo Nonato dos Mulundus.

 

 

Observatório Sebrae

O Sebrae desenvolveu um site com informações atuais e importantes que ajudam empreendedores em geral nas decisões para abrir uma empresa ou manter-se no mercado: o Observatório Sebrae Maranhão.

 

O Observatório pode ser acessado pelo portal www.sebraema.com.br e lá podem ser encontradas informações socioeconômicas, indicadores econômicos, perfis socioeconômicos, diagnósticos setoriais, índices de confiança do consumidor e das Micro e Pequenas Empresas, indicadores dos setores indústria, comércio e serviços do Maranhão, análise da trajetória da geração líquida de empregos formais no Maranhão e Brasil, etc.

 

 

por A Tribuna de Bequimão
Imagem

Ruas em Bequimão ganham asfaltamento pela primeira vez na história

WhatsApp Image 2016-08-19 at 12.37.28A Prefeitura Municipal de Bequimão, por meio da Secretaria de Infraestrutura, está trabalhando a todo vapor no asfaltamento de ruas em bairros da cidade. São seis ruas beneficiadas nesta etapa do asfaltamento que irá beneficiar milhares de pessoas, dando mais mobilidade aos moradores.

WhatsApp Image 2016-08-19 at 12.37.37

As Ruas Elpídio Couto (rua que passa em frente à Rodoviária e se estende até a Avenida Antônio Dino), Sete de Setembro (que sai da antiga delegacia e vai até o Estádio Vivaldão, também é conhecida por Travessa João Reis Martins), Avenida Jacarerana (que sai da rodoviária e liga a Vila Juca Martins), Rua Acelino Cunha (Cidade Nova), Rua Balbino Rodrigues (Cidade Nova) e a Rua Manoel Beckman (que passa pela ETA até a Avenida do Capinzal, passando pelo Colégio Pedro Silva), também no bairro Cidade Nova.

WhatsApp Image 2016-08-19 at 12.37.19

Além do asfaltamento, a Prefeitura vai construir meio fio e sarjeta em todas as vias pavimentadas, num total de mais de sete mil metros quadrados de novas ruas asfaltadas em Bequimão.

WhatsApp Image 2016-08-19 at 12.37.11 (1) WhatsApp Image 2016-08-19 at 12.37.11 WhatsApp Image 2016-08-19 at 12.37.19 WhatsApp Image 2016-08-19 at 12.37.22 (1) WhatsApp Image 2016-08-19 at 12.37.22 WhatsApp Image 2016-08-19 at 12.37.27 WhatsApp Image 2016-08-19 at 12.37.28 WhatsApp Image 2016-08-19 at 12.37.32 WhatsApp Image 2016-08-19 at 12.37.37 WhatsApp Image 2016-08-19 at 12.37.54